os riscos da suplementação - vídeo completo - casule
Os riscos da suplementação (vídeo completo)
6 de dezembro de 2017
Conheça a Pirâmide do Conhecimento e os Seus Quatro Pilares! -casule
Conheça a Pirâmide do Conhecimento e os Seus Quatro Pilares!
8 de dezembro de 2017

Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade em estudantes

Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade em estudantes - casule

Muitos se fala hoje em Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade. Mas afinal o que é isso? A primeira descrição do TDAH foi em 1902 em um caso clínico do pediatra inglês George Still. Esse transtorno é de origem neurobiologica, com início na infância e chances de extensão até a vida adulta e se caracteriza por alterações: hiperatividade, impulsividade e desatenção.

A hiperatividade consiste em um aumento da atividade motora. A pessoa hiperativa fica constantemente em movimento, inquieta. Nem sempre a hiperatividade significa presença de TDAH, ela pode também estar associada ao autismo, bipolaridade, quadros de ansiedade e de algumas doenças físicas como disfunção da glândula tireoide.
Já a impulsividade é o famoso “agir sem pensar”. São reações súbitas, respostas antes de escutar a pergunta por completo e impaciência.
A desatenção é a falha da atenção que pode aparecer de diversas formas como: dificuldade em manter a concentração por muito tempo, perda de raciocínio em uma conversa, etc.

O TDAH pode influenciar muito a vida de um estudante seja com provas no colégio, vestibulares, concursos ou simplesmente no ato de prestar atenção nas aulas já que o mesmo não consegue se concentrar, o que muitas vezes vezes pode gerar a uma dificuldade nos momentos de estudo.
O diagnóstico é feito com base em um estudo da história de vida do indivíduo é através de questionários que podem auxiliar esse processo. O tratamento é feito com uma associação entre medicamentos e auxílios psicológicos

Comentários

comentários

Joana Baldi
Joana Baldi
Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Famílias, Orientação Vocacional e Pedagógica.

Os comentários estão encerrados.

Marcar Consulta