Automutilação.

Atualizado em 09/05/2016
Por Redatora Casule

Automutilação.

Atualizado em 09/05/2016
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Automutilação.

Automutilação é um comportamento agressivo, mesmo em algumas situações onde as pessoas fiquem “distraidamente” cutucando sua própria pele a ponto de sangrar e digam que não perceberam o que estavam fazendo pode ser que este ato seja um reflexo de conteúdos internos mais significativos.

Algumas pessoas se cortam intencionalmente, usam laminas e estiletes e podem até sentir um certo prazer em ver a própria pele aberta e sangrando.

O quadro clínico mais comum onde a automutilaçãoaparece é o Transtorno de Personalidade Borderline. O borderline faz parte de um quadro de transtorno de personalidade, isso significa que dificilmente tenha adquirido o transtorno devido à traumas de infância, mas é possível que situações fortes e traumáticas, como abandono ou rejeição, tenham fragilizado ainda mais, mas o transtorno de personalidade faz parte desta pessoa independente de sua vivências.

A auto agressão, associada ou não ao Transtorno Borderline, pode estar demonstrando uma raiva muito intensa e contida. Esta raiva pode ter ou não razões lógicas, ou seja, é possível que esta pessoa considere que foi magoada por pessoas e situações mas em uma análise mais apurada é possível averiguar  que não foram cruéis de verdade, como por exemplo ter esperado demais por um amigo que marcou encontro e teve que se atrasar mas ainda assim ligou para avisar.

Outras vezes a automutilação pode vir da sensação de autopunição. Muitos se considerem terrivelmente maus e merecedores de dor e marcas na pele. O incrível é que nem sempre esta pessoa causou danos proporcionais à mutilação que impõe a si mesmo, chegam a terpensamentos de terem sidos filhos muito maus porque deram trabalho aos seus pais, porque choraram à noite quando bebês, etc.

terapia-online-casule-banner

O que também é possível de ocorrer é a automutilação pela impossibilidade de agredir a outra pessoa que seria o objeto de ódio. Talvez por medo da retaliação ou por perceber, mesmo que inconscientemente, que a esta pessoa não mereça ser punida ainda assim não consegue se livrar do impulso da agressão e volta para si mesmo o comportamentoautomutilador.

Por ultimo temos a possibilidade de que a pessoa que mutila seu próprio corpo estejatentando sentir “algo”. Esta pessoa pode ter tamanha dificuldade em entrar em contato com seus sentimentos que não percebe qualquer sensibilidade em si mesmo, e na tentativa desesperada de sentir, machuca seu corpo.

Em todos estes casos estamos diante de alguém que precisa e merece ser atendido.

FONTE:http://blog.opsicologo.com.br/2011/06/automutilacao.html

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Automutilação.

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Automutilação., você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Automutilação..

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

Entenda o caso: mulher flagrada com mendigo

A notícia do envolvimento de uma mulher com um morador de rua trouxe muita repercussão na mídia. A mulher foi extremamente exposta e o morador de rua infelizmente teve "dias de glória". Mas o que pode explicar esse surto que a mulher teve? Neste vídeo, a Dra. Cristiane Schumann levanta algumas hipóteses e explica o que é transtorno bipolar do humor com sintomas psicóticos, em estado hipomaníaco. Lembrando que o mais importante é que saúde mental da mulher seja reabilitada e as pessoas esqueçam rápido o que aconteceu e a ajude nesse processo de recuperação.
Leia mais

Perigo! Exercícios em excesso

Neste vídeo, a Dra Cristiane Schumann fala sobre vigorexia. Um transtorno onde já uma distorção da imagem corporal e a pessoa tende a se ver menos “forte” do que ela realmente é. Com isto, há uma necessidade constante por musculação, atividade física em busca de um corpo muscularmente perfeito.
Leia mais

A importância de dizer ‘não’

Você é o amigo bonzinho que diz sim pra todo mundo? Muitas pessoas apresentam essa dificuldade de dizer não e isso pode atrapalhar nossa vida de várias maneiras. Nesse vídeo eu vou te mostrar a a importância de dizer não e te ajudar a falar sim pra você mesmo!
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This