Autofobia – medo de ser deixado(a)

Atualizado em 23/02/2016
Por Redatora Casule

Autofobia – medo de ser deixado(a)

Atualizado em 23/02/2016
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Autofobia – medo de ser deixado(a)

Muitos indivíduos procuram terapia por causa do medo do abandono (autofobia) e questões relacionadas a ele. O medo do abandono é uma fobia caracterizada por extrema dependência dos outros. Ela é comumente vista em adultos e crianças que também são diagnosticadas com transtornos de personalidade borderline. Essas pessoas vivem no medo constante de que seu “mundo entrará em colapso” se seus protetores ou entes queridos abandoná-los.

Medo do abandono pode levar a diferentes problemas que podem causar danos tanto para o doente como para seus entes queridos. Muitas vezes, a autofobia tende a ameaçar ou sabotar suas relações com declarações como “Eu vou deixá-lo antes de me deixar” ou “Você ama eles mais do que eu” ou “Você nunca me amou” e assim por diante. Esta fobia também pode levar a violência doméstica: quebrar ou destruir propriedade ou até mesmo a ferir fisicamente outras pessoas.

Causas da autofobia

Os médicos acreditam que, na maioria dos casos, o medo do abandono (fobia) decorre de traumas de infância quando um pai ou responsável se vai, decorrente de um divórcio (ou morte).Mesmo na idade adulta, o doente continua a acreditar e temer que cada pessoa significativa em sua vida vai abandoná-lo de uma forma similar. Assim, a autofobia decorre de comportamento aprendido com as experiências da infância.

Abandono na infância pode ser físico, emocional ou financeiro. Tudo isso pode ser traumático para a criança. Morte de um pai ou mãe dá origem a vários sentimentos avassaladores seguidos por dificuldades financeiras, mudança de estilo de vida, mudança de casa etc. Isso aprofunda o trauma ainda mais.

Às vezes, o medo do abandono pode surgir subitamente na idade adulta, quando se está financeiramente ou emocionalmente dependente de outro adulto, que morre ou se vai, levando à perda significativa de apoio financeiro e emocional.

Os indivíduos com deficiência adrenal ou aqueles com uma tendência geral no sentido de ser excessivamente ansiosos ou ‘tensos’ também são mais propensos a sofrer de tal fobia.

terapia-online-casule-banner

Os sintomas do medo do abandono (fobia)

Autofobia varia em grau e intensidade levando a diferentes níveis de sintomas. Os principais sintomas do medo de ser abandonado são:

  • Raiva
  • Ciúme
  • apreensão
  • Evitar a intimidade ou relacionamentos
  • Depressão
  • Ansiedade e ataque de pânico
  • sintomas como agitação, tremores, náuseas, dores de cabeça, desconforto gastrointestinal, aumento da freqüência cardíaca, respiração rasa ou rápida com a ideia de ser deixado sozinho.

Estes efeitos psicológicos são vistos em todos os aspectos da vida do doente a um ponto em que podem impactar suas relações sociais, profissionais e íntimas:

  • Um cônjuge constantemente suspeita que seu / sua parceiro (a) tem um caso.
  • Um pai autofóbico não permite que seu filho forme relacionamentos íntimos.
  • Um parceiro constantemente envia mensagens / chamadas ou textos para outro.
  • Atende ligações no celular de outra pessoa ou outras coisas onde não é convidado.
  • Persegue ex-cônjuge depois de um divórcio.

Autofobia – tratamento / Como vencer o medo do abandono

Uma grande parte do tratamento para autofobia está em desenvolver amor próprio e confiança nas habilidades individuais. É preciso também discutir de antemão todas as nossas necessidades antes de formar relacionamentos íntimos.

Encontrar um ‘porto seguro e calmo” é uma técnica recomendada para superar esta fobia. Este é melhor feito através da visualização positiva e afirmações, bem como a meditação e outras técnicas mente-corpo.

Família ou entes queridos de pessoas que sofrem de autofobia também desempenham um papel importante na terapia. Familiares precisam ser firmes e não ceder às exigências dos fóbicos, especialmente aquelas que não são saudáveis ​​para eles. Se a pessoa se sente fisicamente ameaçada pelo indivíduo, é melhor ficar longe e obter ajuda da polícia. Discutir com essa pessoa pode piorar as coisas e não levar a nenhum resultadopositivo.

A hipnoterapia é uma terapia testada e comprovada para o tratamento da autofobia. Ela busca a raiz do problema e ajuda a reprogramar os pensamentos subconscientes para ajudar a dissipar e curar o medo do abandono.

FONTE:http://psicoativo.com/2015/12/autofobia-medo-do-abandono-sintomas-causas-tratamentos.html

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Autofobia – medo de ser deixado(a)

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Autofobia – medo de ser deixado(a), você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Autofobia – medo de ser deixado(a).

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quando a rede social deixa de ser um prazer e impacta sua saúde emocional

Atualmente, as redes sociais são uma grande forma de interação social, nos conectando a amigos, familiares e pessoas do mundo todo. Auxiliam também na compra e venda de produtos, e contribuem para a disseminação de informações. Mas, mesmo com todas essas vantagens, as redes sociais também podem ser um ambiente bem tóxico.
Leia mais

AVALIAÇÃO PARA CIRURGIA BARIÁTRICA: entenda porque não pode ser realizada em uma única sessão

A avaliação para cirurgia bariátrica é um processo que consiste na utilização de diversas ferramentas para avaliar o paciente e possibilitar a elaboração do laudo. E como todo processo, não é viável ser realizado em uma única sessão, pois uma série de requisitos precisa ser cumprida para zelar pelo cuidado e segurança do paciente, além da fidedignidade do resultado.
Leia mais

Você já parou para pensar no seu propósito de vida?

A autocobrança excessiva é entendida como uma super exigência que fazemos para nos disciplinar a alcançar um determinado objetivo. Porém, como o próprio nome já diz, a autocobrança é uma pressão interna, uma “voz” interna que é extremamente exigente com você e que não minimiza a cobrança apesar de qualquer situação.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

A autocobrança excessiva é entendida como uma super exigência que fazemos para nos disciplinar a alcançar um determinado objetivo. Porém, como o próprio nome já diz, a autocobrança é uma pressão interna, uma “voz” interna que é extremamente exigente com você e que não minimiza a cobrança apesar de qualquer situação.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This