O que é a histeria?
3 de maio de 2016
Para uma vida melhor e com o mínimo de estresse possível.
5 de maio de 2016

O que é TOC?

O Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é uma doença que faz parte dos transtornos de ansiedade e se manifesta pela presença de obsessões e/ou compulsões. Obsessões são pensamentos, sentimentos, idéias, impulsos ou imagens vividos como intrusos e sem significado particular para o indivíduo; mesmo que a pessoa os reconheça como frutos de sua cabeça, ela não consegue tirá-los de sua mente. As obsessões mais comuns são: limpeza e contaminação, verificação, escrupulosidade, religiosas e sexuais. Compulsões são comportamentos repetitivos e intencionais, que freqüentemente independem da vontade do indivíduo e podem ocorrer em resposta a uma obsessão. As compulsões podem diminuir os sentimentos desagradáveis decorrentes das obsessões, como ansiedade, nojo ou desconforto. Também ocorrem compulsões sem a presença de obsessões. As compulsões mais comuns são: limpeza e lavagem, verificação, contagem, ordenação e arranjo, rezar e colecionar (armazenar).

Colecionismo

Diferentemente de colecionar por prazer, hobby, ou por valor afetivo, o colecionismo é um incômodo que se caracteriza por aquisição e dificuldade que a pessoa tem em descartar coisas aparentemente sem utilidade ou de pouco valor, devido ao apego emocional a objetos que a maioria das pessoas considera sem utilidade. A pessoa argumenta que algum dia poderá utilizar os objetos armazenados.

O armazenamento pode interferir na vida do sujeito, na rotina da casa, ocupando-a com quinquilharias, objetos velhos e usados, fazendo com que os familiares se sintam incomodados, e são esses que pressionam o armazenador a buscar ajuda. Em casos extremos, o espaço livre ou de circulação da casa fica restrito e existem riscos de proliferação de ratos e insetos, e até perigo de incêndio.

Características do Colecionismo

Medo de jogar coisas fora (papéis, documentos, recibos, notas fiscais, contas) pela possibilidade de precisar delas no futuro.
Pegar (arranjar) objetos sem nenhuma razão em especial.
Guardar por anos a fio coisas porque não conseguiu decidir-se se deve ou não jogar fora, tais como roupas, sapatos, trabalhos escolares.
Juntar jornais velhos, revistas, latas, caixas, embalagens, garrafas, palitos de fósforo queimados, canetas sem tinta, entre outras coisas (equipamentos, ferramentas, lâmpadas) velhas, quebradas, incompletas, sem utilidade, sem uso há muito tempo e etc. Não conseguir jogar essas coisas fora por medo de ter que precisar delas algum dia.
Sentir desconforto quando for obrigado a jogar fora ou dar coisas que armazena.
Verificar e recolher o lixo dos outros familiares (ou vizinhos).
Partes da casa ocupadas por entulhos.

Tratamento

Estudos mostram que o tratamento com Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) apresenta eficácia na melhora dos sintomas obsessivo-compulsivos e na manutenção dessa melhora no TOC.

FONTE:http://www.marciacopetti.com.br/artigos/artigos.php?id_artigo=21

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta