fbpx
terapia-de-casal---psicóloga---Suelen---Casule

Terapia de casal para separar?

Atualizado em 28/11/2018
Por Suelen Tebaldi

Terapia de casal para separar?

Atualizado em 28/11/2018
Por Suelen Tebaldi
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Terapia de casal para separar?

Entre as muitas dúvidas que podem surgir quando consideramos a possibilidade de procurar uma terapia de casal, as dúvidas relacionadas a separação são, possivelmente, as que causam mais receio. Os casais se separam após a terapia de casal? A terapia de casal mostrará que a separação é o único caminho?

A terapia de casal não dita regras, não determina o que os casais devem fazer. Não determina se devem ficar juntos ou separados. Pelo contrário. O terapeuta procura entender os problemas pelos quais o casal está passando, para que, juntos, possam traçar estratégias para superar estes problemas.

A terapia de casal tem um único objetivo: chegar ao melhor desfecho possível. Se for possível recuperar a relação, fortalecer pilares enfraquecidos, facilitar a comunicação, aquecer o que foi esfriado pela distância, trazendo de volta a harmonia e a felicidade do casal, esse será o objetivo. Porém, em alguns casos, pode não existir maneiras de recuperar a relação, recuperar a confiança, superar as mágoas, e assim manter o relacionamento não significa a melhor saída.

E se isso acontecer? Como lidar com a ruptura?

O psicólogo pode ajudar e tornar mais fácil essa fase da vida. Depois da separação, por meio da terapia, a pessoa terá mais condições de lidar com as emoções como medo, tristeza, culpa, raiva, alegria e saberá aumentar sua capacidade de se adaptar à mudança e se preparar para o novo.

O psicólogo vai fazer você enxergar que, como a morte, é importante respeitar o tempo de luto que vem após uma separação. O papel do psicólogo é fazer com que a pessoa entenda que o relacionamento acabou e que é preciso tirar coisas boas da experiência vivida, sem traumas e sem obstáculos para enfrentar uma nova fase, que também pode ser muito boa.

A separação é difícil em qualquer momento do relacionamento, seja namoro, noivado, casamento, mas, também, é uma fase da vida que passa. O importante é fazer o possível para que não deixe cicatrizes, não se torne um peso na vida das partes e nem uma lembrança amarga. O modo como você for retomar a vida depois da separação vai fazer toda a diferença no resgate de sua autoestima.

Qualquer que tenha sido o motivo, se depois das sessões cada um resolveu ir para o seu lado, não significa que o processo deu errado. Se for para se divorciar, que a separação se dê de forma amena para o bem de cada um e dos filhos, se houver.

Dúvidas comuns:

Quando fazer terapia de casal?

Geralmente as pessoas procuram terapia de casal quando o relacionamento não está funcionando de uma forma harmoniosa, acontecendo problemas de várias ordens como, por exemplo, excesso de ciúmes, discussões longas por motivos fúteis, impaciência excessiva, nível de exigência muito elevado e até mesmo competição entre o casal – não cedendo em suas opiniões e posturas.

Nós resolvemos sozinhos os nossos problemas…

Sim, é o casal quem irá resolver seus problemas. No entanto, a presença de um profissional experiente e especializado facilita o processo, pois a tendência é o casal dizer um ao outro as mesmas coisas que vem dizendo há tempos e não conseguem progredir na solução de seus problemas.

Como fazer se meu marido/esposa não quer ir?

Proponha a ele (a) se informar o que é terapia de casal e que às vezes as pessoas precisam de um profissional especializado, pois nem sempre têm condição de verem vários ângulos de um problema, justamente por estarem imersos nele.

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert

A vida amorosa não tem que ser um mar de rosas…

Em um relacionamento, vários elementos entram em jogo. Da história de vida ao temperamento de cada um, passando pelo comportamento na cama. E da mesma forma que há uma variedade de temas envolvidos, há também possibilidades de desacordos. A questão não é evitá-los, mas ter capacidade de lidar com eles quando aparecem.

O processo às vezes é desgastante

Geralmente as pessoas têm mais resistência à terapia de casal porque ela surge em função de conflitos. Na terapia individual, cada um apresenta só sua versão dos fatos. Na de casal, sua visão pode ser contestada pelo outro, gerando confronto. Choro e até ofensas são reações comuns. E aí cabe ao profissional ajudar a organizar a conversa.

Não há juiz

O papel do terapeuta é o de mediador, não de fã de um dos parceiros nem tampouco de juiz da situação ou dono da verdade.

O problema pode ser pontual

A terapia também é muito útil para resolver situações específicas, como dificuldades para chegar a um acordo sobre as finanças ou a educação dos filhos e até transtornos no relacionamento com os parentes, por exemplo.

Não basta ir, tem que participar

Como na terapia individual, é preciso sentir empatia pelo profissional e se envolver com o processo. É muito comum que um dos parceiros não esteja disposto a se expor ou investir na relação, enquanto o outro está. Nesses casos, cabe ao terapeuta perceber isso e trabalhar a questão. Até porque, se a indisposição permanece, o trabalho fica inviável.

Fontes:

https://www.terapiadecasalefamilia.com.br/terapia-de-casal/

https://www.huffpostbrasil.com/2016/03/31/junto-ou-separado-10-verdades-que-os-terapeutas-de-casal-gostar_a_21690083/

https://www.psicologosberrini.com.br/terapia-de-casal/como-superar-a-separacao/

https://www.terapiadecasalefamilia.com.br/ao-fazer-terapia-para-casais-o-casal-se-separa/

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert

Terapia de casal para separar?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Terapia de casal para separar?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Suelen Tebaldi, aqui no Blog.
Psicóloga, terapeuta cognitiva comportamental, apaixonada pela escuta e pelo relacionamento com as pessoas. "Psicóloga da família" desde pequena, vive e ama essa profissão e todos os seus desafios. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Terapia de casal para separar?.


0 comentários

Dia do lixo
Na sua dieta tem “dia do lixo”?

Na sua dieta tem “dia do lixo”?

O dia do lixo é uma expressão usada para caracterizar o dia em que comemos em grandes quantidades, alimentos calóricos e super deliciosos! Mas será que essa prática é aconselhável? Contribui ou atrapalha o processo de emagrecimento? Saiba como agir assistindo a este vídeo completo.
A Saúde mental nos relacionamentos como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!
A Saúde mental nos relacionamentos: como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!

A Saúde mental nos relacionamentos: como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!

Quando falamos sobre os transtornos mentais, nos referimos a uma série de alterações significativas no que diz respeito aos aspectos cognitivos, emocionais e comportamentais dos indivíduos e que podem afetar qualquer pessoa durante algum momento de sua trajetória. É uma condição que muitas vezes interfere diretamente na capacidade do indivíduo de enfrentar problemas cotidianos e sentir prazer na vida.
Transtorno bipolar
Transtorno Bipolar

Transtorno Bipolar

A variação de humor no nosso dia a dia é algo muito comum e normal! Passamos por diversas situações ao longo do dia, e da vida, e por consequência, nosso humor e nossas emoções podem se manifestar e alternar de formas diferentes. Mas quando essa mudança se torna um problema? Nesse vídeo vou te ensinar algumas características do Transtorno Bipolar, e te dar algumas dicas para lidar com pessoas que sofrem com essa desordem.

Aspectos psicológicos da dor

Segundo o psiquiatra americano George Hengel, na década de 1970, os estados de saúde e de doença devem ser analisados sob a perspectiva biopsicossocial. Isso significa que a dor nos avisa que algo está não está bem e este aviso pode estar relacionado com seu corpo, indicando alguma lesão ou uma doença, por exemplo; com suas emoções ou com o ambiente em que você vive e trabalha.
Leia mais
Aspectos-psicológicos-da-dor

Aspectos psicológicos da dor

Como a Terapia Cognitiva pode ajudar a quem sofre de dor? O sofrimento que a dor proporciona ultrapassa o corpo, é também um sofrimento emocional. Cuidar das emoções pode ser o primeiro passo para que você aprenda a lidar com a dor. Entender o que está potencializando este incômodo pode te colocar no controle e ajudar a minimizar seus efeitos.
Leia mais
Aspectos psicológicos da dor

Como lidar com os ciúmes?

Aperte o play para escutar este conteúdo. Você é ciumento? Conhece alguém que seja? Sofre com isso? O ciúme é um sentimento que em excesso está relacionado a um padrão de...

Leia mais
Como lidar com os ciúmes

3 passos para cozinhar o próprio alimento

Cozinhar o próprio alimento se torna cada dia mais difícil por conta da rotina atarefada da maioria das pessoas. Mas será que vale a pena terceirizar nossa alimentação e deixar grande parte dela nas mãos do delivery, dos empacotados e congelados?
Leia mais
3-passos para cozinhar o proprio alimento

Somatização

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ter saúde é diferente de não ter doença, isto quer dizer que ter saúde é usufruir de um bem-estar psíquico, biológico e social.
Leia mais
Somatização

A criança que eu já fui e o adulto que eu sou

Existe uma música que eu adoro chamada “A criança que eu fui um dia” ela é da Reverb Poesia e fala exatamente que à medida em que vamos crescendo, aprendemos a não sonhar, desaprendemos a sorrir, desaprendemos a brincar.
Leia mais
A criança que eu já fui e o adulto que eu sou

Características das pessoas controladoras

A necessidade de controle é um mecanismo de enfrentamento utilizado por muitas pessoas que tem dificuldades em lidar com suas próprias dores e emoções. Os indivíduos com um perfil controlador, geralmente, fazem uso do controle para sentirem-se seguros e se afastarem de reflexões que os levem a sofrimento.
Leia mais
CaracterIsticas-das-pessoas-controladoras

Gratidão!

Dentre os diferentes estados emocionais que o ser humano é capaz de experimentar, a gratidão é um dos mais relacionados à saúde mental e bem-estar. Tal estado está relacionado à percepção de ajuda e contribuição por parte de outros, evidenciando o amparo recebido e contribuições altruístas.
Leia mais
gratidao

5 Dicas de como ser mais Positivo

A negação, ou a negatividade, está mais presente na nossa vida do que a gente pode imaginar. Esse filtro negativo é um erro de pensamento, que como o próprio nome diz, direciona a nossa atenção para aquilo que comprova uma ideia negativa que eu tenho de mim mesmo, e me afasta cada vez mais de uma solução.
Leia mais
5 Dicas de como ser mais Positivo

Árvore dos Sonhos

A Árvore dos Sonhos é uma técnica da Psicologia Positiva onde a gente “pendura” na árvore todos os nossos sonhos; desde os mais simples (tipo um vestido de festa vermelho) até os mais complexos (fazer uma grande viagem ou se formar após um longo tempo sem estudar, por exemplo). São as vontades que nós temos de realizar algo em nossa vida.
Leia mais
Árvore-dos-Sonhos
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This