EU PRECISO USAR DROGAS (?)
19 de maio de 2017
Ansiedade x Provas
24 de maio de 2017
Avaliação Neuropsicológica

A avaliação neuropsicológica é uma prática da psicologia que tem como objetivo a avaliação cognitiva global do cliente, sendo capaz de identificar distúrbios e déficits nos processamentos de informação. Entre os constructos avaliados estão: atenção, memória, sensopercepção, raciocínio, inteligências, capacidade de planejamento e execução, entre outras funções psíquicas, sem deixar de lado aspectos do humor, emocionais, ambiental e comportamental associados ao quadro.

Os estudos nessa área estão direcionados para a relação entre cérebro, cognição e comportamento, tendo como finalidade examinar o funcionamento mental, aspectos neurológicos e capacidade funcional.

Apenas o psicólogo pode realizar a avaliação neuropsicológica, uma vez que ela depende do uso de instrumentos avaliativos (testes psicológicos e neuropsicológicos), que são exclusivos da área. São utilizadas, ainda, observações clínicas, entrevistas e exames de atividade montadas na própria sessão, que auxiliam na observação de funções psíquicas e motoras, definindo medidas quantitativas e qualitativas das funções avaliadas.

Ela é realizada em sessões predeterminadas e estruturadas, para investigação da demanda apresentada. Esse procedimento pode caracterizar casos clínicos de acordo com diagnósticos e definição de prognósticos.

Os testes realizados para os fins apresentados são padronizados e validados para o contexto em que estão sendo aplicados. Eles apresentam medidas das funções de interesse, que são comparadas e classificadas segundo o esperado pela faixa etária, contexto social e econômico, escolaridade e cultura.

A partir daí, são realizados laudos psicológicos que orientarão o trabalho dos profissionais que acompanham o paciente, assim como os trabalhos de reabilitação necessários.

Todo exercício avaliativo e de reabilitação é realizado junto com outros profissionais, principalmente neurologistas, os quais possuem critérios médicos para avaliação, de forma que os dois se complementam. Fazem parte também dos procedimentos neuroavaliativos análises de exames de neuroimagens e exames laboratoriais.

As demandas para avaliação partem de encaminhamentos de escolas, psicólogos, psiquiatras, geriatras, pediatras, entre outros profissionais da saúde. Deve ser realizada sempre que forem notórias diferenças no processamento de informação, bem como em formas de execução de determinadas atividades.

São exemplos de quadros identificados pela avaliação neuropsicológica: déficit de atenção, autismo, Alzheimer, dislexia, retardo intelectual, etc.

Essas avaliações são realizadas em clínicas de psicologia e neurologia, por profissionais com formação nessa área. Podem ser encontradas também em equipes multidisciplinares, em clínicas de saúde mental e até mesmo em hospitais.

Comentários

comentários

Auxiliatrice Badaró
Auxiliatrice Badaró
Mestre em Psicologia, Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental com crianças e adolescentes, Pós graduanda em Neuropsicologia. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Casais, Famílias e Grávidas.

Os comentários estão encerrados.

Marcar Consulta