fbpx

Como parar de se fazer de vítima!

Atualizado em 18/11/2015
Por Redatora Casule

Como parar de se fazer de vítima!

Atualizado em 18/11/2015
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como parar de se fazer de vítima!

casule-psicologia-se-faz-de-coitado

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert
  • Colocar-se no papel de vítima é sempre muito destrutivo, representando uma mentalidade distorcida formada por pensamentos sombrios e negativos. Quem se sente vítima acredita que a vida é injusta, que não tem sorte e nunca é bem sucedido por circunstâncias externas que não consegue definir bem e, pior, está sempre responsabilizando os outros e até Deus por seus infortúnios. Alguns ainda atribuem seu fracasso a si mesmo, mas não se dispõem ao acerto por se considerarem incapazes disso.

  • Afirmações negativas

    Pessoas assim costumam afirmar em pensamentos e palavras algo do tipo: “Deus está sempre contra mim” ou “Pobre de mim” ou “Tudo dá errado para mim” ou “Só a mim me acontecem estas coisas” ou, ainda, “Ninguém gosta de mim”. Essas afirmações prejudicam a pessoa nas várias áreas da sua vida, assim, caso você identifique essa tendência em você melhor se livrar disso rapidamente.

  • Acredite em mudanças

    É preciso que você olhe a sua volta com desprendimento e perceba que as mudanças acontecem a cada momento, mas é preciso que você as direcione para a sua vida. Lembrando a frase de Ayrton Senna “Quando você não está feliz é preciso ser forte para mudar, resistir a tentação do retorno. O fraco não vai a lugar nenhum“. Invista na sua autoestima, procurando agir de acordo com o que considera admirável; busque desenvolver a autoconfiança e não demore a procurar ajuda profissional caso perceba dificuldades de agir assim sozinho. O importante é que você busque a sua fortaleza interior, que encontre caminhos que o levem a crer em suas potencialidades e em um poder superior que o sustente e auxilie.

  • Afirmações positivas

    Toda mudança se inicia no pensamento e, portanto, suas afirmações precisam ser a primeira coisa a se transformar. Troque pensamentos negativos por positivos sempre que eles ocorram em sua mente. Suas afirmações devem ser do tipo: “Eu posso” ou “Sou uma pessoa abençoada” ou “Deus me ama” ou “Sou especial e grata à vida”. A mente, dessa forma, harmoniza-se e entra em sintonia com vibrações capazes de atrair coisas boas. Quando você se permite perceber isso se sente mais autoconfiante e instigado a assumir o seu papel de gestor da própria vida.

  • Gratidão

    Pessoas gratas jamais se sentem vítimas, pois reconhecem e valorizam o que é bom em suas vidas, optando pelo otimismo e boa disposição. A gratidão é um passo importante para a superação da mentalidade de vítima, pois, coloca a pessoa em situação ativa na própria vida. Quem é grato sempre atrai bons pensamentos e, consequentemente, boas ações. A gratidão muda as lentes de quem se vê vítima e proporciona um novo olhar para si mesmo e para a própria vida.

  • Assuma suas responsabilidades

    Todos têm dificuldades e passam por momentos difíceis, você nem é o único e nem o que mais sofre, mas ao atribuir isso à má sorte ou aos outros só consegue piorar tudo. No entanto, assumindo as responsabilidades por dar a sua vida a direção que deseja, tornar-se-á muito mais forte e resoluto. Assim, tome o leme de sua vida e busque o que deseja com dedicação, empenho e fé.

FONTE:http://familia.com.br/superacao/como-parar-de-se-fazer-de-vitima

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert
Casule Play

Como parar de se fazer de vítima!

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Como parar de se fazer de vítima!, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Como parar de se fazer de vítima!.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quero-emagrecer-por-onde-começo
Quero emagrecer, por onde começo?

Quero emagrecer, por onde começo?

Chás emagrecedores, dietas milagrosas, produtos caríssimos: quem de nós nunca recorreu a estes artifícios para emagrecer? No vídeo de hoje a nutricionista Isa Polastri traz três dicas de como iniciar e se manter nesse processo de maneira efetiva, com passos simples, leves e seguros.
Saúde-mental-e-as-redes-sociais
Saúde mental e as redes sociais

Saúde mental e as redes sociais

Existem muitas pesquisas que relacionam problemas de saúde mental, principalmente depressão e ansiedade, com o uso excessivo das redes sociais. E não é pra menos que este assunto se tornou corriqueiro nas rodas de conversa. Mas o que acontece para que um número...

treine sua assertividade
Treine sua assertividade

Treine sua assertividade

Muito se fala sobre os tipos de comportamentos e a importância dos modelos de comunicação, sejam eles passivo, assertivo ou agressivo, mas você já parou para pensar como você costuma se posicionar?
Por-que-alguns-casais-se-recuperam-de-uma-traição-e-outros,-não
Por que alguns casais se recuperam de uma traição e outros não?

Por que alguns casais se recuperam de uma traição e outros não?

Descobrir que os votos de fidelidade foram quebrados causa muita dor. Esse sentimento é forte porque a relação amorosa é uma das mais íntimas que estabelecemos e isso faz com que tudo o que é vivenciado nela seja muito intenso. A infidelidade é ser traído naquilo que é mais íntimo e que gera tanta expectativa, ao mesmo tempo em que começamos a nos questionar aonde nós falhamos e se fomos incompetentes em cuidar da relação.
Você-sabe-o-que-é-consciência-emocional
Você sabe o que é consciência emocional?

Você sabe o que é consciência emocional?

Estamos o tempo todo prestando atenção nos sinais que o nosso corpo manda. É febre, dor de cabeça, prisão de ventre... A consciência emocional é quando agimos assim com as nossas emoções. É prestar atenção no que estamos sentindo, reconhecendo e dando nome às emoções que se manifestam com mais intensidade quando passamos por determinadas situações.

Como identificar que seu filho precisa de psicoterapia?

A infância é uma fase marcada por transformações e crescimentos, tanto no âmbito físico quanto no emocional. É uma fase do desenvolvimento e maturação neurocognitiva de grande importância. A família precisa estar atenta as respostas comportamentais e emocionais. Os motivos para buscar a Psicoterapia na infância são diversos. A psicoterapia infantil é um caminho para ajudar a criança a lidar com essas questões. Estimular para que aprendam a lidar de forma funcional com o conjunto de emoções, pensamentos e comportamentos desencadeados nas mais diversas situações.
Leia mais
Como-identificar-que-seu-filho-precisa-de-psicoterapia

Alimentação pode minimizar os sintomas da menopausa

A menopausa é uma fase da vida das mulheres que pode trazer sintomas como ondas de calor, irritabilidade, ganho de peso, depressão, entre outros. A alimentação se torna importante no manejo destes sintomas e pode promover um bem-estar geral para as mulheres.
Leia mais
alimentação-pode-minimizar-os-sintomas-da-menopausa

Como lidar com a necessidade de controle?

A necessidade de controle é um mecanismo de enfrentamento utilizado por muitas pessoas que, normalmente,são perfeccionistas, inflexíveis, rígidas. O objetivo principal desse mecanismo é obter segurança e não se sentir vulnerável com os imprevistos.
Leia mais

Como resolver sua autoestima?

Nesse vídeo vou te fornecer um instrumento que vai te ajudar a solucionar seus problemas com a sua autoestima. Tá achando que é milagre? Não! O resultado vai depender das suas atitudes, porém será satisfatório.
Leia mais
Como-resolver-sua-autoestima

Como se posicionar?

Sabe aquela pessoa que sempre se comporta de forma rígida e agressiva? Você tem dificuldade em se posicionar quando isso acontece e acaba se sentindo constrangido ou com algum receio ou trava quando alguém te trata dessa forma? Se você quer aprender a se posicionar, esse vídeo é para você!
Leia mais

Ansiedade

O medo é um sentimento inato que nasce conosco. Já a ansiedade é um sentimento secundário oriundo do medo. Ela é um sentimento que todos nós temos, não há ninguém que tenha uma ansiedade zero. Assim sendo, a ansiedade basal de todos os seres humanos estão sempre maior que zero.
Leia mais

Como reduzir a celulite

A celulite é um processo de desestruturação em que a pele perde seu aspecto firme. Atualmente afeta cerca de 98% das mulheres de todo o mundo. Será que a alimentação pode contribuir na diminuição da celulite? A resposta é SIM e pode ser mais fácil do que você imagina! Assista ao vídeo completo e saiba como.
Leia mais
Como reduzir a celulite

Dicas para melhorar a sua Autoestima

Autoestima é uma auto avaliação positiva ou negativa, envolvendo o sentimento acerca de si próprio (como eu me sinto) e o autojulgamento a partir do que a sociedade impõe (como ''devo'' me sentir).
Leia mais
Dicas para melhorar a sua Autoestima

Você pensa sobre seus medos?

O medo é um estado emocional muito importante, associado ao nosso mecanismo de proteção, sobrevivência e adaptação. Os medos estão relacionados a característica do objeto, contexto ou situação temida, mas também a avaliação subjetiva desses fatores. A forma como pensamos as situações, impacta diretamente em como nos sentimos e lidamos com elas. O que acha de avaliarmos nossos medos?
Leia mais
Você-pensa-sobre-seus-medos
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This