Síndrome de Estocolmo - casule

Síndrome de Estocolmo

Atualizado em 02/01/2018
Por Redatora Casule

Síndrome de Estocolmo

Atualizado em 02/01/2018
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Síndrome de Estocolmo

A Síndrome de Estocolmo é um estado psicológico particular caracterizado em situações de tensão, medo, intimidação em que a vítima passa a ter simpatia ou até mesmo sentimento de amor ou amizade perante o agressor.  A explicação vem do fato de que o instinto de sobrevivência da vítima, de forma irracional, acredita que precisa acatar às regras impostas pelo agressor para conseguir sair da situação da forma mais ilesa e menos dolorosa possível . Aos poucos a vítima passa a evitar comportamentos que desagradem esse agressor e passa a interpretar seus atos como gentis, educados ou supostamente simpáticos e amigáveis.  Dessa forma, ocorre uma desvinculação emocional da realidade perigosa na qual está inserida.

Ao evitar comportamentos que o desagrade, a vítima procura criar um ambiente com aspecto menor de “pavor” e maior de “civilidade”, e se em resposta o agressor se comporta de maneira confortável com aquela situação, a vítima começa a acreditar que, se está bem, viva, segura, é porque o agressor está lhe protegendo e não querendo o seu mal.

Em muitos casos, mesmo após a libertação, a vítima continua a alimentar um sentimento de afeição por tal pessoa; assim como em episódios de algumas mulheres que sofrem agressões de seus parceiros e continuam defendendo, amando e justificando seus atos.

terapia-online-casule-banner

Este quadro pode se desenvolver em vítimas de assaltos prolongados, sequestro, indivíduos que ficam submetidos à prisão domiciliar por familiares e também em vítimas de abusos pessoais. Um fato importante ligado a esse cenário é que nem sempre as vítimas desenvolvem essa síndrome ao final do ato de violência, apesar da mesma ser muito mais frequente do que costumamos imaginar.

Muitas vezes o tratamento se torna um momento difícil em função da maioria das vítimas não acreditar que tal situação possa realmente ter ocorrido com ela. A ajuda e o apoio emocional de amigos e familiares é de extrema importância nessa fase para que a pessoa que vivenciou tal situação de tensão, aos poucos, comece a identificar e compreender tudo o que vivenciou e, assim, enfrentar de maneira real o que se sofreu.

 

 

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Síndrome de Estocolmo

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Síndrome de Estocolmo, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Síndrome de Estocolmo.

0 comentários

Como anda sua saúde mental
Como anda sua saúde mental?

Como anda sua saúde mental?

Você se percebe no dia-a-dia? Tem consciência de como está seu humor, sua disposição, sua energia, seus níveis de estresse, sua paciência, ou você simplesmente liga o piloto automático? Sabia que a forma como encaramos as situações, nossos hábitos e cuidados...

O seu choro é reprimido
O seu choro é reprimido?

O seu choro é reprimido?

Aperte o play para escutar este conteúdo. Quantas vezes você sentiu vontade chorar e escondeu? Talvez por vergonha, medo de alguém ver, se mostrar fraca(o) ou incapaz diante de alguma situação ou pessoa, não demonstrar os sentimentos, chorar as escondidas e...

7 expectativas que-você não deve ter em relação à terapia
7 expectativas que você não deve ter em relação à terapia

7 expectativas que você não deve ter em relação à terapia

A terapia é um processo complexo e depende de muitos fatores. Existem 7 expectativas que os pacientes costumam ter em relação a ela que podem dificultar o desenvolvimento do trabalho. É importante lembrar que terapia é sempre processo e os resultados não são instantâneos. Começar uma terapia é investir em si, logo, precisamos de tempo e dedicação para transformações duradouras e eficazes!
As crenças centrais podem ser modificadas_
As crenças centrais podem ser modificadas?

As crenças centrais podem ser modificadas?

As crenças centrais, também conhecidas como nucleares, são pensamentos sobre si, o outro e o mundo, que foram desenvolvidos desde a infância e fortalecidos ao longo da vida. Pode-se dizer que elas são o nível cognitivo mais profundo e enraizado que temos, por isso, muitas vezes não são questionadas, e sim, consideradas como verdades absolutas.

O desafio do xixi na cama

O contexto atual de pandemia envolvendo o isolamento social, uso excessivo de tecnologia e distanciamento da escola trouxe mudanças profundas na rotina das crianças e adolescentes. A escola sendo um espaço, para além da educação formal, de troca e interações contínuas, favorece o amadurecimento de aspectos muito importantes para o desenvolvimento saudável de uma criança/adolescente.
Leia mais
O desafio do xixi na cama

5 dicas para aumentar o amor-próprio

Você sabe o que é o amor-próprio e como nutri-lo dentro de si? Em uma escala de 0 a 10 quanto você se ama? Amor-próprio é quando conseguimos refletir sentimentos de amor a nós mesmos e estes resultam numa melhor qualidade de vida tanto física quanto psicológica. Se amar é olhar para dentro de si com bons olhos e enxergar verdadeiramente quem você é sem lentes externas.
Leia mais
5 dicas para aumentar o amor-próprio

Você trataria um amigo da mesma forma que você se trata?

Frequentemente, nos julgamos por cometer um erro, nos sentimos mal quando algo sai fora do nosso planejamento e somos extremamente críticos em relação as coisas que fazemos. Mas quando um amigo comete um erro, muitas vezes nos comportamos de forma gentil e o acolhemos, não é?!
Leia mais
Você trataria um amigo da mesma forma que você se trata?

Vício em celular e redes sociais existe???

Sim! Existe! Este tipo de dependência está relacionada a nomofobia, que é o medo de ficar sem o celular ou outros aparelhos eletrônicos, como o computador e o videogame e quanto maior a dependência, maior o medo de ficar sem esses aparelhos.
Leia mais
Vício em celular e redes sociais existe

5 Linguagens do Amor Próprio

Segundo Gary Chapman, existem 5 Linguagens do Amor. Mas, hoje eu gostaria que você identificasse a sua linguagem do amor e fizesse algo por você, combinado?
Leia mais
5 Linguagens do Amor proprio

Como se concentrar nos estudos?

Você tem dificuldades para concentrar nos estudos? Você planeja estudar 4 horas por dia e acaba estudando 20 min? Fique aqui que este texto é para você!
Leia mais
Como se concentrar nos estudos

Como dizer não sem magoar outra pessoa?

Muitas vezes queremos ou precisamos dizer não para os outros. O problema é que algumas pessoas não conseguem seja por timidez, insegurança ou acostumado a ser passivo durante um longo período da vida. Dizer não é difícil, mas é necessário.
Leia mais
Imagem capa post blog Aprenda a dizer não
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This