Superando o fim do relacionamento
27 de setembro de 2016
6 Maneiras para você driblar a ansiedade antes das provas
29 de setembro de 2016

Conheça como é o perfil e os sintomas de uma criança com Asperger

A Síndrome de Asperger afeta de 3 a 7 crianças em cada mil diagnosticadas. É um transtorno profundo do desenvolvimento cerebral caracterizado por deficiências na interação social e coordenação motora, e pelos padrões não usuais e restritos de interesse e conduta. Este comportamento foi observado e descrito por Hans Asperger, um médico austríaco, cujo trabalho só foi traduzido para o resto do mundo nos anos oitenta.

Perfil de uma criança com Asperger

A criança que sofre de Asperger tem um aspecto externo normal, pode ser inteligente e não ter atraso na aquisição da fala. No entanto, apresenta problemas para se relacionar com os demais e em certas ocasiões apresentam comportamentos inadequados. A capacidade intelectual das crianças com Síndrome de Asperger é normal e sua linguagem normalmente só se vê alterada quando é utilizada para fins comunicativos. Podem fixar sua atenção num tema concreto, de maneira obsessiva muitas vezes, pelo que não é estranho que aprendam a ler sozinhos numa idade muito precoce, se essa for sua área de atenção.

Uma criança com esta Síndrome, se encontrará também afetada, de maneira variável, nas suas relações e habilidades sociais, e no comportamento com traços repetitivos e uma limitada gama de interesse. Tem uma compreensão muito ingênua de suas situações sociais, e não podem manipulá-las para seu próprio benefício.

A má adaptação que apresentam em contextos sociais, é fruto de um mal entendimento e da confusão que lhes cria a exigência das relações interpessoais. Apesar de suas dificuldades, as crianças que sofrem desse transtorno, são puras, possuem um grande coração, uma bondade sem limites, são fiéis, sinceras, e possuem valores sem fim que podemos descobrir somente olhando um pouquinho para o seu interior.

Considera-se que a Síndrome de Asperger afeta de 3 a 7 de cada 1000 crianças, entre os 7 e os 16 anos de idade. Os números não são exatos, mas se reconhece que é um transtorno que afeta mais frequentemente os meninos que as meninas.

As causas do Asperger

Existe um componente genético com um dos pais. Com certa frequência é o pai que apresenta um quadro completo de Síndrome de Asperger. Em ocasiões, existe uma clara história de autismo em parentes próximos. O quadro clínico que se apresenta, está influenciado por muitos fatores, incluindo o fator genético, mas na maioria dos casos não existe uma única causa identificável.

FONTE:http://br.guiainfantil.com/asperger/152-sindrome-de-aspeger.html

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta