Home-Office--uma-alternativa-em-tempos-de-crise-blog-casule

Home Office: uma alternativa em tempos de crise

Atualizado em 10/04/2020
Por Nayara Benevenuto

Home Office: uma alternativa em tempos de crise

Atualizado em 10/04/2020
Por Nayara Benevenuto
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Home Office: uma alternativa em tempos de crise

Você sabe o que é Home Office? Este termo é comumente usado para aqueles que trabalham em suas próprias casas ou em ambientes alternativos, falando de maneira mais informal pode ser entendido como “o seu escritório em casa”. O conceito de Home Office que antes já era muito utilizado e realizado por pessoas que buscaram por formas de trabalho autônomo visando maior eficiência, produtividade, geração de renda, redução de custos e deslocamento, em nosso cenário atual com a propagação do Coronavírus, tornou-se essencial para muitos profissionais e empresas, sendo adotado como medidas estratégicas para a continuidade da realização do trabalho e tarefas indispensáveis.

Por isso, segue algumas orientações para melhor e maior funcionalidade nessa forma de trabalho remoto. 

terapia-online-casule-banner
  • Crie um local de trabalho adequado através da preparação de um ambiente que permita sua privacidade diminuindo interferências externas, ter uma luminosidade apropriada também é importante manter a sua atenção e melhorar a visualização;
  • procure identificar se você é mais produtivo no período da manhã, tarde ou noite e se houver flexibilidade busque estabelecer uma carga horária compatível ou mantenha a rotina de acordo com o horário pré-estabelecido em seu trabalho;
  • manter desligado ou distante do seu ambiente aparelhos que possam ser distratores, como por exemplo, a televisão;
  • para auxiliar na qualidade de vida e do tempo realize pausas para tomar um café, se alimentar, se hidratar, alongar o corpo, caminhar pela residência alternando o foco das atividades; estabeleça metas ou uma lista de tarefas para facilitar a visualização do que precisa ser providenciado e o que já foi realizado;
  • Certifique-se sobre a viabilidade quanto ao acesso às ferramentas digitais disponíveis que possam suprir ou auxiliar na execução de tarefas;
  • mesmo em sua residência procure trocar sua vestimenta mantendo a postura profissional de acordo com o seu cargo ocupado.

No cenário atual, onde se torna necessário o isolamento social é importante buscar e manter o contato com as pessoas, outra dica é compartilhar suas experiências e criatividades, seja através de fotos, chamadas de vídeo, mensagens ou áudios, mantendo assim um suporte social e auxiliando outros profissionais, amigos e familiares.

Utilize os meios de comunicação também para retirar suas dúvidas e aumentar sua segurança e confiança sobre as informações. Procure ser organizado, o momento de adaptação tem seus obstáculos, restrições e desafios exigindo assim ter um pouco mais de paciência e empatia, enfatizando que para muitas pessoas essas mudanças implicam em diversos aspectos na rotina, na estrutura domiciliar, no âmbito familiar, financeiro, necessidades e cuidados pessoais e aspectos emocionais.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Home Office: uma alternativa em tempos de crise

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Home Office: uma alternativa em tempos de crise, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Nayara Benevenuto, aqui no Blog.
Especialista em terapia cognitiva-comportamental com adultos e tem formação em terapia cognitiva sexual além de atuar na avaliação bariátrica. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Home Office: uma alternativa em tempos de crise.

0 comentários

Saiba quais são os 9 indicadores de violência infantil
Saiba quais são os 9 indicadores de violência infantil

Saiba quais são os 9 indicadores de violência infantil

Antes de qualquer coisa precisamos pensar em uma prática muito comum dos adultos em atribuírem qualquer discurso da criança somente à imaginação e à fantasia, podendo estar negligenciando situações de risco ou de violência consumada. É claro que, em muitos casos, essas situações não são óbvias e nem mesmo fáceis de serem identificadas, por isso é de extrema importância nos atentarmos para os indicadores de violação de direitos e violência.
Como-escolher-minha-futura-profissão-BLOG
Como escolher minha futura profissão?

Como escolher minha futura profissão?

Este momento de decidir em qual curso ingressar optando por uma faculdade, representa uma tomada de decisão importante e significativa na vida de todos nós. Muitas vezes se torna um grande desafio, pois junto com as pressões de notas e prazos para os exames seletivos, surgem também sentimentos de insegurança e incerteza. E o que fazer para tomar uma decisão com coerência e tranquilidade?
Como organizar as finanças do casal
Como organizar as finanças do casal

Como organizar as finanças do casal

A primeira coisa que é importante saber é que não existe o que é o ideal para todas as pessoas, ou seja, não há uma forma adequada que vá se encaixar na vida de todos casais. Por isso, é importante que você e seu parceiro(a) conversem e estabeleçam qual vai ser a forma de organização financeira que vai ser melhor para o caso de vocês. Mas, há quatro formas principais para organizar a vida financeira do casal

5 dicas para se planejar e reduzir a ansiedade!

O planejamento semanal pode ser um grande aliado no manejo da Ansiedade diária. Nesse vídeo, expliquei de forma simples e clara como fazer um planejamento pessoal que pode te ajudar a ser mais produtivo e menos preocupado no seu dia a dia!
Leia mais

Devo comer de 3 em 3 horas?

Quando se inicia um processo de reeducação alimentar e/ou emagrecimento é muito comum associar “dieta” com o ato de comer de 3 em 3 horas, este tipo de analogia na prática clínica é algo recorrente. Entretanto, quando surge este tipo de questionamento a resposta é: depende.
Leia mais
devo comer de 3 em 3 horas

Como se tornar uma pessoa mais interessante?

Não se sentir uma pessoa interessante tem uma relação com o medo do julgamento dos outros, da insegurança e da baixa autoestima. O que você precisa é se tornar interessante primeiro para você, e com isso, tornará mais fácil entender que alguns irão gostar do seu jeito e outras não, e está tudo bem, pois cada um é de um jeito.
Leia mais
como se tornar mais interessante

Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida?

A maneira como vivemos hoje está muito relacionada à nossa história de vida, as nossas experiências passadas, ao que nos foi dado e ao que nos faltou na nossa infância. No entanto, conforme vamos crescendo, precisamos aprender a desenvolver nossa maturidade emocional. Isso significa que precisamos ter controle sobre nossas emoções, comportamentos e olhar para as adversidades de forma mais realista e objetiva. Nesse texto, eu vou explicar as principais características do adulto saudável.
Leia mais
Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida

Você é uma pessoa perfeccionista?

Já ouviu falar sobre o perfeccionismo? Sabia que a longo prazo ele pode causar muitos prejuízos para nossa saúde mental e pode ser fator de risco para transtornos de ansiedade, depressão, burnout e transtornos alimentares?
Leia mais
Você-é-uma-pessoa-perfeccionista

É possível haver relacionamentos abusivos entre pais e filhos?

Sim! É possível sofrer violência na relação entre pais e filhos. Aqui, neste texto, você entenderá mais sobre essa relação tóxica que pode acontecer desde a infância de quem passa por isso. Identificar um relacionamento abusivo na relação entre pai e filho não é nada fácil, considerando que o indivíduo passa por isso desde sempre e pode estar sendo manipulado a enxergar que os castigos e repreensões que sofre são normais devido ao seu mau comportamento.
Leia mais
É possível haver relacionamentos abusivos entre pais e filhos

Fui traído(a) e não consegui superar

É muito comum que pessoas decidam permanecer em um relacionamento mesmo após uma traição. A questão é que muitas vezes, a insegurança, a desconfiança e conflitos por causa disso tomam conta do relacionamento.
Leia mais
Fui-traído-e-não-consegui-superar
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This