fbpx
Transtorno de dor genitopélvica e da penetração - casule

Transtorno de dor genitopélvica e da penetração

Atualizado em 18/12/2017
Por Nayara Benevenuto

Transtorno de dor genitopélvica e da penetração

Atualizado em 18/12/2017
Por Nayara Benevenuto
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Transtorno de dor genitopélvica e da penetração

Powered by Rock Convert

A nova edição do Manual Diagnóstico e Estatístico (DSM-V) trouxe modificações importantes no diagnóstico de vaginismo e dispareunia, que foram somados para dar origem ao Transtorno de Dor Genitopélvica e da Penetração. Segundo a nova classificação, há quatro dimensões de sintomas:

  • Dificuldade para ter relações sexuais, variando desde incapacidade total a penetração em qualquer situação até capacidade de experimentar a penetração em algumas situações.
  • Dor genitopélvica. A dor ocorre pela contração involuntária do músculo do assoalho pélvico ao redor da vagina durante tentativas de penetração, causando desconforto, ardência, dor, problemas com a penetração ou total incapacidade de ter intercurso sexual.
  • Medo de dor ou de penetração vaginal.
  • Tensão nos músculos do assoalho pélvico.

Diversos fatores interferem negativamente na relação sexual, como a presença de dor, dificuldade em sentir prazer, alterações psicofisiológicas nas fases de excitação e orgasmo, estados emocionais negativos, como raiva, medo, ansiedade, depressão, baixa autoestima, experiências sexuais traumáticas, crenças distorcidas acerca do sexo, crenças religiosas e conflitos conjugais. Em função da dor, as pacientes acabam evitando situações sexuais, focando apenas na satisfação do parceiro, o que torna ainda mais difícil a manutenção do desejo, da excitação e possibilidade de sentir prazer.

Pode-se dizer que a dor é uma resposta condicionada na medida em que o coito associado a uma sensação dolorosa gera contração da musculatura vaginal (resposta condicionada). E ainda, o comportamento de evitação mantém este mecanismo por reforço negativo, ou seja, quando a paciente evita o desconforto que iria sentir com a relação sexual, há alívio da ansiedade antecipatória, mantendo o comportamento de evitação e o próprio quadro.

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert

A base emocional do transtorno é a ansiedade, mais especificamente ansiedade de desempenho sexual. Do ponto de vista cognitivo, a ansiedade elevada interfere negativamente no funcionamento sexual, uma vez que a paciente percebe a própria relação sexual como ameaçadora. Assim, ela se distrai de estímulos sexualmente excitantes e assume interpretações equivocadas sobre esses estímulos.

Segundo a Terapia Cognitivo-Comportamental, é necessário compreender a relação entre os pensamentos, emoções e comportamentos envolvendo o ato sexual, e não apenas o quadro de dor em si. Deve-se levar em consideração o que a paciente pensa sobre sexo, os comportamentos sexuais pregressos, os atuais, as crenças desenvolvidas a partir dessas experiências, a percepção acerca da sexualidade, os valores, crenças e aspectos culturais, familiares e religiosos relacionados à relação sexual, as próprias crenças sexuais, mitos, a autoimagem corporal, autoestima, entre outras percepções. Na prática clínica, partimos da identificação e modificação de crenças disfuncionais a respeito da sexualidade do parceiro e da própria pessoa.

O tratamento é multidisciplinar englobando o médico ginecologista, psicólogo e fisioterapeuta.  A terapia cognitivo-comportamental tem se mostrado eficaz no tratamento do transtorno da dor genitopélvica e da penetração, podendo ser estruturada em intervenções individuais ou do casal. O objetivo é a restruturação cognitiva de pensamentos e crenças distorcidas quanto ao sexo, controle dos níveis de ansiedade, desenvolvimento de habilidades sexuais, melhora da assertividade e da confiança sexual, bem como na qualidade do relacionamento.

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert

Transtorno de dor genitopélvica e da penetração

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Transtorno de dor genitopélvica e da penetração, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Nayara Benevenuto, aqui no Blog.
Psicóloga, terapeuta cognitivo-comportamental, terapeuta do esquema, especialista em terapia cognitivo-comportamental com crianças e adolescentes. Atende adultos, adolescentes e faz avaliação bariátrica. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Transtorno de dor genitopélvica e da penetração.


0 comentários

3 dicas para comer menos doce BLOG
3 dicas para comer menos doce

3 dicas para comer menos doce

Você adora um docinho? Coloca açúcar em suas bebidas, enche a despensa de chocolates e biscoitos e não sabe como diminuir o consumo desses alimentos? Assista a este vídeo e veja 3 dicas para comer seu docinho em menor quantidade e com a mesma satisfação.
Síndrome-de-Burnout-blog-casule
Síndrome de Burnout

Síndrome de Burnout

A síndrome de Burnout é também conhecida como Síndrome de Esgotamento Profissional, e é caracterizada por um desgaste que causa à pessoa, prejuízos nos aspectos emocionais e físicos que ocasionam um esgotamento.

Os Benefícios da Meditação

No dicionário a palavra meditação é definida por: ato ou efeito de meditar, de pensar com grande concentração de espírito. Os exercícios de meditação consistem em técnicas que...

Leia mais
Os Benefícios da Meditação

Será que eu preciso de Terapia?

Você conhece o trabalho psicoterapêutico? Você sabe pra quê, ou por quê, as pessoas fazem Terapia? Qual o momento ideal para procurar um Psicólogo? Nesse vídeo, além de...

Leia mais
Será que eu preciso de Terapia?

Aspectos psicológicos da enxaqueca

Muito provavelmente, você que está lendo este texto já teve algum episódio de cefaleia ou sofre de enxaqueca. A cefaleia significa dor de cabeça, o que é diferente de...

Leia mais
Aspectos psicológicos da enxaqueca

Dicas para lidar com a impulsividade

A impulsividade é um  comportamento realizado diante de um desequilíbrio entre o pensar e agir. Pessoas com essas características agem no imediatismo, sem considerar as...

Leia mais
Dicas para lidar com a impulsividade

Síndrome do Impostor

Você já teve a sensação de que o sucesso que você atingiu é exagerado, como se não merecesse tudo aquilo? Se já passou por isso, saiba que não está sozinho! Esse sentimento é...

Leia mais
Síndrome-do-Impostor-blog-casule
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This