Ansiedade

Atualizado em 28/10/2020
Por Cristiane Schumann

Ansiedade

Atualizado em 28/10/2020
Por Cristiane Schumann
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Ansiedade

Aperte o play para escutar este conteúdo.

Logo após o nascimento, é realizado um teste no bebê chamado “Apgar”. Nele são observados alguns reflexos dos bebês e um desses reflexões é relacionado ao medo.

O medo é um sentimento inato que nasce conosco. Já a ansiedade é um sentimento secundário oriundo do medo. Ela é um sentimento que todos nós temos, não há ninguém que tenha uma ansiedade zero. Assim sendo, a ansiedade basal de todos os seres humanos estão sempre maior que zero.

Frequentemente, muitos que sofrem de ansiedade costumam sentir raiva dela mas, na verdade, a ansiedade é importante para a nossa sobrevivência. É por conta dela que nos preocupamos com o que temos para comer em casa e que olhamos para atravessar a rua, por exemplo. Assim sendo, ela nos protege e faz com que tomemos algumas atitudes para nos protegermos, nos resguardarmos e não colocarmos em risco a nossa própria vida. Então, é mais viável “aceitar” a ansiedade como algo natural e adaptativo para nós seres humanos do que “brigar”com ela.

Quando a ansiedade se torna um problema?

Contudo, a ansiedade pode se tornar um problema quando ela se torna disfuncional, isto é, quando ela passa a não funcionar bem e isso pode acontecer de três formas: A primeira é quando ela está muito intensa, como acontece nos ataques de pânico, por exemplo. A segunda é quando ela é muito frequente, e todos os dias eu sinto uma ansiedade forte, uma preocupação excessiva, eu acordo e durmo com isso. E, por fim, quando ela é desproporcional ao perigo real, como acontece nos casos de fobias, por exemplo. Uma pessoa que tem fobia de borboleta, ela tem um medo muito maior do que o perigo que aquele inseto pode causar para nós. 

medo
Medo desproporcional da realidade pode causado por episódios de ansiedade

Portanto, a ansiedade torna-se disfuncional quando ela é desproporcional, frequente e intensa causando problemas para nós ou para os que convivem conosco.

Você tem clareza se seu nível de ansiedade é baixo, moderado ou intenso? Como é o seu grau de ansiedade? Sua ansiedade é intensa? É frequente? É desproporcional?

terapia-online-casule-banner

Preparamos um teste para você identificar o seu nível de ansiedade. Caso se sinta à vontade, clique aqui para ser redirecionado. 

Terapia Casule

A Casule é uma clínica que pensa na sua saúde e no seu bem-estar que atende de forma presencial e online. Isso faz que possamos cuidar de pessoas em qualquer parte do Brasil e do Mundo!

Venha nos conhecer! Marque uma conversa com nossos terapeutas clicando aqui!

Curtiu o texto? Fica a vontade para relaxar com a gente, conheça nossos áudios de relaxamento, é GRÁTIS!

Compartilhe também a Casule em suas redes sociais, InstagramFacebook e Youtube

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Doutora e Mestre em Saúde, Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental, Especialista em Políticas e Pesquisas em Saúde Coletiva. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Casais, Famílias e Grávidas. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo
Casule Play

Ansiedade

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Ansiedade, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Cristiane Schumann, aqui no Blog.
Doutora e Mestre em Saúde, Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental, Especialista em Políticas e Pesquisas em Saúde Coletiva. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Casais, Famílias e Grávidas. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Ansiedade.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

3 estratégias para controlar seu dinheiro

Ser positivo é algo muito bom, porém quando falamos de dinheiro, devemos ser realistas e conhecer bem a nossa própria condição financeira. Por isso, ter inteligência emocional nas finanças se torna algo tão importante.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Leia mais

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This