fbpx

Hipocondria

Atualizado em 11/11/2019
Por Suelen Tebaldi

Hipocondria

Atualizado em 11/11/2019
Por Suelen Tebaldi
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Hipocondria

Ao contrário do que muita gente acredita, a hipocondria não está relacionada ao consumo excessivo de medicamentos. Também não é verdade a crença de que os pacientes fingem os sintomas.

Com o boom da internet, a comunidade médica tem encontrado motivos ainda maiores para se preocupar com o quadro, que hoje apresenta uma nova forma de manifestação: a chamada cibercondria — ou hipocondria digital.

Mas afinal de contas, você sabe o que é esse transtorno e como identificá-lo?

A hipocondria trata-se de uma patologia na qual a pessoa acredita que possui uma doença, geralmente séria, mesmo sem nenhuma evidência médica. A hipocondria está diretamente ligada à ansiedade e a transtornos obsessivos compulsivos e os pacientes que desenvolvem esse transtorno tendem a interpretar sintomas comuns como sinais de algo grave, degenerativo ou potencialmente fatal. Por exemplo: uma simples dor de cabeça certamente significará um tumor cerebral. Nesse caso, os sintomas realmente existem, mas são amplificados e erroneamente interpretados.

Causas 

A hipocondria atinge igualmente homens e mulheres e normalmente aparece no início da vida adulta, apesar de poder se desenvolver em qualquer idade. Não se sabe ao certo o que causa esse transtorno, mas algumas situações podem aumentar a chance de uma pessoa desenvolver hipocondria: 

  • eventos traumáticos e doenças graves, principalmente durante a infância;
  • histórico familiar; 
  • preexistência de outros transtornos, como ansiedade, depressãoTranstorno Obsessivo-Compulsivo e Transtornos de Personalidade;
  • acreditar que boa saúde significa estar livre de quaisquer sintomas; 
  • pais pouco afetivos. 

Este último causador parece estranho, mas se trata de um determinante influenciador do desenvolvimento desta patologia, pois a pouca afetividade, traz, ao hipocondríaco, uma necessidade de atenção, o que faz com que ele intensifique seus sintomas para que as pessoas direcionem sua atenção a eles.

Como identificar um hipocondríaco?

Uma pessoa com hipocondria costuma apresentar os seguintes comportamentos:

  • Ter um medo intenso ou prolongado de ter uma doença grave;
  • Preocupar-se que os menores sintomas e sensações físicas podem significar uma doença grave;
  • Procurar médicos repetidamente ou fazer exames complexos com frequência, como ressonâncias magnéticas e ecocardiogramas;
  • Trocar de médico constantemente, sempre buscando uma segunda opinião que indique uma condição grave;
  • Falar diversas vezes sobre seus sintomas ou das doenças que suspeita ter;
  • Checar frequentemente o corpo em busca de problemas;
  • Checar frequentemente os sinais vitais, como pulsação ou pressão arterial;
  • Pensar ter uma doença só de ler ou ouvir sobre ela;
  • evitar obsessivamente ambientes ou situações que podem trazer riscos à saúde ou de contrair uma doença grave.

Pessoas com hipocondria tendem a aumentar sintomas quando realmente estão doentes. Mas a principal característica está no pensamento obsessivo de que isso de fato se trata de uma doença muitíssimo grave e de que sua vida pode estar em risco.

Como tratar?

O diagnóstico pode ser difícil e demorado, já que os pacientes não percebem que tem um transtorno psiquiátrico. Se sentem um desconforto no peito, provavelmente vão procurar um cardiologista — e não um psicólogo ou psiquiatra.

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert

Nesse momento, é muito importante que pessoas próximas ao paciente se atentem a esses sinais e não compactuem com os comportamentos obsessivos ou ignorem o problema. São eles que normalmente percebem que algo está errado e encorajam o paciente a procurar por um especialista.

O tratamento para hipocondria tem diversas abordagens. A primeira é a psicoterapia e a metodologia mais usada é a Terapia Cognitiva Comportamental. Essa abordagem permite ao paciente reconhecer as causas de seu comportamento ansioso e ensina formas de parar com ele. Além disso, é importante que o paciente aprenda mais sobre a hipocondria, até para saber melhor como lidar. Essa educação sobre o quadro também é importante para a família do paciente.

Em alguns casos, medicamentos também podem ajudar, principalmente os antidepressivos. Muitas vezes, tratar comorbidades, como ansiedade e depressão, também ajudam no quadro.

É importantíssimo ressaltar que o tratamento medicamentoso para a hipocondria, sozinho, não resolve o problema — o acompanhamento psicológico é indispensável, já que não foca apenas nos sintomas, mas em todas as possíveis causas que geraram o transtorno.

Ter preocupação com a própria saúde é normal e importante para evitar futuras doenças. É normal também ficar ansioso quando se tem algum sintoma cuja causa o médico não consegue identificar claramente. Essa preocupação só se torna um problema quando a ideia de estar com uma doença séria consome você, mesmo que você já tenha feito exames apropriados e seu médico tenha assegurado que o problema é simples ou mesmo inexistente.

Esta patologia pode durar a vida toda se o paciente não buscar ajuda e tratamento. No entanto, trata-se de uma doença tratável (apesar de não se tratar hipocondria de um dia para o outro), por isso a importância do acompanhamento psicológico e psiquiátrico.

Fontes:

https://www.unimedfortaleza.com.br/blog/cuidar-de-voce/sintomas-hipocondriaco

https://www.minhavida.com.br/saude/temas/hipocondria


banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert

Hipocondria

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Hipocondria, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Suelen Tebaldi, aqui no Blog.
Psicóloga, terapeuta cognitiva comportamental, apaixonada pela escuta e pelo relacionamento com as pessoas. "Psicóloga da família" desde pequena, vive e ama essa profissão e todos os seus desafios. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Hipocondria.


0 comentários

Dia do lixo
Na sua dieta tem “dia do lixo”?

Na sua dieta tem “dia do lixo”?

O dia do lixo é uma expressão usada para caracterizar o dia em que comemos em grandes quantidades, alimentos calóricos e super deliciosos! Mas será que essa prática é aconselhável? Contribui ou atrapalha o processo de emagrecimento? Saiba como agir assistindo a este vídeo completo.
A Saúde mental nos relacionamentos como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!
A Saúde mental nos relacionamentos: como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!

A Saúde mental nos relacionamentos: como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!

Quando falamos sobre os transtornos mentais, nos referimos a uma série de alterações significativas no que diz respeito aos aspectos cognitivos, emocionais e comportamentais dos indivíduos e que podem afetar qualquer pessoa durante algum momento de sua trajetória. É uma condição que muitas vezes interfere diretamente na capacidade do indivíduo de enfrentar problemas cotidianos e sentir prazer na vida.
Transtorno bipolar
Transtorno Bipolar

Transtorno Bipolar

A variação de humor no nosso dia a dia é algo muito comum e normal! Passamos por diversas situações ao longo do dia, e da vida, e por consequência, nosso humor e nossas emoções podem se manifestar e alternar de formas diferentes. Mas quando essa mudança se torna um problema? Nesse vídeo vou te ensinar algumas características do Transtorno Bipolar, e te dar algumas dicas para lidar com pessoas que sofrem com essa desordem.

Aspectos psicológicos da dor

Segundo o psiquiatra americano George Hengel, na década de 1970, os estados de saúde e de doença devem ser analisados sob a perspectiva biopsicossocial. Isso significa que a dor nos avisa que algo está não está bem e este aviso pode estar relacionado com seu corpo, indicando alguma lesão ou uma doença, por exemplo; com suas emoções ou com o ambiente em que você vive e trabalha.
Leia mais
Aspectos-psicológicos-da-dor

Aspectos psicológicos da dor

Como a Terapia Cognitiva pode ajudar a quem sofre de dor? O sofrimento que a dor proporciona ultrapassa o corpo, é também um sofrimento emocional. Cuidar das emoções pode ser o primeiro passo para que você aprenda a lidar com a dor. Entender o que está potencializando este incômodo pode te colocar no controle e ajudar a minimizar seus efeitos.
Leia mais
Aspectos psicológicos da dor

Como lidar com os ciúmes?

Aperte o play para escutar este conteúdo. Você é ciumento? Conhece alguém que seja? Sofre com isso? O ciúme é um sentimento que em excesso está relacionado a um padrão de...

Leia mais
Como lidar com os ciúmes

3 passos para cozinhar o próprio alimento

Cozinhar o próprio alimento se torna cada dia mais difícil por conta da rotina atarefada da maioria das pessoas. Mas será que vale a pena terceirizar nossa alimentação e deixar grande parte dela nas mãos do delivery, dos empacotados e congelados?
Leia mais
3-passos para cozinhar o proprio alimento

Somatização

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ter saúde é diferente de não ter doença, isto quer dizer que ter saúde é usufruir de um bem-estar psíquico, biológico e social.
Leia mais
Somatização

A criança que eu já fui e o adulto que eu sou

Existe uma música que eu adoro chamada “A criança que eu fui um dia” ela é da Reverb Poesia e fala exatamente que à medida em que vamos crescendo, aprendemos a não sonhar, desaprendemos a sorrir, desaprendemos a brincar.
Leia mais
A criança que eu já fui e o adulto que eu sou

Características das pessoas controladoras

A necessidade de controle é um mecanismo de enfrentamento utilizado por muitas pessoas que tem dificuldades em lidar com suas próprias dores e emoções. Os indivíduos com um perfil controlador, geralmente, fazem uso do controle para sentirem-se seguros e se afastarem de reflexões que os levem a sofrimento.
Leia mais
CaracterIsticas-das-pessoas-controladoras

Gratidão!

Dentre os diferentes estados emocionais que o ser humano é capaz de experimentar, a gratidão é um dos mais relacionados à saúde mental e bem-estar. Tal estado está relacionado à percepção de ajuda e contribuição por parte de outros, evidenciando o amparo recebido e contribuições altruístas.
Leia mais
gratidao

5 Dicas de como ser mais Positivo

A negação, ou a negatividade, está mais presente na nossa vida do que a gente pode imaginar. Esse filtro negativo é um erro de pensamento, que como o próprio nome diz, direciona a nossa atenção para aquilo que comprova uma ideia negativa que eu tenho de mim mesmo, e me afasta cada vez mais de uma solução.
Leia mais
5 Dicas de como ser mais Positivo

Árvore dos Sonhos

A Árvore dos Sonhos é uma técnica da Psicologia Positiva onde a gente “pendura” na árvore todos os nossos sonhos; desde os mais simples (tipo um vestido de festa vermelho) até os mais complexos (fazer uma grande viagem ou se formar após um longo tempo sem estudar, por exemplo). São as vontades que nós temos de realizar algo em nossa vida.
Leia mais
Árvore-dos-Sonhos
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This