Terapia online funciona?

Terapia online funciona mesmo?

Atualizado em 11/10/2019
Por Redatora Casule

Terapia online funciona mesmo?

Atualizado em 11/10/2019
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Terapia online funciona mesmo?

Ser bons pais e mães, dar atenção ao companheiro ou companheira e buscar realização profissional são tarefas que tomam tanto tempo que não é raro você se ver sem uma brecha na agenda para cuidar da sua saúde emocional e resolver aquelas questões que rondam a sua cabeça e que, muitas vezes, parecem sem solução.

Para quem convive com essa realidade, o atendimento psicológico online pode ser uma excelente solução, já que permite que você tenha acesso a profissionais altamente capacitados sem precisar mudar toda a sua rotina ou pagar uma fortuna por isso.

Com o atendimento psicológico online, tudo o que você precisa é de um computador com conexão à internet e um espaço reservado, seja na sua casa ou escritório, para garantir a privacidade durante a consulta.

Como não há barreiras geográficas você não precisa necessariamente se consultar com o profissional que está mais perto da sua residência ou trabalho e fica mais fácil encontrar aquele que atenda aos seus anseios.

Você pode selecionar os psicólogos levando em consideração uma série de fatores importantes, como sua linha de atuação, qualificações profissionais e horários disponíveis. Isso permite que você escolha o profissional mais adequado às suas necessidades e não simplesmente o que está mais perto do seu trabalho e tinha um horário disponível.

O atendimento psicoterapêutico mediado pela internet é um processo desafiador e vem atrelado a uma necessidade real da sociedade. É uma possibilidade de escuta e trabalho terapêutico que vem demonstrando tanta eficácia quanto o modelo convencional (presencial).

A história da terapia online

A comunicação à distância entre um terapeuta e um cliente começou com Sigmund Freud, que utilizou extensivamente cartas para se comunicar com seus clientes. Grupos de auto-ajuda começaram a surgir na Internet já em 1982. Hoje, existem inúmeros sites que oferecem conteúdos e informações sobre saúde mental.

Os primeiros relatos de atendimento por meios digitais no Brasil datam da década de 90 e eram realizados através de troca de e-mails. Também há registros de atendimentos nessa mesma época, realizados por ligação telefônica para pacientes em viagem ou acamados. Entende-se por atendimento remoto qualquer atendimento que não tenha a presença do corpo físico. Pode ser e-mail, chat, telefone, áudio ou vídeo. O atendimento que melhor se aproxima em termos de qualidade e resultado é o de vídeo, onde é possível ter acesso ao maior número de informações sensoriais possível como a visão e audição. Além disso, mesmo havendo uma tela entre psicólogo e paciente, o vídeo permite aos dois lados que haja uma percepção de movimentos, angústias, sensações e emoções.

A terapia virtual chega ao Brasil depois de ser regulamentada em diversos países, como Canadá, Austrália e Reino Unido. Os primeiros estudos sobre atendimento online no Brasil ocorrem no início do ano 2000, onde pesquisadores começaram a discutir ações para criação da primeira resolução em 2005. Em 2012, a primeira resolução foi revisada, autorizando um procedimento conhecido como Orientação Psicológica Online, onde os atendimentos possuíam limites de até 20 sessões por paciente. E hoje, desde a publicação da Resolução CFP 011/2018, a terapia online é amplamente aceita e difundida, ficando o profissional livre para oferecer os seus serviços, seja de orientação, psicoterapia, supervisão ou avaliação psicológica e sem limites de atendimento. Em 2012, o total de plataformas cadastradas no site do CFP era de “apenas” 224. Em 2018 saltou para 854. Um aumento de 381%. 

O atendimento online é vedado quando o Conselho entende que o atendimento presencial e o apoio de uma equipe mais completa sejam indispensáveis, como em casos de violência, surtos, catástrofes e acidentes graves. Nessas situações, o psicólogo online deve encaminhar o paciente à uma equipe mais completa.

Motivos para fazer terapia online

1. Uma boa opção para áreas remotas, expatriados e imigrantes

A terapia online oferece acesso a informações sobre saúde mental para pessoas em áreas rurais, remotas e também para brasileiros que residem em outros países. Na maioria dos relatos, expatriados encontram alguma dificuldade de adaptação seja com a cultura ou até mesmo com a língua.

2. Acessibilidade para quem tem limitações físicas

A mobilidade pode ser um grande problema quando se trata de acessar cuidados de saúde mental e psicoterapia. Indivíduos que não podem sair de casa por vários motivos, como doenças físicas ou mentais podem encontrar na terapia online uma alternativa útil aos contextos tradicionais de psicoterapia.

terapia-online-casule-banner

3. Conveniência 

Terapia online é geralmente bastante acessível e conveniente, uma vez que você tem a possibilidade de conversar com seu psicólogo do conforto da sua própria casa. Na maioria das vezes você pode agendar suas sessões de terapia para os horários mais convenientes para você, como finais de semana, por exemplo.

Além disso, algumas operadoras de saúde já estão oferecendo reembolsos para  terapia online, assim como fazem com as sessões de psicoterapia tradicionais. 

4. Terapia online torna a informação mais acessível

A Internet torna as informações sobre saúde mental mais acessíveis e é comum que as pessoas que optam pelo atendimento psicológico online se surpreendam com a facilidade que têm para falar sobre assuntos que não seriam capazes de abordar em uma consulta presencial.

5. A terapia online também pode ser uma ferramenta educacional

Conversar com um psicólogo online pode ser uma decisão importante para ajudar as pessoas a aprender mais sobre a saúde psicológica. Mesmo que você sinta que seu bem-estar mental é forte, a terapia online pode ajudá-lo a se tornar mais forte psicologicamente. Você pode aprender mais sobre comportamentos de saúde e estratégias de enfrentamento que levarão a uma melhor saúde psicológica.

Cuidados e medidas que garantem uma boa consulta

O profissional: Certifique-se de que ele está registrado no Conselho Federal de Psicologia. Pesquise pelo nome completo ou número no conselho.

O meio: Por segurança, evite locais públicos, como cafés, bibliotecas ou coworkings. Use, se possível, computador ou celular pessoal e, de preferência, fone de ouvido.

A internet: Para evitar que o sinal caia durante a sessão, invista em um provedor de qualidade. Também capriche no antivírus.

O local: No dia e horário marcados, procure um ambiente privado e tranquilo. Evite ser interrompido durante a sessão.

O sigilo: o psicólogo que atende por esta modalidade também está sujeito ao Código de Ética da profissão. Sendo assim, em nenhum momento as informações passadas nas orientações (seja por escrito ou falado) serão passadas a outros.

Fontes:

https://saude.abril.com.br/mente-saudavel/terapia-online-conheca-os-beneficios-e-com-o-que-se-deve-tomar-cuidado/

https://g1.globo.com/bemestar/noticia/2018/12/17/como-funciona-a-terapia-on-line.ghtml

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Terapia online funciona mesmo?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Terapia online funciona mesmo?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Terapia online funciona mesmo?.

0 comentários

Como organizar as finanças do casal
Como organizar as finanças do casal

Como organizar as finanças do casal

A primeira coisa que é importante saber é que não existe o que é o ideal para todas as pessoas, ou seja, não há uma forma adequada que vá se encaixar na vida de todos casais. Por isso, é importante que você e seu parceiro(a) conversem e estabeleçam qual vai ser a forma de organização financeira que vai ser melhor para o caso de vocês. Mas, há quatro formas principais para organizar a vida financeira do casal
voce sabe pedir ajuda
Você sabe pedir ajuda?

Você sabe pedir ajuda?

Você provavelmente passou por alguma situação em que sentia que precisava de ajuda , mas não conseguiu pedir. Parece simples, mas muitas pessoas resistem a isso e para elas, pedir ajuda pode representar não só assumir a própria fragilidade, como a exposição dessa fragilidade para outras pessoas.
devo comer de 3 em 3 horas
Devo comer de 3 em 3 horas?

Devo comer de 3 em 3 horas?

Quando se inicia um processo de reeducação alimentar e/ou emagrecimento é muito comum associar “dieta” com o ato de comer de 3 em 3 horas, este tipo de analogia na prática clínica é algo recorrente. Entretanto, quando surge este tipo de questionamento a resposta é: depende.

Você é uma pessoa perfeccionista?

Já ouviu falar sobre o perfeccionismo? Sabia que a longo prazo ele pode causar muitos prejuízos para nossa saúde mental e pode ser fator de risco para transtornos de ansiedade, depressão, burnout e transtornos alimentares?
Leia mais
Você-é-uma-pessoa-perfeccionista

É possível haver relacionamentos abusivos entre pais e filhos?

Sim! É possível sofrer violência na relação entre pais e filhos. Aqui, neste texto, você entenderá mais sobre essa relação tóxica que pode acontecer desde a infância de quem passa por isso. Identificar um relacionamento abusivo na relação entre pai e filho não é nada fácil, considerando que o indivíduo passa por isso desde sempre e pode estar sendo manipulado a enxergar que os castigos e repreensões que sofre são normais devido ao seu mau comportamento.
Leia mais
É possível haver relacionamentos abusivos entre pais e filhos

Fui traído(a) e não consegui superar

É muito comum que pessoas decidam permanecer em um relacionamento mesmo após uma traição. A questão é que muitas vezes, a insegurança, a desconfiança e conflitos por causa disso tomam conta do relacionamento.
Leia mais
Fui-traído-e-não-consegui-superar

Síndrome da Boazinha: Você já ouviu falar sobre ela?

Você conhece alguém que sempre precisa da aprovação do outro, que se colocam em segundo plano, necessitam agradar todos ao redor e sentem dificuldade em dizer não, mesmo que não tenha tempo ou não tenha interesse para atender tais solicitações? Se sim, talvez você sofra com a “Síndrome da Boazinha”
Leia mais
Síndrome da Boazinha- Você já ouviu falar sobre ela

O que você precisa saber sobre timidez

Qual o limite entre a timidez natural e aquela que ultrapassa uma característica de personalidade mais reservada? Não devemos enxergar a timidez como algo ruim e que precisa ser tratada, a não ser que esteja causando prejuízos.
Leia mais
O-que-você-precisa-saber-sobre-timidez-BLOG

Esse texto é um resposta…

O que quer ser quando crescer? Com certeza você já ouviu algumas vezes esta pergunta quando era criança. Se é adolescente anda se perguntando sobre qual profissão seguir e tem se deparado com uma grande decisão que deverá tomar mais cedo ou mais tarde.
Leia mais
Esse texto é um resposta...

Por que me preocupo tanto?

Nós nos preocupamos com uma ampla variedade de coisas, desde tarefas mais simples do dia a dia, como não atrasar-se para um compromisso, até problemas mais graves e complexos.
Leia mais

O que faz um casamento dar certo ou dar errado?

O para sempre, sempre acaba! Homem não presta! Casou, acabou! Você já deve ter escutado e até ter sido vítima de alguma dessas crenças que nos são passadas de geração em geração. Mas será que são regras ou apenas crenças?
Leia mais
O-que-faz-um-casamento-dar-certo
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This