fbpx
vegetarianismo

Vegetarianismo

Atualizado em 23/09/2019
Por Isa Polastri

Vegetarianismo

Atualizado em 23/09/2019
Por Isa Polastri
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Vegetarianismo

Pergunte ao Tiago CurcioPowered by Rock Convert

O vegetarianismo é o regime alimentar que exclui todos os tipos de carnes, podendo ser classificado da seguinte maneira: ovolactovegetariano é o índivíduo que consome ovos e laticínios em sua alimentação. Lactovegetariano, consome laticínios em sua rotina alimentar. Ovovegetariano é aquele que ingere ovos em sua alimentação e vegetariano estrito é o indivíduo que não utiliza nenhum produto derivado de animal em sua alimentação. 

Já o veganismo, segundo definição da Vegan Society, é um modo de viver (ou poderíamos chamar apenas de “escolha”) que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade contra os animais – seja na alimentação, no vestuário ou em outras esferas do consumo. Portanto, no âmbito da alimentação, veganismo e vegetarianismo estrito são sinônimos.

Muitos são os motivos que levam as pessoas a se tornarem vegetarianas:

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert
  1. A ética, já que são abatidos mais de 10 mil animais terrestres por minuto no Brasil para produzir carnes, leite e ovos. A maioria destes animais são frangos, porcos e bois – animais que têm uma complexa capacidade cognitiva e sentem dor, sofrimento e alegria da mesma forma que os cães que temos em casa. Os animais são sencientes (capazes de sofrer e sentir prazer e felicidade), por isso a escolha vegetariana é uma escolha de não compactuar com a exploração, confinamento e abate destes animais;
  2. O meio ambiente, já que, segundo a ONU, o setor pecuário é o maior responsável pela erosão de solos e contaminação de mananciais aqüíferos do mundo. A ONU também estimou que cerca de 14,5% das emissões de gases do efeito estufa oriundas de atividades humanas têm origem no setor pecuário. A maior parte do desmatamento da Amazônia tem sua origem na produção de carnes, laticínios e ovos. 97% do farelo de soja e 60% do milho produzidos globalmente são utilizados não para consumo humano, mas para virar ração para as fazendas e granjas industriais, produzindo alimentos a uma eficiência muito baixa;
  3. A sociedade, pois a produção de alimentos através da atividade pecuária não é apenas ambientalmente degradante, mas também contribui significativamente para o desperdício global de alimentos, uma vez que são consumidos de 2 a 10 Kg de proteína vegetal (por exemplo, soja) para produzir apenas 1 Kg de proteína de origem animal. Em um mundo com 1 bilhão de pessoas que passam fome, jogar toda essa comida no lixo é socialmente inaceitável. Ademais, o setor pecuário concentra a maior parte da mão-de-obra escrava rural brasileira;
  4. A saúde: de acordo com a Associação Dietética Americana) o vegetarianismo reduz mortes por infarto (doença cardíaca isquêmica) em 31% em homens vegetarianos e em 20% em mulheres vegetarianas (estudo com 76 mil indivíduos); os níveis sangüíneos de colesterol são 14% mais baixos em ovo-lacto-vegetarianos do que nos comedores de carne, os níveis sangüíneos de colesterol são 35% mais baixos em veganos do que nos comedores de carne, a pressão arterial é menor nos vegetarianos (redução de 5 a 10 mmHg) , há redução de até 50% do risco de apresentar diverticulite e diabetes nos vegetarianos, a probabilidade de apresentar pedras na vesícula é duas vezes menor nas mulheres vegetarianas (estudo com 800 mulheres entre 40 e 69 anos), os não vegetarianos têm um risco 54% maior de ter câncer de próstata, os não vegetarianos têm um risco 88 % maior de ter câncer de intestino grosso (cólon e reto), há redução na incidência de obesidade nos vegetarianos, um problema mundialmente preocupante. Aparentemente, o consumo de carne aumenta em até 3 vezes as chances de desenvolver demência cerebral, e, uma dieta vegetariana sem derivados animais e com predominância de alimentos crus reduz os sintomas de fibromialgia.

Com todos estes resultados animadores sobre a saúde fica difícil para alguém que estuda o assunto não se interessar pelo vegetarianismo. Um fato muito importante é que apesar de essas descobertas serem muito interessantes, grande parte das pessoas seria vegetariana mesmo se o vegetarianismo fosse nocivo (ainda bem que não é!!), pois a questão ética prevalece em grande parte dos indivíduos.Trabalhar a adequação da dieta é fundamental para preservarmos a integridade física das pessoas que seguem a dieta vegetariana. 

Uma pessoa com deficiência nutricional se torna debilitada, além de ser uma propaganda negativa para a causa. A saúde adquirida com a dieta vegetariana (ou com qualquer dieta) é dependente das escolhas dietéticas. Por isso, pratique atividade física regularmente, alimente-se com variedade e dê ênfase ao consumo de alimentos ricos em ferro, cálcio, zinco e ômega-3. Não fuja do sol. Você precisa de vitamina D, que é sintetizada pelo seu organismo através da exposição da pele ao sol. Não se esqueça da vitamina B12, o ponto mais importante do vegetarianismo. Exames de sangue regulares devem fazer parte da rotina de qualquer pessoa (vegetariana ou não).

Ser vegetariano é mais fácil do que parece. Se você nunca considerou esta possibilidade e não consegue pensar em aderir, comece com a Segunda Sem Carne, um movimento mundial que sugere retirar a carne do prato toda segunda feira. 

Mas tenha certeza de que não é tão difícil quanto parece, é surpreendentemente delicioso, aumenta (em vez de diminuir) o seu repertório de pratos, culinárias e alimentos e, mais importante ainda, é o melhor que você pode fazer pela sua saúde, pelos animais, pelas pessoas e pelo meio ambiente.

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert

Vegetarianismo

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Vegetarianismo, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Isa Polastri, aqui no Blog.
Nutricionista, com a missão de transformar vidas, acredita que a alimentação adequada é simples, flexível e está ao alcance de todos. Seus valores são o amor, o ouvir e a satisfação plena do cliente. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Vegetarianismo.


0 comentários

Dia do lixo
Na sua dieta tem “dia do lixo”?

Na sua dieta tem “dia do lixo”?

O dia do lixo é uma expressão usada para caracterizar o dia em que comemos em grandes quantidades, alimentos calóricos e super deliciosos! Mas será que essa prática é aconselhável? Contribui ou atrapalha o processo de emagrecimento? Saiba como agir assistindo a este vídeo completo.
A Saúde mental nos relacionamentos como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!
A Saúde mental nos relacionamentos: como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!

A Saúde mental nos relacionamentos: como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!

Quando falamos sobre os transtornos mentais, nos referimos a uma série de alterações significativas no que diz respeito aos aspectos cognitivos, emocionais e comportamentais dos indivíduos e que podem afetar qualquer pessoa durante algum momento de sua trajetória. É uma condição que muitas vezes interfere diretamente na capacidade do indivíduo de enfrentar problemas cotidianos e sentir prazer na vida.
Transtorno bipolar
Transtorno Bipolar

Transtorno Bipolar

A variação de humor no nosso dia a dia é algo muito comum e normal! Passamos por diversas situações ao longo do dia, e da vida, e por consequência, nosso humor e nossas emoções podem se manifestar e alternar de formas diferentes. Mas quando essa mudança se torna um problema? Nesse vídeo vou te ensinar algumas características do Transtorno Bipolar, e te dar algumas dicas para lidar com pessoas que sofrem com essa desordem.

Aspectos psicológicos da dor

Como a Terapia Cognitiva pode ajudar a quem sofre de dor? O sofrimento que a dor proporciona ultrapassa o corpo, é também um sofrimento emocional. Cuidar das emoções pode ser o primeiro passo para que você aprenda a lidar com a dor. Entender o que está potencializando este incômodo pode te colocar no controle e ajudar a minimizar seus efeitos.
Leia mais
Aspectos psicológicos da dor

Como lidar com os ciúmes?

Aperte o play para escutar este conteúdo. Você é ciumento? Conhece alguém que seja? Sofre com isso? O ciúme é um sentimento que em excesso está relacionado a um padrão de...

Leia mais
Como lidar com os ciúmes

3 passos para cozinhar o próprio alimento

Cozinhar o próprio alimento se torna cada dia mais difícil por conta da rotina atarefada da maioria das pessoas. Mas será que vale a pena terceirizar nossa alimentação e deixar grande parte dela nas mãos do delivery, dos empacotados e congelados?
Leia mais
3-passos para cozinhar o proprio alimento

Somatização

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ter saúde é diferente de não ter doença, isto quer dizer que ter saúde é usufruir de um bem-estar psíquico, biológico e social.
Leia mais
Somatização

A criança que eu já fui e o adulto que eu sou

Existe uma música que eu adoro chamada “A criança que eu fui um dia” ela é da Reverb Poesia e fala exatamente que à medida em que vamos crescendo, aprendemos a não sonhar, desaprendemos a sorrir, desaprendemos a brincar.
Leia mais
A criança que eu já fui e o adulto que eu sou

Características das pessoas controladoras

A necessidade de controle é um mecanismo de enfrentamento utilizado por muitas pessoas que tem dificuldades em lidar com suas próprias dores e emoções. Os indivíduos com um perfil controlador, geralmente, fazem uso do controle para sentirem-se seguros e se afastarem de reflexões que os levem a sofrimento.
Leia mais
CaracterIsticas-das-pessoas-controladoras

Gratidão!

Dentre os diferentes estados emocionais que o ser humano é capaz de experimentar, a gratidão é um dos mais relacionados à saúde mental e bem-estar. Tal estado está relacionado à percepção de ajuda e contribuição por parte de outros, evidenciando o amparo recebido e contribuições altruístas.
Leia mais
gratidao

5 Dicas de como ser mais Positivo

A negação, ou a negatividade, está mais presente na nossa vida do que a gente pode imaginar. Esse filtro negativo é um erro de pensamento, que como o próprio nome diz, direciona a nossa atenção para aquilo que comprova uma ideia negativa que eu tenho de mim mesmo, e me afasta cada vez mais de uma solução.
Leia mais
5 Dicas de como ser mais Positivo

Árvore dos Sonhos

A Árvore dos Sonhos é uma técnica da Psicologia Positiva onde a gente “pendura” na árvore todos os nossos sonhos; desde os mais simples (tipo um vestido de festa vermelho) até os mais complexos (fazer uma grande viagem ou se formar após um longo tempo sem estudar, por exemplo). São as vontades que nós temos de realizar algo em nossa vida.
Leia mais
Árvore-dos-Sonhos

TOC religioso

TOC religioso é uma das variações do Transtorno Obsessivo Compulsivo e nesse vídeo você vai aprender como identificá-lo e quando buscar ajudar.
Leia mais
TOC religioso
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This