Dificuldade ou transtorno de aprendizagem?

Dificuldade ou transtorno de aprendizagem?

Atualizado em 28/08/2017
Por Redatora Casule

Dificuldade ou transtorno de aprendizagem?

Atualizado em 28/08/2017
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Dificuldade ou transtorno de aprendizagem?

A confusão entre dificuldades e transtornos de aprendizagem é frequente. Porém, uma análise mais estruturada é fundamental, alterando formas de intervenção e prognóstico do caso

O desempenho escolar é uma preocupação constante para os pais, professores e alunos, uma vez que, além do crescimento acadêmico, está em jogo também a auto estima, planejamento do futuro e relações sociais do estudante. Esse processo nem sempre é fácil, e muitas vezes pode apresentar-se comprometido, seja por dificuldades ou pelos transtornos de aprendizagem.

Entender qual é a limitação presente na aprendizagem prejudicada é fundamental para a escolha da melhor intervenção e, consequentemente, para melhores resultados. Mas como diferenciar dificuldades na aprendizagem de transtornos de aprendizagem?

As dificuldades de aprendizagem englobam um variado grupo de problemas que podem alterar as possibilidades do aluno aprender, nem sempre relacionada com sua condição neurológica. Nesses casos, tais interferências partem de questões que podem incluir fatores familiares, fatores da própria escola ou fatores particulares do aluno. Esses últimos tratam-se de: problemas físicos (alterações visuais, auditivas, etc.), condições de saúde (doenças crônicas, hipotireoidismo, anemia, etc.) ou mesmo problemas psicológicos (baixa motivação, ansiedade social, insegurança, etc.).

terapia-online-casule-banner

O desempenho escolar pode sofrer interferência de quadros psicopatológicos, como o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), transtornos do espectro autista (TEA), deficiências intelectuais (DIs), transtornos de ansiedade, transtorno opositivo desafiador (TOD), dentre outros. São ainda fatores do aluno que podem comprometer os estudos: seu ciclo do sono, seus hábitos de estudos, uso de drogas, etc. Já os fatores referentes à família, que afetam a aprendizagem da pessoa, são: estressores no ambiente familiar, hábitos de leitura, condição socioeconômica, etc. E devem ser considerados ainda os fatores da escola, como: condição pedagógica, material didático, número de alunos por turma, condição do corpo docente, etc.

Já os transtornos de aprendizagem pressupõem alterações neurológicas nos circuitos cerebrais específicos de aprendizagem, dificultando habilidades como a escrita, leitura ou raciocínio lógico-matemático. São exemplos a dislexia e discalculia. Eles se apresentam desde estágios iniciais da alfabetização e não dependem de fatores externos para comprometer o desenvolvimento escolar. Nos transtornos de aprendizagem, a pessoa apresenta como sintoma a leitura de palavras de forma imprecisa ou lenta e com esforço, dificuldade para compreender o sentido do que é lido, dificuldades para ortografar, comprometimentos na expressão escrita, dificuldade para dominar o senso numérico e dificuldades no raciocínio.

Sendo assim, a principal diferença entre eles está no fato de dificuldades de aprendizagem estarem condicionadas a fatores externos, que interferem no desempenho na escola, enquanto os transtornos de aprendizagem são alterações neurológicas que afetam áreas especificas relacionadas à aprendizagem.  As avaliações neuropsicológicas são muito importantes no mapeamento desses comprometimentos e na diferenciação entre as dificuldades e os transtornos de aprendizagem

As dificuldades de aprendizagem necessitam de intervenções que buscam trabalhar os fatores desencadeantes e, se realizadas satisfatoriamente, a dificuldade diminui de modo significativo. Já as intervenções para os transtornos de aprendizagem são realizadas diretamente nas habilidades nas quais o aluno tem dificuldade, usando estratégias e métodos de ensino que ajudem na compensação das limitações decorrentes do transtorno.

A busca pela avaliação e ajuda adequada para cada caso pode ser o fator crucial para diminuir o comprometimento na área e evitar perdas mais significativas a longo prazo. Todos os aspectos (cognitivos, sociais, ambientais e psicológicos) devem ser levados em consideração e trabalhados para um melhor desenvolvimento do aluno. Profissionais de diferentes áreas, como neuropsicologia, psicologia, fonoaudiologia e psicopedagogia, em um trabalho interdisciplinar, são considerados as melhores indicações para casos de atrasos no desempenho escolar.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Dificuldade ou transtorno de aprendizagem?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Dificuldade ou transtorno de aprendizagem?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Dificuldade ou transtorno de aprendizagem?.

0 comentários

Como organizar as finanças do casal
Como organizar as finanças do casal

Como organizar as finanças do casal

A primeira coisa que é importante saber é que não existe o que é o ideal para todas as pessoas, ou seja, não há uma forma adequada que vá se encaixar na vida de todos casais. Por isso, é importante que você e seu parceiro(a) conversem e estabeleçam qual vai ser a forma de organização financeira que vai ser melhor para o caso de vocês. Mas, há quatro formas principais para organizar a vida financeira do casal
voce sabe pedir ajuda
Você sabe pedir ajuda?

Você sabe pedir ajuda?

Você provavelmente passou por alguma situação em que sentia que precisava de ajuda , mas não conseguiu pedir. Parece simples, mas muitas pessoas resistem a isso e para elas, pedir ajuda pode representar não só assumir a própria fragilidade, como a exposição dessa fragilidade para outras pessoas.
devo comer de 3 em 3 horas
Devo comer de 3 em 3 horas?

Devo comer de 3 em 3 horas?

Quando se inicia um processo de reeducação alimentar e/ou emagrecimento é muito comum associar “dieta” com o ato de comer de 3 em 3 horas, este tipo de analogia na prática clínica é algo recorrente. Entretanto, quando surge este tipo de questionamento a resposta é: depende.

Você é uma pessoa perfeccionista?

Já ouviu falar sobre o perfeccionismo? Sabia que a longo prazo ele pode causar muitos prejuízos para nossa saúde mental e pode ser fator de risco para transtornos de ansiedade, depressão, burnout e transtornos alimentares?
Leia mais
Você-é-uma-pessoa-perfeccionista

É possível haver relacionamentos abusivos entre pais e filhos?

Sim! É possível sofrer violência na relação entre pais e filhos. Aqui, neste texto, você entenderá mais sobre essa relação tóxica que pode acontecer desde a infância de quem passa por isso. Identificar um relacionamento abusivo na relação entre pai e filho não é nada fácil, considerando que o indivíduo passa por isso desde sempre e pode estar sendo manipulado a enxergar que os castigos e repreensões que sofre são normais devido ao seu mau comportamento.
Leia mais
É possível haver relacionamentos abusivos entre pais e filhos

Fui traído(a) e não consegui superar

É muito comum que pessoas decidam permanecer em um relacionamento mesmo após uma traição. A questão é que muitas vezes, a insegurança, a desconfiança e conflitos por causa disso tomam conta do relacionamento.
Leia mais
Fui-traído-e-não-consegui-superar

Síndrome da Boazinha: Você já ouviu falar sobre ela?

Você conhece alguém que sempre precisa da aprovação do outro, que se colocam em segundo plano, necessitam agradar todos ao redor e sentem dificuldade em dizer não, mesmo que não tenha tempo ou não tenha interesse para atender tais solicitações? Se sim, talvez você sofra com a “Síndrome da Boazinha”
Leia mais
Síndrome da Boazinha- Você já ouviu falar sobre ela

O que você precisa saber sobre timidez

Qual o limite entre a timidez natural e aquela que ultrapassa uma característica de personalidade mais reservada? Não devemos enxergar a timidez como algo ruim e que precisa ser tratada, a não ser que esteja causando prejuízos.
Leia mais
O-que-você-precisa-saber-sobre-timidez-BLOG

Esse texto é um resposta…

O que quer ser quando crescer? Com certeza você já ouviu algumas vezes esta pergunta quando era criança. Se é adolescente anda se perguntando sobre qual profissão seguir e tem se deparado com uma grande decisão que deverá tomar mais cedo ou mais tarde.
Leia mais
Esse texto é um resposta...

Por que me preocupo tanto?

Nós nos preocupamos com uma ampla variedade de coisas, desde tarefas mais simples do dia a dia, como não atrasar-se para um compromisso, até problemas mais graves e complexos.
Leia mais

O que faz um casamento dar certo ou dar errado?

O para sempre, sempre acaba! Homem não presta! Casou, acabou! Você já deve ter escutado e até ter sido vítima de alguma dessas crenças que nos são passadas de geração em geração. Mas será que são regras ou apenas crenças?
Leia mais
O-que-faz-um-casamento-dar-certo
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This