5 Conselhos para aceitar a velhice

Atualizado em 06/08/2015
Por Redatora Casule

5 Conselhos para aceitar a velhice

Atualizado em 06/08/2015
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

5 Conselhos para aceitar a velhice

casule-psicologia-velhice

Nada de busca pela árvore da juventude. A receita para envelhecer bem está na força de cada um de viver a sua vida com vontade. Sem apagar a chama, nem deixar virar incêndio. Viver bem é amar a vida, dar um sentido a ela, se interessar e ter prazer naquilo que fazemos. Ser o ator principal do próprio filme e não um simples figurante, escolher a vida que quer levar e não se submeter a ela. E aceitar o envelhecimento é um grande passo para que a velhice não seja o fim, mas o começo de uma nova fase cheia de lindas surpresas. Confira agora 5 conselhos para aceitar a velhice e, acima de tudo, envelhecer bem!

Envelhecer bem é envelhecer com saúde

A primeira condição para envelhecer bem é ter saúde. A atenção dada às atividades físicas e intelectuais, ao equilíbrio alimentar e, em grande escala, à prevenção e à educação para a saúde, é um sinal visível de que a sociedade inteira se preocupa em prevenir a perda de autonomia.

Envelhecer bem é não se preocupar com dinheiro

É importante estabelecer um balanço financeiro (aposentadoria, pensão, poupança, bens imobiliários, seguro de vida, herança, doação). Peça a ajuda do seu banco, do seu advogado, da sua seguradora e da sua família.

terapia-online-casule-banner

Envelhecer bem é envelhecer em um lar adaptado

Um alojamento, qualquer que seja ele, que possa ser mobiliado para receber uma eventual perda de autonomia, é essencial. A cada ano, mais de 2 milhões de pessoas de mais de 65 anos (ou seja, uma a cada três) caem. E uma a cada duas quedas ocorrem em casa.

Problemas de iluminação, piso muito escorregadio, móveis muito altos. É indispensável verificar alguns pontos essenciais e então avaliar a possibilidade de consultar um especialista para mobiliar a casa de acordo com as suas necessidades.

Envelhecer bem em um ambiente social e cultural movimentado

Um ambiente social e cultural rico em atividades e em relações humanas ajuda a manter a auto-estima. Saídas, encontros, jantares, são a condição-chave de uma aposentadoria de sucesso. Se interesse pelas novas tecnologias: a internet possibilita as relações mesmo ficando em casa. Fuja do isolamento.

Envelhecer bem é aceitar seu corpo e sua mente

É essencial preservar a auto-estima, aceitar o envelhecimento e a perspectiva de morrer, mas de guardar projetos para todas as etapas da vida, acolhendo todas as evoluções físicas e sociais. Aos 65 anos, em média 20 anos de esperança de vida deixam espaço para inúmeros projetos.
EM RESUMO: Mantenha-se tranquilo. Fique em paz consigo mesmo, olhe para o passado com cuidado e use o futuro para compartilhar, transmitir, imaginar, criar.

FONTE:http://doutissima.com.br/2013/12/21/5-conselhos-para-aceitar-a-velhice-36153/

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

5 Conselhos para aceitar a velhice

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre 5 Conselhos para aceitar a velhice, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: 5 Conselhos para aceitar a velhice.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.

Entenda o caso: mulher flagrada com mendigo

A notícia do envolvimento de uma mulher com um morador de rua trouxe muita repercussão na mídia. A mulher foi extremamente exposta e o morador de rua infelizmente teve "dias de glória". Mas o que pode explicar esse surto que a mulher teve? Neste vídeo, a Dra. Cristiane Schumann levanta algumas hipóteses e explica o que é transtorno bipolar do humor com sintomas psicóticos, em estado hipomaníaco. Lembrando que o mais importante é que saúde mental da mulher seja reabilitada e as pessoas esqueçam rápido o que aconteceu e a ajude nesse processo de recuperação.
Leia mais

Perigo! Exercícios em excesso

Neste vídeo, a Dra Cristiane Schumann fala sobre vigorexia. Um transtorno onde já uma distorção da imagem corporal e a pessoa tende a se ver menos “forte” do que ela realmente é. Com isto, há uma necessidade constante por musculação, atividade física em busca de um corpo muscularmente perfeito.
Leia mais

A importância de dizer ‘não’

Você é o amigo bonzinho que diz sim pra todo mundo? Muitas pessoas apresentam essa dificuldade de dizer não e isso pode atrapalhar nossa vida de várias maneiras. Nesse vídeo eu vou te mostrar a a importância de dizer não e te ajudar a falar sim pra você mesmo!
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This