O estresse na pandemia e a compulsao por compras blog casule

O estresse na pandemia e a compulsão por compras

Atualizado em 17/06/2020
Por Christina Daret

O estresse na pandemia e a compulsão por compras

Atualizado em 17/06/2020
Por Christina Daret
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O estresse na pandemia e a compulsão por compras

Com a chegada do coronavírus foi necessário que toda a população fizesse, de forma repentina, inúmeras adaptações na sua rotina e isso gerou estresse e ansiedade em muitas pessoas. Estamos vivendo em um ambiente de intensa mudança e restrição: nossa liberdade de ir e vir foi limitada em razão da necessidade do isolamento social, muitas são as incertezas em relação ao nosso trabalho, saúde, questões relacionadas à economia, convívio familiar e social. Todas essas questões podem fazer com que fiquemos mais ansiosos e para algumas pessoas pode propiciar comportamentos compulsivos. Estes comportamentos podem ser: a compulsão por compras, por comida, sexo, jogos, entre outros. 

Será dado enfoque aqui nas compras por impulso, também conhecida como oniomania. Algumas das principais características de uma pessoa que possui compulsão por compras são: perda do controle em relação ao ato de comprar, a compra sendo realizada como uma forma de lidar com as emoções negativas ou com as frustrações do cotidiano, um aumento progressivo na quantidade de compras, mentiras para encobertar as compras descontroladas, aquisição de dívidas e problemas financeiros causados pelas compras e as tentativas sem sucesso de reduzir o consumismo. 

Muitas vezes o que se observa, é que fatores já existentes e que podem gerar um desconforto psíquico são a principal causa para o surgimento da oniomania. Estes fatores podem ser causados pelas mudanças que estamos vivendo neste momento de pandemia, como o desemprego, brigas familiares, separações, distanciamento de pessoas queridas, dietas restritivas ou insatisfações com o corpo, entre outros fatores.  

terapia-online-casule-banner

  Uma questão que deve ser observada nesse momento é o fato de que, para sobreviver ao momento de mudança também no cenário econômico, muitas empresas, lojas e o setor da alimentação precisaram redescobrir as possibilidades das vendas online para que seja possível a sobrevivência de sua empresa nesse momento de pandemia. Com isso, o aumento de oportunidades de compras feitas sem sair de casa, aumentou significativamente, assim o consumo, especialmente para aqueles que não conseguem ter controle sobre o impulso de comprar, foi bastante estimulado. O que precisamos ter em mente é que as pessoas que possuem compulsão por compras podem adquirir além dos produtos que necessitam outros que jamais precisarão ou em quantidades que não é possível consumir. 

Caso você perceba que compra de forma impulsiva, uma maneira de auxiliar para que as suas compras não sejam feitas de forma compulsiva, você pode:

  • Tentar manter o controle no momento da compra sempre pensando se aquele produto é algo que você realmente esteja precisando nesse momento. Ver o produto e deixar para comprá-lo amanhã pode ser uma forma de evitar as compras desnecessárias
  • Manter a sua rotina. Mas especialmente busque atividades que não necessitem da internet. Tenha um momento destinado à execução das suas atividades do trabalho, as atividades físicas, meditação, atividades sem o uso da internet que te gere prazer, momentos de interação com os seus pets e com os seus filhos, etc. 
  • Tenha tempo para interação com as pessoas que estão distantes de você por causa do isolamento, mas que são importantes para você. Uma boa opção pode ser fazer uma ligação para elas
  • Tente não ter um excesso de informações sobre o coronavírus e compreenda que é normal temer o futuro especialmente nesse momento que estamos vivendo. Mas tenha cuidado para não fazer compras como forma compensatória para esse temor.
  • Evite seguir nas redes sociais, pelo menos por enquanto, os perfis que vendem algo como as lojas de roupa, calçados, produtos de decoração ou comida. 

Caso você já tenha um diagnóstico de oniomania o tratamento pode ser feito com o auxilio de alguns profissionais. É interessante que você mantenha ou busque caso ainda não faça, o acompanhamento psicoterápico para que você possa compreender quais os “gatilhos” que causam esse descontrole e o comportamento compulsivo no momento das compras e te auxiliar com as questões financeiras que surgiram a partir da compulsão por compras. É importante também que a pessoa que sofre com esse transtorno, busque o acompanhamento medicamentoso com um psiquiatra. E em casos onde as dívidas causadas pelo uso descontrolado do cartão de crédito ou a excessiva utilização de empréstimos, por exemplo, pode ser necessária também a ajuda de um economista. 

O importante, especialmente nesse momento de isolamento social, é entender se o seu comportamento diante das inúmeras ofertas está saudável ou não. E caso sua resposta não seja positiva, não tenha receio em buscar ajuda. 

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

O estresse na pandemia e a compulsão por compras

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre O estresse na pandemia e a compulsão por compras, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Christina Daret, aqui no Blog.
Psicóloga, pós graduada em Terapia Cognitivo Comportamental. Apaixonada pela Psicologia e o atendimento clínico. Adora viajar e estar com a família. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: O estresse na pandemia e a compulsão por compras.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mães-Narcisistas
Mães Narcisistas

Mães Narcisistas

O termo “narcisismo” já faz parte da cultura ocidental há mais de século. Tem origem no mito grego de Narciso, rapaz jovem e orgulhoso cuja beleza era admirada por todos. Em uma caminhada ao lado de um rio, Narciso vê seu reflexo na água pela primeira vez. Apaixonado pela própria imagem, ele se mantém junto ao rio para melhor apreciá-la. Por recusar-se a abandoná-la, Narciso morre no local, admirando a si mesmo.
Insonia
Insônia

Insônia

Algumas pessoas enfrentam dificuldades na hora de dormir, seja para iniciar ou manter o sono, como por exemplo, acordam muito mais cedo do que estão habituadas e não conseguem voltar a dormir, acordam no meio da noite ou dormem durante toda a noite e acordam com a sensação de cansaço. Assim, a insônia é caracterizada como a incapacidade de conciliar o sono, seja para adormecer ou permanecer dormindo. “É possível identificar suas causas?” Sim, em sua maioria são consideradas psicofisiológicas.
Ensine seu filho(a) a lidar com as emoções
Ensine seu filho(a) a lidar com as emoções

Ensine seu filho(a) a lidar com as emoções

As crenças dos pais e cuidadores influenciam diretamente em como as crianças irão enxergar o mundo, o outro e principalmente a si mesmas. Todos nós temos nossos medos, ansiedades, sentimos raiva, tristeza e para cada um de nós as emoções têm uma intensidade, um significado e um motivo para que elas se expressem. Ensinar os pequenos a reconhecer as emoções, é muito importante para que tenhamos pessoas mais inteligentes emocionalmente.

Metáfora do alarme desregulado e a ansiedade

Pra que serve um alarme em casa? Para dar segurança e avisar quando a casa é invadida, por exemplo. Imagina se esse alarme está desregulado e ele começa a disparar quando não tem invasão ou até mesmo quando um amigo seu vem te visitar.
Leia mais
Metáfora do alarme desregulado e a ansiedade blog casule

O que é a terapia de Aceitação e Compromisso (ACT) e como ela pode te ajudar

A Terapia de Aceitação e Compromisso ou ACT (Acceptance and Commitment Therapy) foi desenvolvida nos Estados Unidos pelo psicólogo Steven Hayes e por seus colegas Kelly Wilson e Kirk Strosahl. Ela tem se mostrado altamente eficaz na solução de uma série de problemas, desde depressão, ansiedade, dor crônica e até mesmo vício em drogas.
Leia mais

Por que não dá para fugir do que te causa ansiedade?

Um comportamento muito comum em quem sofre de ansiedade é fugir do que a causou. Para uma pessoa que tem medo de falar em público – que tem crises de ansiedade só de pensar que vai estar na frente de uma plateia falando sobre algum assunto – recusar um convite para dar a palestra vai trazer um alívio imediato dos sintomas. Mas será que o problema foi resolvido?
Leia mais

Quando eu devo perdoar meu parceiro?

A reposta para esta pergunta é SEMPRE! Sempre Cris? Mas ele não merece!!! O perdão não é para ele… porque ele merece… é para você! Porque você merece PAZ! Te explico melhor aqui neste vídeo. Vem Comigo!!!
Leia mais

Como ter inteligência emocional?

Quanto maior a inteligência emocional, maior a qualidade das relações e interações sociais. Você já parou para pensar como podemos ter mais inteligência emocional?
Leia mais

Rede Social x Saúde Mental

Existem muitas pesquisas que relacionam problemas de saúde mental, principalmente depressão e ansiedade, com o uso excessivo das redes sociais. Mas o que acontece para que um número cada vez maior de pessoas se sinta atraída como se estivessem hipnotizadas, mesmo sabendo o quanto esse hábito em excesso pode ser prejudicial à saúde mental?
Leia mais

Como lidar com a Ansiedade diante da chegada de um Novo Ano?

A chegada do Ano Novo traz consigo a ideia de Recomeço! Para muitas pessoas, representa esperança, prosperidade e expectativas positivas para ”uma nova vida”. Nessa época, também é comum nos sentirmos ansiosos pela vontade de renovação e mudança. Mas, não podemos nos esquecer que a Ansiedade é uma sensação normal e nem sempre ruim. Ela faz parte do nosso instinto de proteção e nos prepara para lidar com as situações de perigo ou estresse.
Leia mais
Como lidar com a Ansiedade diante da chegada de um Novo Ano

Você reclama demais?

Você já parou para reparar quantas vezes você reclamou hoje? O nosso dia a dia está cada vez mais cheio de obrigações e afazeres. Muitas vezes o cansaço e as preocupações fazem com que façamos das reclamações um hábito. Se você se identificou com esse conteúdo, assista ao vídeo.
Leia mais
Voce Reclama Demais blog casule

Como sair do efeito platô?

Você já percebeu que, no processo de emagrecimento, a perda de peso costuma ser ótima nos primeiros meses, mas depois estaciona? Por que será que isso acontece? E como evitar tal efeito platô e continuar a ter resultados? É isso que a nutricionista Isa Polastri explica no vídeo de hoje.
Leia mais
Como-sair-do-efeito-plato-BLOG
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This