Vencendo o medo da solidão!

Atualizado em 22/10/2015
Por Redatora Casule

Vencendo o medo da solidão!

Atualizado em 22/10/2015
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Vencendo o medo da solidão!

casule-psicologia-medo-da-solidao

Não adianta fechar os olhos e tentar se esconder do próprio medo. Fingir que ele não existe, varrê-lo para debaixo do tapete, é mentir para si mesmo. O que é pior: em vez de assumir controle sobre essa emoção, ao se desligar do que acontece dentro de você, você fica sob controle do medo.

A única forma de vencer o medo é enfrentá-lo. Ao entrar em contato com ele, poderá transformá-lo em um amigo que sinalizará o que se passa no seu interior para aprender a transformá-lo em força e auto confiança.

O medo de estar só faz com que as pessoas entrem num processo de dependência dos outros.  Isso diminui gradualmente a capacidade de amadurecimento e de independência, fazendo com que o indivíduo torne-se cada vez mais inseguro, carente e despreparado para se relacionar de forma saudável com as pessoas.

 

O que este medo desencadeia? Como ele influencia o seu comportamento…

– ao sentir-se só e desprotegido(a), a tendência é sentir-se abandonado(a) pelo mundo e desvalorizado(a). Com isso, você tem dificuldade em acreditar em si mesmo(a) e de se dar importância. É o começo de um longo e profundo processo de auto-desvalorização e de auto-sabotagem. …

 

você se torna pegajoso(a) quando…

– temendo ser rejeitado e sentir-se desvalorizado e só, você se agarra a qualquer possibilidade de romance, mesmo que esta possibilidade só exista na sua cabeça. Começa a “pegar no pé” das pessoas que despertam o seu interesse (ou até de amigos) e acaba sendo visto como um tremendo chato …

 

terapia-online-casule-banner

você deixa de acreditar em si mesmo(a)

– com a auto-estima baqueada, a tendência é que o medo de não ser capaz de atrair alguém aumente. Isso pode levá-lo inconscientemente, a atrair pessoas e situações que confirmem essa crença na rejeição. O que acontece, é que você se sabota, fazendo escolhas erradas, que têm tudo para não trazer um final feliz.  Isso revela um processo neurótico, que tem como causa esse medo terrível da solidão. …

 

você passa a ter pensamentos negativos

– torna-se incapaz de nutrir bons sentimentos e pensamentos sobre si mesmo e sobre sua vida. Aquilo que acreditamos sobre nós mesmos se  confirma no mundo físico. A qualidade dos seus pensamentos, o pessimismo e a descrença que o dominam podem transformá-lo em uma pessoa desagradável, pesada e carente. Resultado: as pessoas fugirão de você. ..

 

 você atrai os “foras”

– isso acontece quando você já entra na batalha pronto pra perder. Faz tudo errado, sabota a si mesmo, age como um coitadinho rejeitado e sem valor. A mensagem que passa é a de falta, de carência. Quem é que gosta disso? …

 

você perde seu charme

– justamente por duvidar de sua capacidade de sedução ou de manter uma simples conversa agradável, sua tendência passa a ser a timidez e o retraimento. Você abandona a vaidade que leva alguém a ter cuidados com a aparência e acaba sentindo-se verdadeiramente incapaz de ser um parceiro amoroso. Não raro, acaba acreditando que está condenado a ser só. Preste atenção: você é quem se torna o autor da própria condenação.

 

FONTE:http://www.sucessopessoal.com.br/site/artigo.php?id=363&/relacionamento/vida-a-dois/vencendo-o-medo-da-solidao

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Vencendo o medo da solidão!

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Vencendo o medo da solidão!, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Vencendo o medo da solidão!.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como anda sua saúde mental
Como anda sua saúde mental?

Como anda sua saúde mental?

Você se percebe no dia-a-dia? Tem consciência de como está seu humor, sua disposição, sua energia, seus níveis de estresse, sua paciência, ou você simplesmente liga o piloto automático? Sabia que a forma como encaramos as situações, nossos hábitos e cuidados...

O seu choro é reprimido
O seu choro é reprimido?

O seu choro é reprimido?

Aperte o play para escutar este conteúdo. Quantas vezes você sentiu vontade chorar e escondeu? Talvez por vergonha, medo de alguém ver, se mostrar fraca(o) ou incapaz diante de alguma situação ou pessoa, não demonstrar os sentimentos, chorar as escondidas e...

7 expectativas que-você não deve ter em relação à terapia
7 expectativas que você não deve ter em relação à terapia

7 expectativas que você não deve ter em relação à terapia

A terapia é um processo complexo e depende de muitos fatores. Existem 7 expectativas que os pacientes costumam ter em relação a ela que podem dificultar o desenvolvimento do trabalho. É importante lembrar que terapia é sempre processo e os resultados não são instantâneos. Começar uma terapia é investir em si, logo, precisamos de tempo e dedicação para transformações duradouras e eficazes!
As crenças centrais podem ser modificadas_
As crenças centrais podem ser modificadas?

As crenças centrais podem ser modificadas?

As crenças centrais, também conhecidas como nucleares, são pensamentos sobre si, o outro e o mundo, que foram desenvolvidos desde a infância e fortalecidos ao longo da vida. Pode-se dizer que elas são o nível cognitivo mais profundo e enraizado que temos, por isso, muitas vezes não são questionadas, e sim, consideradas como verdades absolutas.

O desafio do xixi na cama

O contexto atual de pandemia envolvendo o isolamento social, uso excessivo de tecnologia e distanciamento da escola trouxe mudanças profundas na rotina das crianças e adolescentes. A escola sendo um espaço, para além da educação formal, de troca e interações contínuas, favorece o amadurecimento de aspectos muito importantes para o desenvolvimento saudável de uma criança/adolescente.
Leia mais
O desafio do xixi na cama

5 dicas para aumentar o amor-próprio

Você sabe o que é o amor-próprio e como nutri-lo dentro de si? Em uma escala de 0 a 10 quanto você se ama? Amor-próprio é quando conseguimos refletir sentimentos de amor a nós mesmos e estes resultam numa melhor qualidade de vida tanto física quanto psicológica. Se amar é olhar para dentro de si com bons olhos e enxergar verdadeiramente quem você é sem lentes externas.
Leia mais
5 dicas para aumentar o amor-próprio

Você trataria um amigo da mesma forma que você se trata?

Frequentemente, nos julgamos por cometer um erro, nos sentimos mal quando algo sai fora do nosso planejamento e somos extremamente críticos em relação as coisas que fazemos. Mas quando um amigo comete um erro, muitas vezes nos comportamos de forma gentil e o acolhemos, não é?!
Leia mais
Você trataria um amigo da mesma forma que você se trata?

Vício em celular e redes sociais existe???

Sim! Existe! Este tipo de dependência está relacionada a nomofobia, que é o medo de ficar sem o celular ou outros aparelhos eletrônicos, como o computador e o videogame e quanto maior a dependência, maior o medo de ficar sem esses aparelhos.
Leia mais
Vício em celular e redes sociais existe

5 Linguagens do Amor Próprio

Segundo Gary Chapman, existem 5 Linguagens do Amor. Mas, hoje eu gostaria que você identificasse a sua linguagem do amor e fizesse algo por você, combinado?
Leia mais
5 Linguagens do Amor proprio

Como se concentrar nos estudos?

Você tem dificuldades para concentrar nos estudos? Você planeja estudar 4 horas por dia e acaba estudando 20 min? Fique aqui que este texto é para você!
Leia mais
Como se concentrar nos estudos

Como dizer não sem magoar outra pessoa?

Muitas vezes queremos ou precisamos dizer não para os outros. O problema é que algumas pessoas não conseguem seja por timidez, insegurança ou acostumado a ser passivo durante um longo período da vida. Dizer não é difícil, mas é necessário.
Leia mais
Imagem capa post blog Aprenda a dizer não
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This