fbpx

Quando a preocupação toma conta de nós

Atualizado em 11/10/2016
Por Redatora Casule

Quando a preocupação toma conta de nós

Atualizado em 11/10/2016
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Quando a preocupação toma conta de nós

A preocupação é um estado mental no qual antecipamos fatos e consequências desagradáveis, e até mesmo imprevisíveis. É uma viagem para o futuro que, de alguma forma, nos torna incapazes de viver plenamente o presente e desvia uma parte dos nossos recursos mentais, buscando uma solução para o que muitas vezes é apenas uma possibilidade.

Muitas vezes a preocupação pode produzir sintomas físicos como tonturas, dores de cabeça, queda de cabelo, problemas de pele, etc. O corpo fala e nos pede para parar de ruminar como os animais, colocar as cartas na mesa e enfrentar o problema real, esquecer as cenas imaginárias e angustiantes que criamos na nossa mente.

Embora pareça fácil, livrar-se das preocupações é uma tarefa árdua. Elas são invasivas, tomam conta de nós e amarguram o nosso presente.

Graças à capacidade que temos de dirigir os nossos pensamentos podemos descartar as preocupações da nossa mente. É uma arma difícil de usar porque não temos muita prática, mas se queremos lutar contra um adversário poderoso como a preocupação, precisamos aprender a usá-la conscientemente para que trabalhe a nosso favor.

A preocupação nos engana

Pode parecer que a preocupação é algo benéfico, mas não é bem assim. Aprendemos que as pessoas responsáveis se preocupam, e através das preocupações conseguem resolver os seus problemas de forma mais eficiente.

Na verdade, a única coisa que pode resolver os nossos problemas é o controle sobre os nossos pensamentos para lidar com as preocupações. Se os problemas são insolúveis, as preocupações não ajudarão a encontrar uma solução; se é algo que podemos resolver, siga em frente.

Não é incomum a preocupação ter uma conotação positiva. Muitas pessoas acreditam que o que não nos preocupa não é importante para nós. Isto não é verdade. Muitas vezes já encontramos uma solução para aquilo que os outros acreditam que deveria nos preocupar ou simplesmente aceitamos que não existe solução e assumimos que temos que conviver com o problema.

Como controlar a preocupação

Nós podemos controlar a nossa mente e a preocupação faz parte dela. Esqueça a preocupação para que não aconteçam fatos desagradáveis no futuro. Se eles tiverem que acontecer, vão acontecer de qualquer forma, e é melhor cuidar deles no momento certo.

Oferecemos aqui algumas sugestões para você se livrar das preocupações e da ansiedade:

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert

Viver no presente

Muitas vezes ficamos presos ao passado por algo que aconteceu, que não podemos mudar, e nos sentimos culpados. Ou então nos preocupamos com a possibilidade de que algo ruim aconteça conosco ou com pessoas próximas e nos sentimos ansiosos.

De qualquer forma, estamos nos esquecendo do presente, que é a nossa única realidade. Utilize a sua força de vontade para viver no presente, participar de uma conversa, olhar ao seu redor e se concentrar no que está fazendo nesse momento. Não conseguimos pensar em duas coisas ao mesmo tempo; se você focar no aqui e agora não conseguirá se preocupar com o futuro.

Fatos desagradáveis acontecem com qualquer pessoa

Muitas vezes podem acontecer coisas muito desagradáveis que mudam completamente a nossa vida. Mas, mesmo assim, temos que seguir em frente. É claro que nem todas as preocupações se tornam realidade, mas a possibilidade existe. Então, aceite que fatos desagradáveis podem acontecer e que você é capaz de enfrentá-los e sobreviver.

Analisar as soluções para cada problema

Como já comentamos anteriormente, a única solução que existe é enfrentar o problema, analisar quais são as soluções, se realmente houver uma solução. Escreva em um papel todas as soluções que passarem pela sua cabeça e analise quais são as mais prováveis ou não.

Ocupe o seu tempo

Manter-se ocupado é uma boa maneira de libertar a mente dos fantasmas que nos perseguem. Escolha uma ou várias atividades que sejam agradáveis para você, mantenha a sua mente ocupada e será muito difícil pensar nos problemas.

Utilizar corretamente as possibilidades

É muito improvável que aconteça aquela possibilidade que você tanto teme. Então, aprenda a gerir as probabilidades. Não confunda possível com provável, porque não são sinônimos. Pense em quantos voos acontecem todos os dias e em quantos acidentes aéreos acontecem por dia. A queda de um avião é algo possível, mas não é provável, por exemplo.

FONTE:http://amenteemaravilhosa.com.br/quando-preocupacao-toma-conta/

 

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert

Quando a preocupação toma conta de nós

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Quando a preocupação toma conta de nós, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Quando a preocupação toma conta de nós.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você-pensa-sobre-seus-medos
Você pensa sobre seus medos?

Você pensa sobre seus medos?

O medo é um estado emocional muito importante, associado ao nosso mecanismo de proteção, sobrevivência e adaptação. Os medos estão relacionados a característica do objeto, contexto ou situação temida, mas também a avaliação subjetiva desses fatores. A forma como pensamos as situações, impacta diretamente em como nos sentimos e lidamos com elas. O que acha de avaliarmos nossos medos?
Compulsão por trair existe?

Compulsão por trair existe?

Muitos casais estabelecem um acordo em que se comprometem a permanecer fiéis ao amor que professam um pelo outro. Quando um dos dois rompe esse acordo, falamos de infidelidade. A pessoa que comete a infidelidade geralmente a oculta porque sabe o que significa, e intui algumas das consequências que pode ter, embora mais tarde possa confessar ou ser descoberta. Seja como for, a pessoa que é vítima da infidelidade sofre uma dupla sensação de traição: uma traição a ela e ao relacionamento.
A-importância-da-rede-de-apoio-no-processo-de-psicoterapia
A importância da rede de apoio no processo de psicoterapia

A importância da rede de apoio no processo de psicoterapia

Muito se fala sobre o acolhimento, alternativas de tratamento, estratégias, dicas e orientações necessárias para os pacientes que estão passando por um momento de sofrimento mental, ou possuem algum tipo de transtorno ou realizam psicoterapia. No entanto, pouco é abordado sobre a importância dos familiares e indivíduos que fazem parte do cotidiano e convívio do paciente, que compõem a rede de apoio, sendo considerados parte importante do processo terapêutico, também poder buscar por ajuda, cuidados e orientação.

Motivos que levam à obesidade

Você sabia que a obesidade é um quadro multifatorial? Isso mesmo! Não podemos colocar apenas na comida a responsabilidade de um ganho de peso. Por isso é importante não ter preconceito e não julgar o comportamento alimentar de uma pessoa que está nesta situação. O aconselhável é sempre buscar ajuda de profissionais que tenham empatia e que possam oferecer qualidade de vida e bem-estar à pessoa com obesidade. Assista a este vídeo completo e saiba mais!
Leia mais
Motivos-que-levam-à-obesidade

Você já ouviu falar em Pistantrofobia

O termo é complicado mas a explicação é simples. Pistantrofobia é o medo de confiar nas pessoas devido a experiências negativas ou decepções ocorridas no passado. Espero que esse vídeo possa te auxiliar a entender melhor sobre esse assunto.
Leia mais

Você tem medo de falar em público?

O medo de falar em público é muito comum. Ou você mesmo tem esse medo ou conhece alguém que tem, não é? É chamado de glossofobia quando esse medo tem proporções exageradas a ponto de paralisar e não permitir que a pessoa tente vencer este medo por si só.
Leia mais

As 5 Linguagens do Amor

Essas são as 5 formas de expressar e de experimentar o amor nas nossas relações. Vem descobrir qual a linguagem do amor que você fala e qual a linguagem que você mais escuta. Compartilha com uma pessoa querida para que vocês possam melhorar a qualidade do relacionamento!!
Leia mais
Linguagens do amor

6 dicas para se tornar uma pessoa mais resiliente

Você sabia que a resiliência é uma habilidade que conseguimos desenvolver e aprimorar? Não são todas as pessoas que já tem essa habilidade super desenvolvida e é por isso que, nesse vídeo, você vai aprender dicas simples de como se tornar uma pessoa mais resiliente e conseguir enfrentar melhor os obstáculos da vida.
Leia mais
6-dicas-para-se-tornar-uma-pessoa-mais-resiliente-BLOG

Você acha que autoestima é só cuidar da sua aparência?

A autoestima vai muito além da aparência, é a visão que você tem sobre você e quando ela está baixa afeta outras áreas da sua vida, seu relacionamento, vida profissional... No vídeo vou explicar o que é, porque é importante e dar dicas para aumentar sua autoestima.
Leia mais
Você acha que autoestima é só cuidar da sua aparência

Na sua dieta tem “dia do lixo”?

O dia do lixo é uma expressão usada para caracterizar o dia em que comemos em grandes quantidades, alimentos calóricos e super deliciosos! Mas será que essa prática é aconselhável? Contribui ou atrapalha o processo de emagrecimento? Saiba como agir assistindo a este vídeo completo.
Leia mais
Dia do lixo

A Saúde mental nos relacionamentos: como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!

Quando falamos sobre os transtornos mentais, nos referimos a uma série de alterações significativas no que diz respeito aos aspectos cognitivos, emocionais e comportamentais dos indivíduos e que podem afetar qualquer pessoa durante algum momento de sua trajetória. É uma condição que muitas vezes interfere diretamente na capacidade do indivíduo de enfrentar problemas cotidianos e sentir prazer na vida.
Leia mais
A Saúde mental nos relacionamentos como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This