Estou com dificuldades de atenção, o que devo fazer

Estou com dificuldades de atenção, o que devo fazer?

Atualizado em 16/07/2021
Por Redatora Casule

Estou com dificuldades de atenção, o que devo fazer?

Atualizado em 16/07/2021
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Estou com dificuldades de atenção, o que devo fazer?

Aperte o play para escutar este conteúdo.

Prestar atenção a algo nada mais é do que selecionar informações que julgamos importantes naquele ambiente e focarmos nelas.

Imagine um indivíduo que esteja em uma sala na qual possui um livro, um computador, um cachorro e um ventilador, qual desses estímulos você acha que atraíra sua atenção?

Qual seria o motivo de prestarmos atenção em algo e ignorarmos outras informações ambientais? Esse fato se explica pelo histórico de vida que reforçou o sujeito a se atentar a um fator ou objeto específico em detrimento a milhares de informações visuais, auditiva, táteis, olfativas.

 Uma criança que nasceu e cresceu convivendo com cães, sendo essa uma experiência agradável e feliz, irá “preferir” direcionar sua atenção a cães do que a flores. Nossos pais, amigos, meio social, cultura, influenciam diretamente nesse processo, podendo aumentar nossa curiosidade e interesse por algo, ou fazer que deixemos de nos atentar a determinada situação.

Além disso, não podemos esquecer que a percepção que instauramos sobre o mundo também tem grande valia no processo atencional. Abrirei um pequeno parêntese para explicar de maneira bem simplificada o que é de fato a percepção, para ficar mais entendível a ligação que ela tem com a nossa atenção.

A percepção é basicamente a forma em que interpretamos e enxergamos os eventos ocorridos em nossas vidas, atribuindo um valor único a eles. Agora podemos focar novamente no tema em questão. Existem tipos diferentes de atenção, sendo elas: atenção seletiva, atenção sustentada e atenção dividida. Nossos estados fisiológicos (sono, fome, dor), estados emocionais (tristeza, ansiedade, angústia, alegria) podem alterar significativamente a qualidade de nossa atenção. 

Uma noite mal dormida, níveis de ansiedade elevados, uma alimentação pobre em nutrientes são fatores que devem ser modificados se o nosso objetivo for aumentar o desempenho de nossas funções cognitivas. Sabemos que a falta de atenção é bastante danosa ao nosso cotidiano, já que com essa defasagem não conseguimos focar efetivamente em nossos estudos, em nossas tarefas de casa e até mesmo em nossos momentos de lazer.

terapia-online-casule-banner

 Além de a ansiedade patológica contribuir para a nossa desatenção, em múltiplas tarefas de nosso dia-a-dia, a depressão é outro transtorno psicológico que sabota esse item tão primordial em nossas vidas. A atenção do depressivo é focada em acontecimentos negativos ocorridos em inúmeros eventos, gerando recortes disfuncionais.

O viés atencional focado no negativo é algo que mantém o ciclo depressivo ativo. Enxergar as pessoas, o passado, o futuro, os acontecimentos que permeiam nossas vidas de uma forma ampla e menos enrijecida é algo que diminui nossa vulnerabilidade para o desenvolvimento de transtornos mentais. 

Quando sua atenção estiver demasiadamente norteada para fatores negativos e catastróficos pode ser um sinal de alerta que um acompanhamento psicológico está se tornando necessário.

“A dica do poder”, como diria minha irmã do meio, é cuidar bem de sua atenção, não deixando de se exercitar, se alimentar bem, ler livros, se engajar em conversas estimulantes e diminuir o modo multitarefas. Faça uma coisa de cada vez, assim você estará treinando sua atenção de forma correta.

Terapia Casule

A Casule é uma clínica que pensa na sua saúde e no seu bem-estar que atende de forma presencial e online. Isso faz que possamos cuidar de pessoas em qualquer parte do Brasil e do Mundo!

Venha nos conhecer! Marque uma conversa com nossos terapeutas clicando aqui!

Curtiu o texto? Fica a vontade para relaxar com a gente, conheça nossos áudios de relaxamento, é GRÁTIS!

Compartilhe também a Casule em suas redes sociais, InstagramFacebook e Youtube.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Estou com dificuldades de atenção, o que devo fazer?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Estou com dificuldades de atenção, o que devo fazer?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Estou com dificuldades de atenção, o que devo fazer?.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quando a rede social deixa de ser um prazer e impacta sua saúde emocional

Atualmente, as redes sociais são uma grande forma de interação social, nos conectando a amigos, familiares e pessoas do mundo todo. Auxiliam também na compra e venda de produtos, e contribuem para a disseminação de informações. Mas, mesmo com todas essas vantagens, as redes sociais também podem ser um ambiente bem tóxico.
Leia mais

AVALIAÇÃO PARA CIRURGIA BARIÁTRICA: entenda porque não pode ser realizada em uma única sessão

A avaliação para cirurgia bariátrica é um processo que consiste na utilização de diversas ferramentas para avaliar o paciente e possibilitar a elaboração do laudo. E como todo processo, não é viável ser realizado em uma única sessão, pois uma série de requisitos precisa ser cumprida para zelar pelo cuidado e segurança do paciente, além da fidedignidade do resultado.
Leia mais

Você já parou para pensar no seu propósito de vida?

A autocobrança excessiva é entendida como uma super exigência que fazemos para nos disciplinar a alcançar um determinado objetivo. Porém, como o próprio nome já diz, a autocobrança é uma pressão interna, uma “voz” interna que é extremamente exigente com você e que não minimiza a cobrança apesar de qualquer situação.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

A autocobrança excessiva é entendida como uma super exigência que fazemos para nos disciplinar a alcançar um determinado objetivo. Porém, como o próprio nome já diz, a autocobrança é uma pressão interna, uma “voz” interna que é extremamente exigente com você e que não minimiza a cobrança apesar de qualquer situação.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This