Saiba até quando é normal a criança fazer xixi na cama(Enurese).
19 de agosto de 2016
Distorção da autoimagem corporal.
24 de agosto de 2016

O trauma psicológico é um tipo de dano emocional que ocorre como resultado de um algum acontecimento. Pressupõe uma experiência de dor e sofrimento emocional ou físico. Como experiência dolorosa que é, o trauma acarreta uma exasperação do medo, o que pode levar ao estresse, envolvendo mudanças físicas no cérebro e afetando o comportamento e o pensamento da pessoa, que fará de tudo para evitar reviver o evento que lhe traumatizou. Igualmente, pode acarretar depressão, comportamentos obsessivos compulsivos e outras fobias ou transtornos, como o de pânico. Um evento traumático envolve uma experiência ou série de experiências repetidas que afetam a maneira de o indivíduo lidar com ideias ou emoções envolvidas com aquela experiência, podendo às vezes durar por um tempo indeterminado.

O trauma torna a pessoa confusa e insegura, na maioria das vezes com medo de encarar o mundo de frente. Associa-se a abusos sexuais e violências em todos os sentidos, pessoas que passam por esse tipo de situação desenvolvem uma grande dificuldade de relacionamentos e também não conseguem confiar no próximo. A lembrança específica de uma memória traumática pode disparar formação de padrões defensivos de comportamento como medos exagerados em situações que não mais oferecem riscos, que não são mais apropriados ao momento atual, contribuindo com alterações ao equilíbrio psicológico, biológico e social de uma pessoa.

Cada vez mais psicólogos são procurados nos consultório por pacientes que apresentam um relevante grau de traumatização. O tempo de recuperação de um evento traumático é variável, mas num geral ele é eficaz após várias seções. Muitas pessoas vão naturalmente reduzindo as emoções provocadas pelo trauma até que ele se reduza bastante, porem se meses se passaram e os sintomas não estão se ausentando, é altamente recomendada a ajuda de um profissional que seja perito em trauma como os estresse pós psicólogos.

Uma investigação mais criteriosa deve iluminar possíveis ocorrências traumáticas anteriores, a emersão dos sintomas e suas respectivas relações etiológicas. Se as causas não forem tratadas nessas pessoas, as queixas em geral se tornam crônicas com rígido prejuízo da qualidade de vida. A psicoterapia de indivíduos traumatizados envolve o trabalho com as crenças e diálogos internos, que por um lado podem exacerbar o sofrimento com a autopiedade, desamparo, autovitimização e autodepreciação, e por outro, podem realçar as capacidades de enfrentamento e superação.

A maneira como enfrentamos nossos traumas, as rejeições, decepções, erros, perdas, sentimentos de culpa, conflitos nos relacionamentos, críticas e crises profissionais, pode gerar maturidade ou angústia, segurança ou traumas, líderes ou vítimas. Algumas pessoas conseguem livrar-se de eventos traumáticos melhor do que outros.

FONTE:http://www.radarturbinado.com/2013/01/trauma-psicologico-o-que-vem-ser-e-sua.html

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta