HIV Superando o diagnóstico.
22 de março de 2016
Falta de desejo sexual,por que acontece?
24 de março de 2016

Este é um nome não oficial  usado pelo publico para identificar aqueles maridos que provocam  mudanças desconfortáveis na rotina de suas esposas quando se aposentam e passam o dia em casa. Por exemplo: Enquanto o marido trabalha e passa o dia fora de casa a esposa organiza sua rotina do dia a dia contando com este tempo longe do marido. Quando ele passa a ficar mais tempo em casa sua presença ocupa um espaço que não esperado. Esta esposa ainda ama este marido e claro que gosta de sua companhia, mas algumas pessoas tem uma certa dificuldade em alterar rotinas, as pessoas ficam confortáveis lidando sempre com o velho conhecido. Agora com este marido presente, perguntando por coisas, solicitando outras, fazendo barulhos que antes não havia passa a incomodar a esposa.

Sintomas que as mulheres apresentam

 Não são todas as mulheres que sofrem com este marido que passa a ficar em casa, mas as que tem dificuldade em se habituar a novas rotinas poderão sentir algumas dificuldades conforme suas próprias características pessoais. Uma mulher com perfil mais independente talvez não se incomode, mas uma pessoa mais caseira do tipo que gosta de manter o seu “ninho” do seu jeito poderá ficar irritada com objetos e movimentos pela casa que antes não havia. O que pode surgir, conforme as características de cada mulher são: perda da sensação de autonomia em seu espaço e irritabilidade.

Como identificar

 Talvez um indicador seja as mudanças de humor e comportamento desta esposa. Ela pode passar a fazer coisas que antes não fazia como por exemplo sair mais de casa, se fechar em um cômodo, responder rispidamente, etc.

Como é o tratamento

 Esta é uma realidade que talvez não possa ser mudada, afinal de contas este marido pagou pela aposentadoria por anos para desfrutar destes momentos. A diferença é que as esposas não tem aposentadoria de seus afazeres domésticos, e talvez nem queiram deixar de cuidar de seu lar. Por isso o acompanhamento psicológico pode ser feito no sentido de adapta-la , ou reforçar sua capacidade de adaptação, a novas situações. Talvez um treino de assertividade seja muito útil pois a ensinará a falar o que gostaria ao marido de forma elegante e assim não se sentirá abafada em seus sentimentos.

Como deve ser a conduta do marido

 Seria bem bacana se ele entendesse que sua tão desejada aposentadoria poderá  afetar sua esposa, mas não necessariamente de forma negativa.  Ele pode transformar este momento de descanso em algo desfrutado pelos dois, pode mostrar à ela que terá mais tempo para fazerem coisas juntos e isso pode ser muito legal. Ele pode não adorar certas atividades, como por exemplo arrumar armário, mas poderá perceber que se abrir mão de algumas coisas poderá descobrir que até arrumar armário pode ser prazeroso se fizer junto com sua esposa.

Risco para a mulher ou para o casal

 Creio que qualquer problema ignorado tende a complicar muito a vida das pessoas. O risco poderá ser de deteriorar um relacionamento que pode continuar bem.

Como prevenir

 A simples consciência de que este é um risco e a disposição de evitar estes problemas pode ajudar tanto o marido como a esposa a interagirem melhor. Caso considerem que uma ajuda profissional seja bem vinda um psicólogo de casal poderá ajudar neste processo melhorando a comunicação do casal antes mesmo da aposentadoria iniciar o processo de estresse entre o casal.

FONTE:http://www.marisapsicologa.com.br/sindrome-do-marido-aposentado.html

CONTEښDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.

Comentários

comentários

Redatora Casule
Redatora Casule
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta
CONTEښDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.
Fechar
 E aí? Vamos conversar?

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Agende a sua Sessão aqui!
Primeira sessão R$ 100,00 (Psicologia, Fonoaudiologia e Nutrição)

PRÓXIMO PASSO →
fechar
Agendar Sessão