Disfunção erétil: saiba como superar em qualquer idade!

Atualizado em 27/10/2015
Por Redatora Casule

Disfunção erétil: saiba como superar em qualquer idade!

Atualizado em 27/10/2015
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Disfunção erétil: saiba como superar em qualquer idade!

 

Parceria, sempre!

Para o urologista do , Tiago Soares Bissonho, é comum o homem procurar o médico quando começa a se sentir incomodado com a situação ou se a própria companheira passa a reclamar. Para ele, os parceiros (as) precisam se envolver de forma solidária. “A parceira (o) tem de ser parceira (o). Procurar estimular o companheiro. A gente percebe, em muitos casos, a cobrança, mas quando há essa parceira a situação tende a ser mais fácil”, aponta.

Parceira (o) tem de ser parceiro (a), orienta médico

De acordo com o médico, existe uma lista de diferentes razões para explicar a disfunção erétil. As principais, contudo, resumem-se a causas orgânicas ou motivos psicológicos. Segundo o urologista, quando a causa é orgânica o problema pode estar relacionado à arteroesclerose (acúmulo de placas de gordura nas paredes das artérias), diabetes, problemas nos nervos, obesidade, deficiência hormonal ou até consequência de cirurgia de próstata e câncer pélvico.

“Geralmente, são pacientes mais velhos. O problema vai acontecendo ao longo dos anos. A disfunção erétil de causa orgânica é reflexo de uma situação acumulativa”, explica Bissonho.

Todas as idades

Conforme o médico, em homens mais jovens, a partir de 18 anos, é mais comum a doença ser causada em função de distúrbios psicológicos como depressão, estresse elevado e autoestima baixa. O médico aponta uma forma de identificar mais facilmente se a origem do problema é orgânica ou psicogênica. É comum o homem ter ereção involuntária durante a noite devido ao acúmulo de urina. Quando isso para de acontecer, pode ser um indicador de que a causa da doença é orgânica. “Mas se isso ocorre e mesmo assim o paciente tem disfunção erétil, é um sinal de que o problema não é no pênis em si. O sistema está preservado. O problema é no comando”, orienta.

O tratamento será de acordo com a origem da disfunção erétil. Ele adianta, entretanto, que é necessário mudar velhos hábitos alimentares e fazer atividade física. No caso orgânico, principalmente, o paciente recebe medicações via oral, o mais conhecido é o comprimido Viagra. Se o problema for mais sério, pode ser preciso aplicar injeções no pênis. Nenhum dos dois tratamentos anteriores, porém, resulta na cura. Somente uma cirurgia pode curar a disfunção erétil em definitivo. “É colocada uma prótese peniana e o homem passa a ter ereção 100% do tempo”, resume.

terapia-online-casule-banner

Problema tem causas psicológicas e orgânicas

Motivos psicológicos

Para a psicóloga Marcela Clementino, também , é preciso respeitar a particularidade de cada paciente. Quando os pacientes apresentam disfunção, é realizada uma avaliação psicológica, por meio de entrevistas, para verificar e investigar as causas do problema.

Ela concorda que o engajamento do parceiro(a) é fundamental para a recuperação do homem, sobretudo se a causa da disfunção for psicológica. “Essas entrevistas são com o homem e também com a parceira (o). Ela (o) é parte integrante do processo”.

A psicóloga acredita que, até nos casos de origem orgânica, é imprescindível trabalhar a parte psicológica do paciente. “Ele fica inseguro, com medo, perde autoestima e a confiança. Paralelo ao que os exames fisiológicos apontarem, será preciso realizar a psicoterapia para o problema não se manifestar pelos dois lados”, indica.

O psicológico das companheiras (os) também deve ser acompanhado. “Muitas vezes a companheira (o) acredita que o problema está neles (as), daí a necessidade de o trabalho ser conjunto com o casal”, explica Marcela.

Para a psicóloga, aos poucos, preconceitos relacionados ao sexo estão sendo derrubados, sobretudo no universo masculino. “As questões sexuais tendem a ser um tabu. É importante termos iniciativas como o ‘Novembro Azul’ para que os homens saibam que existem profissionais e métodos para cuidar de problemas como esse. É essencial esse tipo de campanha para que ele busque ajuda”, recomenda.

FONTE:http://g1.globo.com/ceara/especial-publicitario/hapvida/noticia/2014/11/disfuncao-eretil-saiba-como-superar-em-qualquer-idade.html

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Disfunção erétil: saiba como superar em qualquer idade!

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Disfunção erétil: saiba como superar em qualquer idade!, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Disfunção erétil: saiba como superar em qualquer idade!.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mães-Narcisistas
Mães Narcisistas

Mães Narcisistas

O termo “narcisismo” já faz parte da cultura ocidental há mais de século. Tem origem no mito grego de Narciso, rapaz jovem e orgulhoso cuja beleza era admirada por todos. Em uma caminhada ao lado de um rio, Narciso vê seu reflexo na água pela primeira vez. Apaixonado pela própria imagem, ele se mantém junto ao rio para melhor apreciá-la. Por recusar-se a abandoná-la, Narciso morre no local, admirando a si mesmo.
Insonia
Insônia

Insônia

Algumas pessoas enfrentam dificuldades na hora de dormir, seja para iniciar ou manter o sono, como por exemplo, acordam muito mais cedo do que estão habituadas e não conseguem voltar a dormir, acordam no meio da noite ou dormem durante toda a noite e acordam com a sensação de cansaço. Assim, a insônia é caracterizada como a incapacidade de conciliar o sono, seja para adormecer ou permanecer dormindo. “É possível identificar suas causas?” Sim, em sua maioria são consideradas psicofisiológicas.

Compulsão por trair existe?

O que é traição para você? Será que quem trai uma vez, vai trair sempre? Isso é uma doença? Você perdoaria uma traição? E mais de uma?
Leia mais
Compulsão-por-trair-existe-BLOG

Os Efeitos Psicológicos da Pandemia

Muito se fala sobre os impactos físicos que o Covid-19 pode trazer ao corpo. Mas ainda é pouco falado sobre o agravamento dos quadros de transtornos mentais que a Pandemia gerou.
Leia mais

Metáfora do alarme desregulado e a ansiedade

Pra que serve um alarme em casa? Para dar segurança e avisar quando a casa é invadida, por exemplo. Imagina se esse alarme está desregulado e ele começa a disparar quando não tem invasão ou até mesmo quando um amigo seu vem te visitar.
Leia mais
Metáfora do alarme desregulado e a ansiedade blog casule

O que é a terapia de Aceitação e Compromisso (ACT) e como ela pode te ajudar

A Terapia de Aceitação e Compromisso ou ACT (Acceptance and Commitment Therapy) foi desenvolvida nos Estados Unidos pelo psicólogo Steven Hayes e por seus colegas Kelly Wilson e Kirk Strosahl. Ela tem se mostrado altamente eficaz na solução de uma série de problemas, desde depressão, ansiedade, dor crônica e até mesmo vício em drogas.
Leia mais

Por que não dá para fugir do que te causa ansiedade?

Um comportamento muito comum em quem sofre de ansiedade é fugir do que a causou. Para uma pessoa que tem medo de falar em público – que tem crises de ansiedade só de pensar que vai estar na frente de uma plateia falando sobre algum assunto – recusar um convite para dar a palestra vai trazer um alívio imediato dos sintomas. Mas será que o problema foi resolvido?
Leia mais

Quando eu devo perdoar meu parceiro?

A reposta para esta pergunta é SEMPRE! Sempre Cris? Mas ele não merece!!! O perdão não é para ele… porque ele merece… é para você! Porque você merece PAZ! Te explico melhor aqui neste vídeo. Vem Comigo!!!
Leia mais

Como ter inteligência emocional?

Quanto maior a inteligência emocional, maior a qualidade das relações e interações sociais. Você já parou para pensar como podemos ter mais inteligência emocional?
Leia mais

Rede Social x Saúde Mental

Existem muitas pesquisas que relacionam problemas de saúde mental, principalmente depressão e ansiedade, com o uso excessivo das redes sociais. Mas o que acontece para que um número cada vez maior de pessoas se sinta atraída como se estivessem hipnotizadas, mesmo sabendo o quanto esse hábito em excesso pode ser prejudicial à saúde mental?
Leia mais

Como lidar com a Ansiedade diante da chegada de um Novo Ano?

A chegada do Ano Novo traz consigo a ideia de Recomeço! Para muitas pessoas, representa esperança, prosperidade e expectativas positivas para ”uma nova vida”. Nessa época, também é comum nos sentirmos ansiosos pela vontade de renovação e mudança. Mas, não podemos nos esquecer que a Ansiedade é uma sensação normal e nem sempre ruim. Ela faz parte do nosso instinto de proteção e nos prepara para lidar com as situações de perigo ou estresse.
Leia mais
Como lidar com a Ansiedade diante da chegada de um Novo Ano
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This