Compulsão-Alimentar-blog-casule

Compulsão Alimentar

Atualizado em 20/01/2020
Por Renata Giovannini

Compulsão Alimentar

Atualizado em 20/01/2020
Por Renata Giovannini
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Compulsão Alimentar

A compulsão alimentar é um desvio de comportamento muito comum, e que pode trazer sérios prejuízos para a saúde do indivíduo. Em todos os casos de Transtorno Alimentar são comuns os pensamentos supervalorizados, automáticos e disfuncionais relacionados ao peso, ao formato do corpo, e ao valor íntimo e pessoal. Um fato que contribui muito para a evolução desse tipo de comprometimento é o fato de que na sociedade atual, estamos frequentemente expostos à ideia alterada de que as pessoas valem o quanto elas pesam, ou seja, o número da balança.

O Transtorno Compulsivo Alimentar (TCA) é caracterizado por episódios recorrentes onde a pessoa perde o controle sobre a comida e passa a ingerir qualquer alimento compulsivamente. Geralmente está muito relacionado com o Comportamento de Impulso, onde há uma tensão muito forte que precisa ser aliviada. Dessa forma, a energia dessa tensão precisa ser colocada pra fora. E aí tem-se o comportamento compulsivo como forma de aliviar tal tensão.

Indivíduos com TCA, no geral, apresentam alguns comportamentos como forma de sintomas, tais como dietas frequentes, preocupação com peso, insatisfação com roupas, ¨sumiço¨ de grande quantidade de alimentos repentinos, além de possuírem o hábito de esconder alimentos e até mesmo de roubá-los. Comem mais rápido que o normal, até se sentirem muito cheios, mesmo sem estar fisicamente com fome. 

A qualidade das refeições também é um aspecto que precisa ser levado em conta, visto que há um grande consumo de sobremesas e fast-foods, alimentos muito gordurosos, de fácil acesso e fáceis de serem mastigados. Em algumas situações, terminam as refeições com a família e se escondem para que ninguém os veja comendo mais. Não são episódios diários, mas acontecem por pelo menos 3 vezes na semana, e não estão relacionados ao comportamento compensatório, mas sim à um grande desespero em suprir o vazio emocional, ou aliviar a tensão e o estresse ao qual são submetidos diariamente. Vale lembrar que esses indivíduos possuem uma grande vergonha em assumir o comportamento e pedir ajuda. 

A qualidade das refeições também é um aspecto que precisa ser levado em conta.

O tratamento do TCA envolve o acompanhamento psicológico e nutricional, uma vez que os prejuízos estão relacionados a uma alteração no consumo de alimentos que podem levar à vários comprometimentos à saúde física e psíquica. É necessário, então, que os dois profissionais estejam em sintonia na busca pela diminuição das compulsões, na melhoria da qualidade de vida, e do enfrentamento da imagem corporal.

terapia-online-casule-banner

A Psicoterapia irá trabalhar com os registros alimentares, com objetivo de saber quais são as causas ou as situações que antecedem o ato compulsivo pela comida. Esses fatores podem incluir aspectos neurobiológicos, como a alteração das funções executivas, geradas por comprometimentos no lobo frontal cerebral. Entretanto, também podem ser desencadeadas por fatores emocionais, afetivos e cognitivos.

Além disso, o tratamento psicoterapêutico também tem como objetivo a modificação do sistema de crenças que geram sentimentos de desvalia e insegurança, incluindo os pensamentos distorcidos como desqualificação dos aspectos positivos, rotulação, culpa excessiva, comparações injustas, raciocínio emocional negativo e previsões de futuro também negativas e irreais. O desconforto e a angústia são muito frequentes na vida do indivíduo com compulsão alimentar, uma vez que ele tem a consciência do excesso, mas ainda assim não consegue ter controle durante o ato.

Outro método de trabalho que visa a modificação dos hábitos alimentares, é a introdução de atividades físicas, e a diminuição do impacto negativo de tais atividades, pois o corpo, em exercício, naturalmente produz mais serotonina e endorfina, que são os neurotransmissores relacionados à sensação de bem-estar e que ajudam a reduzir o impacto dos momentos de estresse e de ansiedade. 

O comportamento alimentar está inserido nas atitudes. Portanto, a relação com alimento não pode ser denominada um comportamento, pois as crenças, os pensamentos e os sentimentos, não envolvem uma ação, mas sim, a razão das atitudes alimentares não saudáveis.

Fique atento aos sinais! Procure ajuda!

¨Nem toda dieta leva a um transtorno alimentar, mas todo transtorno alimentar começa por uma dieta.¨ (Sophie Dheran).

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Compulsão Alimentar

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Compulsão Alimentar, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Renata Giovannini, aqui no Blog.
Psicóloga, Terapeuta Cognitivo Comportamental, pós graduada em Avaliação Psicológica. Encantada pela profissão e pelo cuidado com o outro. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Compulsão Alimentar.


0 comentários

Relacionamento-à-distância-dá-certo-BLOG
Relacionamento a distância dá certo?

Relacionamento a distância dá certo?

Neste vídeo, nossa psicóloga Cristiane Schumann fala sobre as principais dificuldades enfrentadas por casais de se relacionam à distância. Dra. Cristiane explica, por exemplo o aumento das desconfianças, ciúmes e conflitos que o casal passa a ter. E dá dicas espetaculares para amenizar os afeitos da distância, da insegurança e da saudade.
Mitos e verdades sobre a psicoterapia
Mitos e verdades sobre a psicoterapia

Mitos e verdades sobre a psicoterapia

Apesar de a psicoterapia estar ganhando seu merecido espaço na atualidade, ainda existem pessoas que resistem a procurar ajuda de um profissional quando têm algum tipo de sofrimento psíquico, seja ele no âmbito pessoal, seja nos relacionamentos. Atualmente, estamos falando mais sobre a importância da saúde mental e de cuidar das emoções, mas é importante desmitificar alguns pontos que ainda persistem.
ativação mental da depressão
Ativação comportamental na depressão

Ativação comportamental na depressão

A depressão é um tipo de transtorno mental que pode se tornar incapacitante dependendo do nível de adoecimento psíquico que o indivíduo se encontra. É caracterizado pela alteração de humor, sendo presente sentimentos de tristeza, apatia, vazio ou irritabilidade, acompanhado de alterações somáticas e cognitivas que afetam de forma significativa a capacidade de funcionamento do indivíduo, podendo estar associada a pensamentos suicidas.

As 4 formas mais comuns de violência infantil

Embora a violência infantil seja um assunto difícil de ser abordado, seu debate é de extrema importância. Em primeiro lugar porque ela está presente no cotidiano de muitas crianças e adolescentes brasileiros, se mostrando como um grande problema de saúde pública, além disso, ela pode afetar profundamente a vida das vítimas.
Leia mais
4-formas-mais-comuns-de-violencia-infantil-BLOG

Adoecimento Psicológico causado pela Pandemia

Desde o início da pandemia, ouvimos falar muito sobre os efeitos do vírus no corpo e suas possíveis consequências físicas. Pouco se fala sobre o aumento de pessoas com adoecimento emocional, manifestados exatamente por esse período de isolamento, medo, angústias e dúvidas.
Leia mais
Adoecimento Psicológico causado pela Pandemia

Quando a ansiedade se torna um problema?

Você tem sofrido com ansiedade? Sabe quando ela se torna um problema? Nesse vídeo te explico o que é a ansiedade e te ajudo a identificar quando ela se torna prejudicial em nossas vidas.
Leia mais
Quando-a-ansiedade-se-torna-um-problema-BLOG

O que fazer diante de uma escolha difícil?

Alguma vez na vida já tivemos que lidar com um dilema ou uma decisão difícil. Quando estamos nessas situações, nossa mente facilmente entra em ação, tentando descobrir o que fazer, para "fazer a decisão correta".
Leia mais
O-que-fazer-diante-de-uma-escolha-dificil

Você sabe o que é fibromialgia?

A fibromialgia é uma síndrome que tem afetado muitas pessoas, principalmente mulheres entre os 30 e 50 anos. Ela é caracterizada pelo aumento da sensibilidade dolorosa em diversos pontos do corpo e acompanha também alguns outros sintomas como: distúrbio do sono, fadiga, ansiedade e depressão.⁣
Leia mais
Você sabe o que é fibromialgia

Sempre antecipo que algo ruim vai acontecer

Você é daquelas pessoas que sempre fica ansiosa e antecipa que algo ruim, catastrófico vai acontecer... que ao criar expectativas, associa a elas um tom de negatividade, de que possivelmente não dará certo?
Leia mais
Antecipação-negativa-BLOG
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This