Minha-casa-virou-escritório-blog-casule

Minha casa virou escritório!

Atualizado em 15/06/2020
Por Marcelle Mattos

Minha casa virou escritório!

Atualizado em 15/06/2020
Por Marcelle Mattos
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Minha casa virou escritório!

Vivemos tempos de reorganização em todas as esferas da vida. O isolamento social trouxe limitação para o nosso dia-a-dia, inclusive no ambiente de trabalho. Lá no escritório, era onde as ideias surgiam, as reuniões aconteciam e onde se cultivava a carreira. Aqui em casa, era o refúgio, o porto seguro, o lugar de descanso, de ficar com a família. Hoje já não podemos dizer a mesma coisa. A pandemia acelerou um processo que estava em crescimento, o home office, fazendo com que nos adaptássemos mais rápido do que estávamos prevendo e querendo.

O lar virou o escritório, a repartição pública, a faculdade, a escola e derrepente tudo mudou! Colocamos uma mesa de trabalho no canto do quarto ou da sala, está cheio de papel, planilhas e relatórios ali tão perto, invadindo o seu momento de descanso. Se você se vira e abre os olhos de madrugada, está de frente com toda a papelada. O horário de trabalho não está mais terminando quando acaba. O telefone toca e as mensagens chegam a qualquer horário.  

Esta situação traz uma série de consequências para as pessoas envolvidas nesta rotina. Muitas vezes se trabalha mais … muito mais do que trabalharia se estivesse no lugar original de trabalho. Se por um lado há confusão entre o lugar de descanso e o de produção, falta de contato social entre os colegas e invasão das questões familiares no espaço do trabalho, por outro lado há ganhos também. O tempo no trânsito que tanto estressa é eliminado, assim como a alimentação de má qualidade e a mudança de perspectiva na realização de algumas tarefas que agora podem ser resolvidas com um clique. Ganha-se em qualidade de vida e em relações familiares, porém se faz necessária uma delimitação de tempo e espaço em relação ao trabalho. 

Para quem trabalha em casa é preciso disciplina, concentração, foco, sob o risco de entrar num ciclo de procrastinação, baixa produtividade e muita frustração. 

terapia-online-casule-banner

Aspectos muito importantes neste momento são o autoconhecimento e a autocompaixão. Permita-se uma adaptação aos novos tempos. Não se cobre além do que consegue dar conta. Ao invés disso olhe para si e perceba o que tira o seu foco, o que lhe traz ansiedade, o que lhe deixa desconfortável, desorganizado (a) e procure soluções para o seu problema. As mudanças sempre provocam incômodos, incertezas e falta de motivação. Entenda como está sendo para você viver o novo e se adapte à realidade que está presente.

Se o dia não está produtivo, reveja seus horários de acordar, de trabalhar, seus momentos de descanso e alimentação. Se não há um horário para começar e para terminar as atividades, o dia fica muito solto, sem planejamento e você pode acabar não fazendo o que é realmente importante. Manter uma rotina é imprescindível neste momento. 

Se você sofre interrupções a todo momento de pessoas, de mensagens de fora do trabalho ou da TV com as notícias, estabeleça horários para ver o noticiário, as redes sociais e as mensagens não importantes, converse com as pessoas que moram com você a respeito da importância da sua concentração e foco para dar continuidade a uma tarefa ou a um raciocínio. Todos estão se adaptando.

Se você tem a sensação de que trabalhar em casa é trabalhar mais, talvez seja por estar prolongando demais o horário de término para “adiantar” alguma tarefa para o dia seguinte. Não caia nessa armadilha. Terminou o dia, deixe sua “mesa de trabalho” organizada para o dia seguinte, como se estivesse indo embora para casa. Isso dá a sensação de dever cumprido!

A adaptação acontece em tempos diferentes para cada pessoa. Uns sofrem em menor intensidade e por menos tempo, já outros sentem os efeitos mais intensamente, o que pode acarretar problemas psíquicos e podem precisar de acompanhamento com um profissional.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Minha casa virou escritório!

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Minha casa virou escritório!, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Marcelle Mattos, aqui no Blog.
Psicóloga pós graduada em Terapia Cognitivo-comportamental. Atende adolescentes, adultos e idosos. Apaixonada pela psicologia e pelo que ela proporciona! Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Minha casa virou escritório!.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saiba quais são os 9 indicadores de violência infantil
Saiba quais são os 9 indicadores de violência infantil

Saiba quais são os 9 indicadores de violência infantil

Antes de qualquer coisa precisamos pensar em uma prática muito comum dos adultos em atribuírem qualquer discurso da criança somente à imaginação e à fantasia, podendo estar negligenciando situações de risco ou de violência consumada. É claro que, em muitos casos, essas situações não são óbvias e nem mesmo fáceis de serem identificadas, por isso é de extrema importância nos atentarmos para os indicadores de violação de direitos e violência.
Como-escolher-minha-futura-profissão-BLOG
Como escolher minha futura profissão?

Como escolher minha futura profissão?

Este momento de decidir em qual curso ingressar optando por uma faculdade, representa uma tomada de decisão importante e significativa na vida de todos nós. Muitas vezes se torna um grande desafio, pois junto com as pressões de notas e prazos para os exames seletivos, surgem também sentimentos de insegurança e incerteza. E o que fazer para tomar uma decisão com coerência e tranquilidade?
Como organizar as finanças do casal
Como organizar as finanças do casal

Como organizar as finanças do casal

A primeira coisa que é importante saber é que não existe o que é o ideal para todas as pessoas, ou seja, não há uma forma adequada que vá se encaixar na vida de todos casais. Por isso, é importante que você e seu parceiro(a) conversem e estabeleçam qual vai ser a forma de organização financeira que vai ser melhor para o caso de vocês. Mas, há quatro formas principais para organizar a vida financeira do casal
voce sabe pedir ajuda
Você sabe pedir ajuda?

Você sabe pedir ajuda?

Você provavelmente passou por alguma situação em que sentia que precisava de ajuda , mas não conseguiu pedir. Parece simples, mas muitas pessoas resistem a isso e para elas, pedir ajuda pode representar não só assumir a própria fragilidade, como a exposição dessa fragilidade para outras pessoas.
devo comer de 3 em 3 horas
Devo comer de 3 em 3 horas?

Devo comer de 3 em 3 horas?

Quando se inicia um processo de reeducação alimentar e/ou emagrecimento é muito comum associar “dieta” com o ato de comer de 3 em 3 horas, este tipo de analogia na prática clínica é algo recorrente. Entretanto, quando surge este tipo de questionamento a resposta é: depende.

Como se tornar uma pessoa mais interessante?

Não se sentir uma pessoa interessante tem uma relação com o medo do julgamento dos outros, da insegurança e da baixa autoestima. O que você precisa é se tornar interessante primeiro para você, e com isso, tornará mais fácil entender que alguns irão gostar do seu jeito e outras não, e está tudo bem, pois cada um é de um jeito.
Leia mais
como se tornar mais interessante

Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida?

A maneira como vivemos hoje está muito relacionada à nossa história de vida, as nossas experiências passadas, ao que nos foi dado e ao que nos faltou na nossa infância. No entanto, conforme vamos crescendo, precisamos aprender a desenvolver nossa maturidade emocional. Isso significa que precisamos ter controle sobre nossas emoções, comportamentos e olhar para as adversidades de forma mais realista e objetiva. Nesse texto, eu vou explicar as principais características do adulto saudável.
Leia mais
Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida

Você é uma pessoa perfeccionista?

Já ouviu falar sobre o perfeccionismo? Sabia que a longo prazo ele pode causar muitos prejuízos para nossa saúde mental e pode ser fator de risco para transtornos de ansiedade, depressão, burnout e transtornos alimentares?
Leia mais
Você-é-uma-pessoa-perfeccionista

É possível haver relacionamentos abusivos entre pais e filhos?

Sim! É possível sofrer violência na relação entre pais e filhos. Aqui, neste texto, você entenderá mais sobre essa relação tóxica que pode acontecer desde a infância de quem passa por isso. Identificar um relacionamento abusivo na relação entre pai e filho não é nada fácil, considerando que o indivíduo passa por isso desde sempre e pode estar sendo manipulado a enxergar que os castigos e repreensões que sofre são normais devido ao seu mau comportamento.
Leia mais
É possível haver relacionamentos abusivos entre pais e filhos

Fui traído(a) e não consegui superar

É muito comum que pessoas decidam permanecer em um relacionamento mesmo após uma traição. A questão é que muitas vezes, a insegurança, a desconfiança e conflitos por causa disso tomam conta do relacionamento.
Leia mais
Fui-traído-e-não-consegui-superar

Síndrome da Boazinha: Você já ouviu falar sobre ela?

Você conhece alguém que sempre precisa da aprovação do outro, que se colocam em segundo plano, necessitam agradar todos ao redor e sentem dificuldade em dizer não, mesmo que não tenha tempo ou não tenha interesse para atender tais solicitações? Se sim, talvez você sofra com a “Síndrome da Boazinha”
Leia mais
Síndrome da Boazinha- Você já ouviu falar sobre ela

O que você precisa saber sobre timidez

Qual o limite entre a timidez natural e aquela que ultrapassa uma característica de personalidade mais reservada? Não devemos enxergar a timidez como algo ruim e que precisa ser tratada, a não ser que esteja causando prejuízos.
Leia mais
O-que-você-precisa-saber-sobre-timidez-BLOG

Esse texto é um resposta…

O que quer ser quando crescer? Com certeza você já ouviu algumas vezes esta pergunta quando era criança. Se é adolescente anda se perguntando sobre qual profissão seguir e tem se deparado com uma grande decisão que deverá tomar mais cedo ou mais tarde.
Leia mais
Esse texto é um resposta...
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This