Transtorno de personalidade paranoide
5 de agosto de 2015
Saiba como identificar os sintomas que causam o transtorno bipolar
6 de agosto de 2015

5 Conselhos para aceitar a velhice

casule-psicologia-velhice

Nada de busca pela árvore da juventude. A receita para envelhecer bem está na força de cada um de viver a sua vida com vontade. Sem apagar a chama, nem deixar virar incêndio. Viver bem é amar a vida, dar um sentido a ela, se interessar e ter prazer naquilo que fazemos. Ser o ator principal do próprio filme e não um simples figurante, escolher a vida que quer levar e não se submeter a ela. E aceitar o envelhecimento é um grande passo para que a velhice não seja o fim, mas o começo de uma nova fase cheia de lindas surpresas. Confira agora 5 conselhos para aceitar a velhice e, acima de tudo, envelhecer bem!

Envelhecer bem é envelhecer com saúde

A primeira condição para envelhecer bem é ter saúde. A atenção dada às atividades físicas e intelectuais, ao equilíbrio alimentar e, em grande escala, à prevenção e à educação para a saúde, é um sinal visível de que a sociedade inteira se preocupa em prevenir a perda de autonomia.

Envelhecer bem é não se preocupar com dinheiro

É importante estabelecer um balanço financeiro (aposentadoria, pensão, poupança, bens imobiliários, seguro de vida, herança, doação). Peça a ajuda do seu banco, do seu advogado, da sua seguradora e da sua família.

Envelhecer bem é envelhecer em um lar adaptado

Um alojamento, qualquer que seja ele, que possa ser mobiliado para receber uma eventual perda de autonomia, é essencial. A cada ano, mais de 2 milhões de pessoas de mais de 65 anos (ou seja, uma a cada três) caem. E uma a cada duas quedas ocorrem em casa.

Problemas de iluminação, piso muito escorregadio, móveis muito altos. É indispensável verificar alguns pontos essenciais e então avaliar a possibilidade de consultar um especialista para mobiliar a casa de acordo com as suas necessidades.

Envelhecer bem em um ambiente social e cultural movimentado

Um ambiente social e cultural rico em atividades e em relações humanas ajuda a manter a auto-estima. Saídas, encontros, jantares, são a condição-chave de uma aposentadoria de sucesso. Se interesse pelas novas tecnologias: a internet possibilita as relações mesmo ficando em casa. Fuja do isolamento.

Envelhecer bem é aceitar seu corpo e sua mente

É essencial preservar a auto-estima, aceitar o envelhecimento e a perspectiva de morrer, mas de guardar projetos para todas as etapas da vida, acolhendo todas as evoluções físicas e sociais. Aos 65 anos, em média 20 anos de esperança de vida deixam espaço para inúmeros projetos.
EM RESUMO: Mantenha-se tranquilo. Fique em paz consigo mesmo, olhe para o passado com cuidado e use o futuro para compartilhar, transmitir, imaginar, criar.

FONTE:http://doutissima.com.br/2013/12/21/5-conselhos-para-aceitar-a-velhice-36153/

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta