personalidade-anancástica-psicologia-Casule
Personalidade Anancástica (vídeo completo)
23 de abril de 2018
Simplicidade – Nossa Maior Riqueza - coaching -casule
Simplicidade – Nossa Maior Riqueza
25 de abril de 2018

Distimia: mau humor ou depressão?

Distimia- psicologia - casule

A sociedade moderna nos cobra que vivamos em busca da felicidade, seja através do emprego perfeito, um status, um carro novo, no relacionamento e/ou um padrão de vida que acabam gerando uma situação de estresse em diversas pessoas. Além dessas cobranças temos o fato de que é natural que em alguns dias ou situações nós estejamos mais irritados, de mau humor, tristes e/ou desanimados. Afinal, o meio em que estamos inseridos e os eventos que ocorrem em nosso dia a dia, nos afetam impossibilitando uma felicidade genuína por todo o dia.

Desta forma, diversas mudanças ou perdas que passamos ao longo de nossas vidas, podem gerar diversos transtornos psicológicos, e a Distimia é um deles.

O que caracteriza a Distimia?

A Distimia é uma forma crônica de depressão, ela possui uma intensidade mais leve, porém a sua duração de tempo é maior. O paciente com Distimia pode apresentar um humor deprimido, pessimismo, irritabilidade, dificuldade para tomar decisões, se sentir sem esperança, ter baixa produtividade, baixa  HYPERLINK “http://www.minhavida.com.br/temas/autoestima” \t “_blank” autoestima, grande mudança de peso e apetite (com ganho ou perda), insônia ou sono em excesso, dificuldade de concentrar, um sentimento geral de inadequação, estão constantemente reclamando e sentem-se incapazes de se divertir. A Distimia é identificada nos quadros de transtornos de humor pelo comportamento deprimido constante do paciente.

Por vezes associamos as características da Distimia como os traços de personalidade da pessoa. Desta forma, é comum rotularmos a pessoa como sendo mal humorado. E assim, pode ser que ela nunca receba o diagnostico e o tratamento correto.

Ainda se desconhecem as causas exatas da Distimia. Mas sabe-se que ela pode ter causas semelhantes à depressão tradicional: fatores biológicos, ambientais e genéticos.

 

Como a psicoterapia pode me ajudar?

Durante o processo de psicoterapia o paciente terá a possibilidade de aprender mais sobre os seus pensamentos, sentimentos, comportamentos e de que maneira eles estão influenciando a sua rotina e o seu humor. A psicoterapia também ajudará a desenvolver habilidades que o ajudarão a enfrentar de maneira mais saudável as situações do seu dia a dia, aprenderá a gerenciar melhor as situações de estresse que enfrentar; a psicoterapia também busca auxiliar o paciente a descobrir formas mais eficazes na sua tomada de decisão, melhorar sua capacidade assertiva, reduzir padrões de comportamento negativista, etc.

Quando devo buscar ajuda médica?

Diante de todas as cobranças, agitações e estresse da vida moderna, é completamente normal que nos sintamos, por vezes, tristes ou chateados em nosso dia a dia. No entanto, as pessoas diagnosticadas com Distimia, vivenciam esses sentimentos a maior parte do seu dia podendo se repetir por anos. A repetição desses sentimentos ao longo dos anos pode fazer com que as relações de trabalho, vida pessoal e relacionamentos sejam afetados.

É importante que, caso você perceba os sintomas de Distima e se eles estiverem causando prejuízos nas suas atividades diárias, busque ajuda de um profissional da saúde mental. Siga o tratamento de forma correta, não deixe de tomar a medicação, pratique alguma atividade física e não deixe de frequentar as sessões de psicoterapia.

Caso você se sinta dessa forma ou conheça alguém com essas características, não tenha receio de buscar ajudar de um psicólogo ou psiquiatra.

Comentários

comentários

Christina Daret
Christina Daret
Psicóloga, pós graduada em Terapia Cognitivo Comportamental. Apaixonada pela Psicologia e o atendimento clínico. Adora viajar e estar com a família.

Os comentários estão encerrados.

Marcar Consulta