Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida

Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida?

Atualizado em 02/04/2021
Por Redatora Casule

Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida?

Atualizado em 02/04/2021
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida?

Aperte o play para escutar este conteúdo.

A maneira como vivemos hoje está muito relacionada à nossa história de vida, as nossas experiências passadas, ao que nos foi dado e ao que nos faltou na nossa infância. Por isso não é estranho encontrarmos pessoas que não vivem como adulto saudável, mas sim como uma crinaça ferida.

No entanto, conforme vamos crescendo, precisamos aprender a desenvolver nossa maturidade emocional. Isso significa que precisamos ter controle sobre nossas emoções, comportamentos e olhar para as adversidades de forma mais realista e objetiva. Nesse texto, eu vou explicar as principais características do adulto saudável. São elas:

1. Não culpa o outro pelo seu próprio fracasso

A autorresponsabilidade é a capacidade tanto racional quanto emocional de nos responsabilizarmos pela nossa própria vida. Isso significa que você não é mais vítima da sua história, e sim o único(a) responsável pela própria vida. De fato, talvez você tenha sido vítima em algum momento da sua vida, mas se você não olhar pra isso de uma forma diferente, você vai continuar sendo vítima por toda vida.

As crianças, não precisam assumir muitas responsabilidades, pois não tem recursos suficientes para isso. Fazer os deveres da escola e arrumar a cama, por exemplo, já são grandes responsabilidades para elas. Mas, conforme vamos crescendo, nossas responsabilidades vão aumentando e vamos aprendendo a lidar com elas da melhor forma possível.

Portanto, assuma a responsabilidade pelas suas escolhas, palavras, pensamentos, sentimentos e comportamentos e assuma a responsabilidade pelas consequências de cada um deles. Pare de culpar o mundo por algo que agora você tem recursos para fazer diferente.

2. Pensa no prazer a longo prazo e não no prazer imediato

A criança não tem muita noção de tempo. Então, geralmente quando elas querem algo, elas querem pra ontem. Por exemplo, se você diz a uma criança que ela tem uma moeda e, se ela não gastar agora, ela vai ter duas na semana que vem, ela provavelmente não vai entender. Ela vai querer gastar com qualquer coisa porque ela não tem noção de quando é a semana que vem e, para elas a semana que vem pode demorar muito. E, quando não são atendidas, elas choram, fazem birras. Mas, elas precisam ser ensinadas que nem tudo vai ser da forma como elas querem ou no tempo que elas esperam. 

Já enquanto adulto temos noção de tempo e precisamos ter também a habilidade de negociarmos com nós mesmos de maneira que tenhamos autocontrole para abrir mão das coisas imediatas em prol de algo melhor no futuro. O imediatismo te leva cada vez mais à frustração, pois muito provavelmente se você não consegue negociar consigo mesmo(a) dificilmente conquistará algum objetivo de longo prazo.

3. Compreende que os erros fazem parte do processo

A insegurança está relacionada ao medo de errar, de ser rejeitado(a), de não ser bom(a) o suficiente, de não agradar ou de não atender às expectativas alheias. O problema da insegurança é que ela faz com que a gente acredite na ilusão de que estamos nos protegendo quando evitamos as situações, deixamos de experimentar as coisas novas, não queira encarar os desafios. No entanto, viver dessa forma é viver de maneira limitada. 

4. Não perde tempo olhando para a grama do vizinho

A raiz da comparação é a falta de autoconhecimento. Se você não se conhece, não toma posse da sua história você facilmente cai na armadilha da comparação e ela é a maior inimiga da sua autoestima. Quando nos comparamos geralmente pegamos a nossa fraqueza com a força do outro. E, sim, em algum momento você vai se deparar com pessoas que são melhores que você em alguma coisa, mas tenha certeza de que em algum momento você também será melhor que alguém em algo, afinal somos todos diferentes. 

terapia-online-casule-banner

O que posso fazer para ter maturidade emocional e sair da criança ferida?

Perdoe o seu passado, as pessoas que te magoaram e se perdoe

Não tem como mudar o que passou, as pessoas que te magoaram, mas o que você faz com isso sim, só você pode mudar. Se possível escreva uma carta do perdão. Você não precisa entregar essa carta a ninguém, você só precisa deixar que esses sentimentos vão embora porque eu tenho certeza que está sendo pesado demais pra você carregar.

Estabeleça pequenas metas e treine para cumpri-las

A grande diferença entre o adulto e a criança é que o adulto faz o que é importante ser feito e não apenas o que tem vontade de fazer. Será que você tem feito o que precisa ser feito ou você tem feito apenas o que tem vontade?

Se posicione frente aos desafios

Pense alguma coisa que você quer muito fazer, mas por algum motivo você tem medo, seja medo de errar ou de ser julgado(a). Agora, qual o primeiro passinho, por menor que seja que você pode começar a dar hoje para ficar um pouquinho mais perto disso? Comece a fazer isso.

Autoconhecimento

O autoconhecimento pode ser feito de forma simples identificando quais as suas qualidades, vulnerabilidades, valores, medos, sonhos? Mas, nem sempre é um processo fácil. Portanto, se sentir a necessidade busque um profissional.

Por fim, entenda que para você viver como um adulto saudável, compreenda que quando você admira os outros, você não precisa duvidar de você. 

Terapia Casule

A Casule é uma clínica que pensa na sua saúde e no seu bem-estar que atende de forma presencial e online. Isso faz que possamos cuidar de pessoas em qualquer parte do Brasil e do Mundo!

Venha nos conhecer! Marque uma conversa com nossos terapeutas clicando aqui!

Curtiu o texto? Fica a vontade para relaxar com a gente, conheça nossos áudios de relaxamento, é GRÁTIS!

Compartilhe também a Casule em suas redes sociais, InstagramFacebook e Youtube.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Você tem vivido como adulto saudável ou como uma criança ferida?.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas para melhorar a concentração

A técnica de autoinstrução é utilizada na psicoterapia para ampliar a atenção em certos eventos, diminuir a impulsividade e aumentar o controle verbal para pessoas que possuem TDAH ou outras demandas.
Leia mais

Como desenvolver o autoconhecimento

O autoconhecimento é muito importante em todos os aspectos da nossa vida. Por isso, nesse vídeo eu trouxe alguns pontos que podem te ajudar a desenvolver o autoconhecimento.
Leia mais
Como desenvolver o autoconhecimento

Sinais de um relacionamento abusivo

Quando conhecemos alguém no início tudo são flores e amores, porém, com a convivência vem as brigas, os desentendimentos, as discordâncias... Mais até aí tudo bem, afinal, todo relacionamento tem dessas coisas, não é mesmo?
Leia mais
Aprenda a identificar um relacionamento abusivo

4 dicas para criar mais intimidade no seu Relacionamento

A intimidade nos relacionamentos é o resultado de uma série de interações entre duas pessoas onde são reveladas informações pessoais sobre aspectos centrais de suas vidas, ao mesmo tempo que ocorre uma atitude de validação e acolhimento por parte de quem recebe essas informações.
Leia mais
intimidade no relacionamento

Família tóxica: será que você vive em uma?

Viver com familiares tóxicos trazem diversos problemas a nossa saúde, muitas vezes são pessoas negativas que agem "sem perceber" e que acabam com nossa saúde mental. Neste vídeo, trouxe estratégias para te ajudar a conviver com uma família toxica.
Leia mais
Familia tóxica BLOG
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This