Veja cinco dicas para terminar um relacionamento com dignidade!
18 de agosto de 2015
O que toda criança gostaria que seus pais soubessem!
19 de agosto de 2015

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): o que é e quais são os tipos?

02691362a_g

Assim como muita gente chama de depressão o que é apenas tristeza e de crise de pânico uma situação de muito medo, dizer “Isso é TOC” também é muito comum quando alguém quer se referir a um comportamento repetitivo de alguém. Gosto de esclarecer sobre essas coisas e agora vamos entender um pouco o que exatamente é o Transtorno Obsessivo-Compulsivo(TOC).

Sabe aquela verificação repetida e exagerada se o fogão está desligado, se a porta está trancada? Ou aquele comportamento de lavar as mãos excessivamente porque tudo pode estar contaminado a ponto de feri-las de tanto lavar, levantar e sentar da cadeira, abrir e fechar a porta antes de entrar, preocupação com tudo estar absolutamente simétrico? Se pensamentos ou comportamentos dessa natureza estão alterando a qualidade de vida do indivíduo, fazendo perder tempo excessivo do dia e até alterando a vida social, essa pessoa precisa de ajuda.

Primeiramente, para dizer que se trata de TOC é essencial que o indivíduo tenha um real sofrimento na vida por conta de obsessões e/ou compulsões, que pode ser algo visível, ou seja, um comportamento, ou um pensamento. Para ser mais fácil de entender, a obsessão é um pensamento que se intromete insistentemente no consciente e a compulsão se refere ao comportamento repetido. O comportamento repetido ou os rituais podem ocorrer tanto para aplacar aquele pensamento quanto pode ocorrer sem o indivíduo saber que tem algum pensamento perturbando-o. Uma característica importante no Transtorno Obsessivo Compulsivo é que o paciente sabe que aqueles pensamentos ou comportamento não fazem sentido, é o que chamamos de egodistônico, e por isso causa tanto sofrimento.

Vou citar aqui alguns dos padrões de sintomas mais comuns:

Contaminação

toc limpeza

Esse é disparado o mais comum. A obsessão é em relação ä contaminação de objetos ou alimentos, levando a pessoa a lavar as mãos, objetos e alimentos de forma excessiva. Casos de descamação  e feridas de pele são comuns. Tenho relato de paciente que alimenta-se com comida com gosto de detergente para garantir a limpeza.

Dúvida patológica/verificação

fechadura-casa

Disso falamos acima. Aquela dúvida se trancou a porta ou desligou o gás, que se segue com a verificação sucessivamente para aliviar o pensamento obsessivo da dúvida. Tenho caso de paciente que checou se fechou a tampa do açucareiro 20 vezes antes de dormir. A dúvida também pode ser em relação a qualquer coisa poder dar certo ou não, o que torna o indivíduo muito inseguro em praticamente todas as áreas mais importantes de sua vida.

Simetria

preparing the green.metaphor for service and perfection

Esse é aquele caso do indivíduo que só pode pisar em quadrantes simétricos no chão, que os livros precisam estar alinhados milimetricamente, que fazer a barba pode levar muito tempo porque tudo tem que ficar absolutamente simétrico, os quadros precisam estar perfeitamente alinhados, etc.

Pensamentos intrusivos

Pensamentos ruins

Nesses casos, em geral o paciente tem pensamentos de atos sexuais com pessoas proibidas (como filho, mãe, irmão, pai), fixação dos olhos nos genitais do outro, pensamentos agressivos como atropelar alguém, envenenar o filho, empurrar alguém escada abaixo ou outros que considere absurdo e vergonhoso. Existem ainda outros tipos de sintomas, como pensamentos relacionados a figuras religiosas, fazer sexo com Jesus Cristo ou a Virgem Maria, superstições relacionado ao azar, contar até 100 (ou outro número) antes de levantar de uma cadeira, atravessar a rua apenas quando passarem 2 carros vermelhos, por exemplo, etc.

Fonte: http://medinforme.com/transtorno-obsessivo-compulsivo/

Comentários

comentários

Nayara Benevenuto
Nayara Benevenuto
Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental com crianças e adolescentes. Atende: adultos, casais, famílias, crianças e adolescentes. Afiliada à Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta