A internet como vício

Atualizado em 21/07/2016
Por Redatora Casule

A internet como vício

Atualizado em 21/07/2016
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A internet como vício

Os avanços da tecnologia da comunicação trouxeram profundas mudanças geradas pela introdução

e difusão da internet no cotidiano das pessoas.

terapia-online-casule-banner

Muitos estudiosos dedicam-se a compreender os efeitos da penetração da rede e o seu papel transformador. O vício em internet pode causar danos físicos, emocionais e comportamento de dependência. A forma de utilizar a internet é determinante para definir se o indivíduo é viciado ou não.

Os sintomas físicos mais comuns aos viciados em internet são taquicardia, boca seca, sudorese e tremedeira. O tempo excessivo diante do computador pode provocar comprometimento da postura, lesões por esforço repetitivo, obesidade ou subnutrição, e prejuízo para a visão devido à luminosidade do monitor e ao esforço ocular.

Os sintomas psíquicos podem ser déficit de atenção, dificuldade para se organizar, definir prioridades e angústia por estar longe do computador.

A redução das horas de sono para ficar diante do computador pode comprometer o rendimento escolar, profissional e social.

Algumas características são comuns aos viciados em internet:

1- Preocupação: quando está off-line, o viciado fica constantemente preocupado com a internet.

2- Necessidade: a utilização da internet é contínua e cada vez maior, como forma de satisfazer sua necessidade crescente de estar conectado.

3- Irritabilidade: quando pressionado para reduzir seu tempo na internet apresenta irritação e dificuldade de aceitação.

4- Fuga: a internet pode ser uma forma de fugir de problemas ou de aliviar sentimentos como culpa, ansiedade, impotência ou depressão.

5- Mentira: para não revelar a extensão do seu envolvimento com a rede, o viciado tem o hábito de mentir para pessoas próximas, quando questionado.

6- Prejuízos: devido ao excesso de tempo na internet, compromete sua vida social e profissional, pois evita compromissos off-line.

7- Lesões: o uso prolongado do computador pode causar problemas nas articulações utilizadas para a digitação, causando lesões por esforço repetitivo (LER).

8- Apatia: não se interessa por atividades desenvolvidas fora da rede.

9- Sonho: a compulsão ao uso da internet provoca a sensação de estar vivendo um sonho.

10- Tempo: o tempo exagerado de conexão e a má qualidade dos conteúdos selecionados são uma constante na vida do viciado.

O vício em internet é apenas uma ponta do iceberg na relação entre o homem e as máquinas por ele criadas. Muitos problemas podem surgir pelo avanço da tecnologia.

Para fugir dessa armadilha é importante priorizar o tempo e o esforço dedicados a pessoas e atividades que possam trazer crescimento pessoal. O equilíbrio de nossas ações é fundamental para dar resposta às transformações que o mundo contemporâneo exige.

FONTE:http://www.maisequilibrio.com.br/bem-estar/a-internet-como-vicio-7-1-6-631.html

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

A internet como vício

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre A internet como vício, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: A internet como vício.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

3 estratégias para controlar seu dinheiro

Ser positivo é algo muito bom, porém quando falamos de dinheiro, devemos ser realistas e conhecer bem a nossa própria condição financeira. Por isso, ter inteligência emocional nas finanças se torna algo tão importante.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Leia mais

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This