Risco divulgação vídeos e fotos eróticas feito por jovens
Os riscos da divulgação de fotos e vídeos com conteúdo erótico por jovens
2 de junho de 2015
Como superar uma perda amorosa
3 de junho de 2015

Terapia cognitivo-comportamental infantil

 

casule-psicologia-cognitivo-comportamental

A Terapia Infantil é a psicoterapia dirigida ao atendimento a crianças. Ela conta com recursos lúdicos a fim de abordar o mundo infantil, considerando as necessidades particulares e os aspectos especiais das crianças. Tem-se como referencial o sofrimento da criança e como objetivo ajudá-la a encontrar caminhos para sentir-se melhor. São inúmeras as razões que levam pais ou responsáveis a procurar terapia para suas crianças.

Podemos destacar o baixo rendimento escolar, comportamentos agressivos, timidez, enurese noturna, hiperatividade, dificuldades de interagir com outras crianças ou familiares, depressão, obesidade, etc. Os comportamentos-problema nas crianças podem estar associados à falta de habilidade para lidar com situações adversas e difíceis, como a separação dos pais ou mudança de escola. Nestes casos a terapia irá auxiliá-la, com a metodologia adequada, na aquisição de novos comportamentos eficientes para lidar com as situações geradoras do estresse emocional.

A constatação de que a criança com dificuldades psicológicas está tentando resolver um problema no meio onde ela está inserida difere da visão simplista de que ela estaria criando outro(s) problema(s) e conduz a um importante ponto da Psicoterapia Comportamental Infantil, o modelo triádico de atendimento. Trata-se do envolvimento dos pais no processo terapêutico do filho, através de sessões de orientação. Em tais encontros, os pais aprendem formas alternativas de ajudar o filho, bem como passam a entender o que ocorre no contexto familiar e o que poderia estar gerando ou mantendo o problema. Percebe-se, neste modelo, que todo ambiente no qual a criança interage deve ser considerado e também ser foco de intervenção. Neste sentido, pode-se orientar, inclusive, outros familiares e a escola.

O terapeuta, através de sua relação genuína com a criança, inicia um processo de mudança comportamental dentro do consultório com o intuito de que estes progressos generalizem para os ambientes naturais da criança. Assim ela conseguirá se comportar de forma a se sentir bem em todas as esferas de sua vida.

FONTE: http://www.inpaonline.com.br/servicos/terapia-infantil/

 

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta