Cultivar-a-esperança-em-tempos-de-crise-blog-casule

Cultivar a esperança em tempos de crise

Atualizado em 20/05/2020
Por Mariana Fonseca

Cultivar a esperança em tempos de crise

Atualizado em 20/05/2020
Por Mariana Fonseca
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Cultivar a esperança em tempos de crise

A esperança tem sido considerada um dos elementos essenciais da vida humana e, em tempos difíceis e desafiadores como esse que estamos enfrentando, cultivar a esperança certamente nos fará experimentar momentos mais leves em meio à tantas turbulências, medos e incertezas que um cenário de pandemia pode nos trazer, reduzindo, dessa forma, um pouco do nosso mal-estar. 

Trata-se de um estado emocional positivo constituído pela energia dirigida para a construção de objetivos e o planejamento para atingir os mesmos, fatores que não necessariamente se encontram sempre presentes, mas que precisam ser aprendidos, criados, renovados e cultivados. Quando não há mais nada nada vida, é a esperança que nos faz continuar e, por mais que o nome nos faça pensar, ter esperança não significa apenas esperar, mas acreditar e ir atrás, não desistir. Movimentar-se e motivar-se para novos caminhos e objetivos, o que nos permitirá promover uma mudança de vida, restaurar nosso auto controle, nossa habilidade em solucionar problemas, nossa afetividade e nosso otimismo.

terapia-online-casule-banner

Mesmo quando tudo parece perdido, através da esperança temos a capacidade de perceber que podemos mais. Pessoas com elevados níveis de esperança conseguem pensar em múltiplas alternativas para atingir seus objetivos e possuem, ao mesmo tempo, confiança na sua eficácia e maior flexibilidade para se adaptar diante do surgimento de obstáculos. 

Como costumo dizer durante meus atendimentos, se esperamos que algo vai dar errado e nos colocamos numa posição passiva, encolhidos no medo e na ansiedade, que de fato nos fazem imaginar um futuro negativo, a probabilidade de que isso aconteça é muito maior do que quando imaginamos um futuro alternativo, traçamos um plano de ação e nos movimentamos para atingi-lo. Mesmo que não seja um caminho fácil, deixamos que a esperança nos motive e nos tornamos protagonistas de nossas histórias.

Busque pelas coisas que lhe proporcionam maior satisfação com a vida, procure manter pensamentos positivos e objetivos claros e bem definidos para que se tenha sempre um norte, um lugar aonde se queira chegar. Permita-se “desligar-se” do caos em alguns momentos e voltar o pensamento para você mesmo, identificando cada aspecto importante do seu dia, cada desejo e motivo para prosseguir. Exercite e cultive a esperança!

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Cultivar a esperança em tempos de crise

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Cultivar a esperança em tempos de crise, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Cultivar a esperança em tempos de crise.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como tratar a Fobia Social
Como tratar a Fobia Social

Como tratar a Fobia Social

A ansiedade ou fobia social é quando a pessoa no contato social, no contato com o outro tem o seu objeto fóbico de medo, de ansiedade. Assim, qualquer circunstância que ela precise se expor a uma situação social desde as mais simples, como por exemplo, cumprimentar alguém, fazer ou receber um elogio, ela já sente uma ansiedade extrema e com sintomas físicos.
Fome fisiológica versus Fome emocional
Fome fisiológica x Fome emocional

Fome fisiológica x Fome emocional

Não é incomum se deparar com situações e períodos estressantes na vida da maioria das pessoas e uma das primeiras consequências é sair da dieta. Por essa razão a fome fisiológica (homeostática) muitas vezes pode ser confundida com a fome emocional (hedônica). E como diferenciá-las?

O tripé da Autoestima?

Autoestima é um dos assuntos mais falados no momento. E, apesar de aparecer sempre muito atrelado à autoimagem (forma como o indivíduo se enxerga), ela é muito mais que isso.
Leia mais
O tripé da Autoestima

Dicas para lidar com a insônia

Você sabia que os nossos comportamentos e atitudes durante o dia estão totalmente ligados com o nosso sono? Por isso, nesse vídeo, abordei quais são os tipos de insônia, e sugeri algumas mudanças para que você pode adaptar a sua rotina, e como consequência, melhorar a qualidade do seu sono.
Leia mais
Dicas-para-lidar-com-a-Insônia

Objetivos da Orientação Profissional

A Orientação Profissional é um processo de avaliação que auxilia qualquer pessoa, independente da idade, a escolher uma faculdade ou um curso profissionalizante, e até mesmo mudar de carreira.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This