transtorno de ansiedade na infancia - psicóloga - Nayara - Casule

Ansiedade na infância

Atualizado em 03/08/2018
Por Nayara Benevenuto

Ansiedade na infância

Atualizado em 03/08/2018
Por Nayara Benevenuto
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Ansiedade na infância

A ansiedade surge nas crianças como um fator de proteção diante de situações difíceis ou ameaçadoras, e se manifesta em sensações físicas e mentais, tais como aceleração do batimento cardíaco, desejo de fugir de determinada situação etc. Nesse sentido, a ansiedade cumpre um importante papel diante de situações de perigo real, mas pode se tornar algo disfuncional para a criança se ocorrer em situações em que não há nenhuma ameaça.

É relevante, assim, diferenciar a ansiedade em nível comum daquela em nível patológico, que chega a causar sofrimento no dia-a-dia da criança. A ansiedade, quando excessiva, pode ter um impacto enorme na vida social e escolar da criança, além de haver a possibilidade de consequências futuras extremamente prejudiciais, com o eventual desenvolvimento de algum transtorno, que geralmente permanece até a vida adulta, se não tratado.

Desse modo, é importante que os responsáveis pela criança saibam identificar quando determinado sintoma de ansiedade se manifesta de modo muito acentuado, o que pode ser um traço caracterizador de alguma patologia. Ademais, mesmo em nível subclínico, os sintomas de ansiedade se relacionam a situações de ameaça percebidas pelas crianças, de modo que o manejo de tais sintomas também é importante para a sua qualidade de vida.

terapia-online-casule-banner

A atenção deve ser redobrada no que concerne ao comportamento infantil. Os responsáveis devem prestar atenção, principalmente, em comportamentos incomuns, como ficar preocupado a propósito de qualquer coisa, manter uma postura evitativa constante diante de situações ou pessoas novas, irritação recorrente, preocupação exagerada com a volta às aulas, recusa de ficar sozinho, abandono de tarefas após poucas tentativas, agitação excessiva, grande dificuldade na concentração, choro fácil e tiques, dentre outros sintomas.

Além disso, é importante ressaltar que a ansiedade pode se manifestar por meio de sintomas físicos relacionados a situações em que há uma percepção errônea de ameaça, tais como dores de barriga, dores de cabeça, problemas digestivos, dificuldade na hora de se alimentar, dificuldade em respirar e engolir e problemas relacionados ao sono, como dificuldades em deitar-se e pesadelos recorrentes.

Em todos esses casos, havendo a manifestação de um sintoma de ansiedade que seja capaz de piorar a qualidade de vida da criança, recomenda-se a sua inserção em um processo terapêutico. Com a utilização da terapia cognitivo-comportamental (TCC), combinada, se necessário, com acompanhamento psiquiátrico, é possível o alívio dos sintomas de ansiedade, sobretudo através da alteração dos pensamentos distorcidos que geram os referidos sintomas, para que haja uma mudança do comportamento da criança. Desse modo, pode-se reduzir ou eliminar os sintomas, restaurando-se a qualidade de vida e o bem-estar da criança, para que ela possa crescer e se desenvolver de maneira saudável.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Ansiedade na infância

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Ansiedade na infância, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Nayara Benevenuto, aqui no Blog.
Especialista em terapia cognitiva-comportamental com adultos e tem formação em terapia cognitiva sexual além de atuar na avaliação bariátrica. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Ansiedade na infância.

0 comentários

Dicas para melhorar a concentração

A técnica de autoinstrução é utilizada na psicoterapia para ampliar a atenção em certos eventos, diminuir a impulsividade e aumentar o controle verbal para pessoas que possuem TDAH ou outras demandas.
Leia mais

Como desenvolver o autoconhecimento

O autoconhecimento é muito importante em todos os aspectos da nossa vida. Por isso, nesse vídeo eu trouxe alguns pontos que podem te ajudar a desenvolver o autoconhecimento.
Leia mais
Como desenvolver o autoconhecimento

Sinais de um relacionamento abusivo

Quando conhecemos alguém no início tudo são flores e amores, porém, com a convivência vem as brigas, os desentendimentos, as discordâncias... Mais até aí tudo bem, afinal, todo relacionamento tem dessas coisas, não é mesmo?
Leia mais
Aprenda a identificar um relacionamento abusivo

4 dicas para criar mais intimidade no seu Relacionamento

A intimidade nos relacionamentos é o resultado de uma série de interações entre duas pessoas onde são reveladas informações pessoais sobre aspectos centrais de suas vidas, ao mesmo tempo que ocorre uma atitude de validação e acolhimento por parte de quem recebe essas informações.
Leia mais
intimidade no relacionamento

Família tóxica: será que você vive em uma?

Viver com familiares tóxicos trazem diversos problemas a nossa saúde, muitas vezes são pessoas negativas que agem "sem perceber" e que acabam com nossa saúde mental. Neste vídeo, trouxe estratégias para te ajudar a conviver com uma família toxica.
Leia mais
Familia tóxica BLOG

Hipocondria

Você sabia que existe um Transtorno de Ansiedade apenas pelo medo de adoecer? É o que chamamos de Hipocondria!
Leia mais
hipocondria
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This