Participação excessiva da família pode prejudicar seu relacionamento!

Atualizado em 07/03/2016
Por Redatora Casule

Participação excessiva da família pode prejudicar seu relacionamento!

Atualizado em 07/03/2016
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Participação excessiva da família pode prejudicar seu relacionamento!

O bom relacionamento com as famílias é um ponto importante para casais que pretendem viver uma história longa e feliz. Ser bem aceito pelos parentes do parceiro é fundamental para evitar muitos problemas. Todo excesso, no entanto, é negativo. Quando a família participa demais do relacionamento, o casal perde espaço e privacidade. A situação é tão frequente que diversos filmes abordam o tema, como “A Sogra”, em que Jennifer Lopez vive uma jovem obrigada a lidar com a tortura emocional imposta pela mãe do namorado, interpretada por Jane Fonda, e a trilogia “Entrando Numa Fria”, em que o ator Ben Stiller sofre com a espionagem do sogro, um agente aposentado da CIA vivido por Robert De Niro.

Nem sempre uma família que interfere demais quer o fim do relacionamento.muitas questões começam antes mesmo do namoro. “Cada família tem uma expectativa em relação ao parceiro dos filhos. Quando alguém que não corresponde a elas é apresentado, os problemas surgem”, diz a especialista.

terapia-online-casule-banner

É quando os parentes iniciam um processo inconsciente para “consertar” as diferenças do recém-chegado. “A mãe do menino sempre espera que ele arrume uma namorada idealizada e quase sempre se frustra com a escolha”. A principal preocupação das mães é que a garota não consiga cuidar do filho do mesmo modo que ela cuida. Os pais de meninas, por outro lado, querem um homem que consiga oferecer o máximo possível à filha e à família que poderão construir, além de ser respeitoso e honesto. “Essas relações são culturais, por isso o momento de apresentar namorados sempre será delicado”Os homens são mais viscerais nessas horas e não conseguem esconder as desconfianças”.

Para a psicóloga Renata Almiento, muitas pessoas têm medo de magoar a família, por isso aceitam situações inadequadas. “As relações com a família exigem o mesmo respeito e ética que os demais relacionamentos. Isso significa que a pessoa precisa estabelecer limites razoáveis e propor o diálogo sempre que se sentir desconfortável”, afirma. Para ela, muitos problemas podem ser evitados com uma preparação para recepcionar o namorado. “Os filhos precisam explicar para os pais quem é o parceiro, de onde ele vem e quais são as principais diferenças culturais”, diz.

Muitas pessoas cometem erros ao imaginar que a família não aprovará o namorado por alguma diferença, por isso não mencionam o assunto. Quando ela vem à tona, vira uma bola de neve. “Se a pessoa sabe que os pais têm valores divergentes do parceiro, a pior alternativa é tentar ignorar isso”, diz Renata. Quando o casal conversa abertamente sobre essas dificuldades, é mais fácil superar ou conviver com as cobranças e desaprovações. Um outro caminho é procurar terapia e aprender novas maneiras de lidar com essas situações. Abaixo, algumas das situações mais vividas pelos casais.

 FONTE: 

http://mulher.uol.com.br/comportamento/noticias/redacao/2012/05/10/participacao-excessiva-da-familia

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Participação excessiva da família pode prejudicar seu relacionamento!

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Participação excessiva da família pode prejudicar seu relacionamento!, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Participação excessiva da família pode prejudicar seu relacionamento!.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 Dicas para melhorar a sua autoestima

8 Dicas para melhorar a sua autoestima

Tem dias que você acorda e não se sente satisfeito com o que é? Não consegue sentir orgulho do que faz e das suas conquistas? Tem dificuldade de enxergar seus pontos fortes e suas qualidades? Pois é, você pode estar com baixa autoestima e isso é muito comum de acontecer. Buscar meios para melhorar a autoestima é um grande passo. Seja através da leitura de um livro sobre o assunto, pesquisas, assistindo vídeos ou mesmo através da ajuda profissional.
5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

6 dicas para lidar com a traição

A descoberta de uma traição é capaz de transformar qualquer relacionamento amoroso, seja namoro ou casamento. A vida do casal pode mudar para melhor ou piorar consideravelmente, mas, com certeza, nunca mais será a mesma.
Leia mais

3 estratégias para controlar seu dinheiro

Ser positivo é algo muito bom, porém quando falamos de dinheiro, devemos ser realistas e conhecer bem a nossa própria condição financeira. Por isso, ter inteligência emocional nas finanças se torna algo tão importante.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Leia mais

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This