Vamos-falar-de-saúde-mental-blog-casule

Vamos falar de saúde mental?

Atualizado em 20/12/2019
Por Redatora Casule

Vamos falar de saúde mental?

Atualizado em 20/12/2019
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Vamos falar de saúde mental?

As discussões acerca da saúde mental são inúmeras, podendo variar sobre seus impactos biológicos, sociais e até mesmo econômicos. Trata-se de um assunto que desperta diferentes posicionamentos, devido a sua complexidade e seu caráter multifatorial. 

Um dos pontos principais a se destacar sobre a saúde mental é sua característica “invisível”, ou seja, de difícil observação direta. Quando uma pessoa possui alguma limitação física, a empatia se torna mais fácil, devido à evidente dificuldade enfrentada pela pessoa; já nos transtornos psicológicos, esse comprometimento não é evidente fisicamente, o que exige uma elaboração maior para que os outros possam entender seu sofrimento, e até mesmo para que a sociedade crie expectativas realísticas sobre sua capacidade de enfrentamento. Esse fator colabora, junto com outros fatores, com a baixa compreensão do problema, e consequentemente baixa aceitação do processo. 

Os fatores relacionados à saúde mental envolvem aspectos biológicos, sociais, cognitivos e contextuais. Dessa forma, sua manifestação pode se apresentar de formas bem variadas, e está altamente interligada à qualidade de vida. A avaliação da qualidade de vida, por sua vez, é algo bem particular, mas podemos considerar fatores que envolvem esse julgamento, como: saúde física, qualidade do sono, alimentação, estados psicológicos e emocionais, relações interpessoais e profissionais, que consequentemente farão parte da saúde mental. 

terapia-online-casule-banner

Para os transtornos psicológicos, existem tratamentos de diferentes impactos, mas que podem juntos auxiliar no processo terapêutico. O uso de medicações específicas para cada caso e as psicoterapias são as principais indicações. Uma dificuldade geral nesse processo é a aceitação do problema pela própria pessoa e dos ciclos sociais sobre a importância do tratamento, a fim de diminuir rótulos associados, como: “isso é coisa de doido”, “isso é fraqueza”, “isso é para pessoas que não sabem resolver seus problemas”; o que tem dificultado o acesso de pessoas ao tratamento e sua permanência no tempo necessário. 

A saúde mental, assim como a saúde física, impacta significativamente as áreas da vida, alterando o desempenho profissional e acadêmico, bem como o interpessoal e afetivo. Sendo assim, não deve ser negligenciado, pois além do sofrimento pessoal, impacta os ciclos de convivência, podendo agravar ainda mais a qualidade de vida dos que estão próximos do indivíduo em sofrimento. 

A sociedade não parece entender bem o que é saúde mental, ou a falta dela, e por isso os rótulos ainda estão presentes no julgamento do problema. O entendimento e a abertura para o assunto têm sido de fundamental importância para que pessoas possam ser ajudadas.


Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Vamos falar de saúde mental?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Vamos falar de saúde mental?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Vamos falar de saúde mental?.

0 comentários

Como tratar a Fobia Social
Como tratar a Fobia Social

Como tratar a Fobia Social

A ansiedade ou fobia social é quando a pessoa no contato social, no contato com o outro tem o seu objeto fóbico de medo, de ansiedade. Assim, qualquer circunstância que ela precise se expor a uma situação social desde as mais simples, como por exemplo, cumprimentar alguém, fazer ou receber um elogio, ela já sente uma ansiedade extrema e com sintomas físicos.
Fome fisiológica versus Fome emocional
Fome fisiológica x Fome emocional

Fome fisiológica x Fome emocional

Não é incomum se deparar com situações e períodos estressantes na vida da maioria das pessoas e uma das primeiras consequências é sair da dieta. Por essa razão a fome fisiológica (homeostática) muitas vezes pode ser confundida com a fome emocional (hedônica). E como diferenciá-las?

O tripé da Autoestima?

Autoestima é um dos assuntos mais falados no momento. E, apesar de aparecer sempre muito atrelado à autoimagem (forma como o indivíduo se enxerga), ela é muito mais que isso.
Leia mais
O tripé da Autoestima

Dicas para lidar com a insônia

Você sabia que os nossos comportamentos e atitudes durante o dia estão totalmente ligados com o nosso sono? Por isso, nesse vídeo, abordei quais são os tipos de insônia, e sugeri algumas mudanças para que você pode adaptar a sua rotina, e como consequência, melhorar a qualidade do seu sono.
Leia mais
Dicas-para-lidar-com-a-Insônia

Objetivos da Orientação Profissional

A Orientação Profissional é um processo de avaliação que auxilia qualquer pessoa, independente da idade, a escolher uma faculdade ou um curso profissionalizante, e até mesmo mudar de carreira.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This