Você sabe como suprimir aquele hábito ruim - casule

Você sabe como suprimir aquele hábito ruim?!

Atualizado em 12/12/2017
Por Redatora Casule

Você sabe como suprimir aquele hábito ruim?!

Atualizado em 12/12/2017
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você sabe como suprimir aquele hábito ruim?!

Se sim, deixe nos comentários como você fez. Compartilhar esse tipo de conhecimento pode ajudar alguém rapidamente.

Se não, esse texto vai te proporcionar uma opção viável que conduzida por um profissional, um psicólogo, será possível que você consiga se livrar daquele hábito, tique, mania que você tem consciência que não te faz bem, mas que você não consegue parar.

A Técnica chamada: Reversão de Hábitos é um procedimento comportamental onde vamos substituir um hábito nocivo por outro inofensivo.

O primeiro passo é a conscientização do tique, o que faz com que a sua ocorrência se torne uma situação desagradável, podendo levar a sua supressão espontânea. A pessoa pode se engajar na realização de outro comportamento que concorre com o tique usando apenas o treino de conscientização. O paciente é instruído com o objetivo de aumentar sua consciência sobre o mesmo, podendo assim ponderar e perceber o quão nocivo é aquele hábito. O terapeuta procura, com a ajuda do paciente, identificar os tiques e descrevê-los do ponto de vista físico (Descrever o tique). Um espelho pode ajudar na auto-observação. É importante perceber em que momentos o tique é emitido, qual a sua frequência (Identificar o tique).

A técnica requer tempo e persistência, fatores fundamentais para qualquer mudança.

terapia-online-casule-banner

Em seguida é trabalhado com o paciente a identificação e o reconhecimento do momento que precede o tique. Para isto, é necessário que o paciente já conheça suas próprias sensações, sentimentos e pensamentos que antecedem o tique (Estado de Alerta), processo esse de fundamentalmente importância ter um suporte psicólogo para conseguir alcançar.

Passando assim para o próximo passo de desenvolver um comportamento competitivo ou concorrente com o tique: esse (Comportamento de competição) costuma ser alguma ação corporal de evitação do hábito, por exemplo: você pode colocar as mãos no bolso quando perceber que irá comer unha ou mesmo colocar uma bala/chiclete na boca para não colocar os dedos. Se você prática a Tricotilomania (se não conhece o termo, clique nesse link: Vídeo Tricotilomania) você pode apertar uma bolinha de fisioterapia ou mesmo outro objetivo que ocupe a sua mão até que a vontade passe. Buscando sempre identificar os comportamentos que não têm sido adequados às situações cotidianas (Revisar os comportamentos indesejáveis). Nessa etapa, terapeuta e paciente procuram, juntos, estimular o engajamento em comportamentos concorrentes com os indesejáveis.

Durante todo o processo sempre que o paciente consegue ficar um tempo sem emitir um tique ou mania, o terapeuta, assim como familiares e amigos, devem ressaltar a importância ou fornecer uma recompensa (elogio, presente, parabenizações, etc.) que sejam gratificantes para o mesmo, um reforço pelo êxito obtido (Enriquecer o suporte social).

 Conseguindo enfrentar os tiques dentro dos ambientes fechados (a casa do paciente, o consultório, a casa dos pais ou parceiro [a]) é preciso iniciar-se a fase de tentar fazer a mesma coisa em situações cotidianas do paciente: o trabalho; a academia; a faculdade, entre outros (Estimular a exposição pública). O terapeuta programa atividades e exercícios para que o controle dos tiques e comportamentos competitivos ocorra em novos ambientes e com diferentes pessoas, sempre buscando superar níveis de complexidades dos maus hábitos.

Por fim é válido ressaltar que existem 4 fatores fundamentais para colocar esse processo em prática: Treinamento de AutoconsciênciaTreinamento de Relaxamento (que o terapeuta ensinará para a pessoa relaxar em momentos de estresse extremo); Resposta Competitiva e Inclusão Social (ajuda e incentivo da família, professores e amigos). Todos aprendidos e elaborados, sempre, junto de um profissional qualificado que poderá te orientar e ajudar durante todo o processo.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Você sabe como suprimir aquele hábito ruim?!

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Você sabe como suprimir aquele hábito ruim?!, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Você sabe como suprimir aquele hábito ruim?!.

0 comentários

8 Dicas para melhorar a sua autoestima

8 Dicas para melhorar a sua autoestima

Tem dias que você acorda e não se sente satisfeito com o que é? Não consegue sentir orgulho do que faz e das suas conquistas? Tem dificuldade de enxergar seus pontos fortes e suas qualidades? Pois é, você pode estar com baixa autoestima e isso é muito comum de acontecer. Buscar meios para melhorar a autoestima é um grande passo. Seja através da leitura de um livro sobre o assunto, pesquisas, assistindo vídeos ou mesmo através da ajuda profissional.
5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

6 dicas para lidar com a traição

A descoberta de uma traição é capaz de transformar qualquer relacionamento amoroso, seja namoro ou casamento. A vida do casal pode mudar para melhor ou piorar consideravelmente, mas, com certeza, nunca mais será a mesma.
Leia mais

3 estratégias para controlar seu dinheiro

Ser positivo é algo muito bom, porém quando falamos de dinheiro, devemos ser realistas e conhecer bem a nossa própria condição financeira. Por isso, ter inteligência emocional nas finanças se torna algo tão importante.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Leia mais

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This