Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): o que é e quais são os tipos?

Atualizado em 18/08/2015
Por Nayara Benevenuto

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): o que é e quais são os tipos?

Atualizado em 18/08/2015
Por Nayara Benevenuto
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): o que é e quais são os tipos?

02691362a_g

Assim como muita gente chama de depressão o que é apenas tristeza e de crise de pânico uma situação de muito medo, dizer “Isso é TOC” também é muito comum quando alguém quer se referir a um comportamento repetitivo de alguém. Gosto de esclarecer sobre essas coisas e agora vamos entender um pouco o que exatamente é o Transtorno Obsessivo-Compulsivo(TOC).

Sabe aquela verificação repetida e exagerada se o fogão está desligado, se a porta está trancada? Ou aquele comportamento de lavar as mãos excessivamente porque tudo pode estar contaminado a ponto de feri-las de tanto lavar, levantar e sentar da cadeira, abrir e fechar a porta antes de entrar, preocupação com tudo estar absolutamente simétrico? Se pensamentos ou comportamentos dessa natureza estão alterando a qualidade de vida do indivíduo, fazendo perder tempo excessivo do dia e até alterando a vida social, essa pessoa precisa de ajuda.

Primeiramente, para dizer que se trata de TOC é essencial que o indivíduo tenha um real sofrimento na vida por conta de obsessões e/ou compulsões, que pode ser algo visível, ou seja, um comportamento, ou um pensamento. Para ser mais fácil de entender, a obsessão é um pensamento que se intromete insistentemente no consciente e a compulsão se refere ao comportamento repetido. O comportamento repetido ou os rituais podem ocorrer tanto para aplacar aquele pensamento quanto pode ocorrer sem o indivíduo saber que tem algum pensamento perturbando-o. Uma característica importante no Transtorno Obsessivo Compulsivo é que o paciente sabe que aqueles pensamentos ou comportamento não fazem sentido, é o que chamamos de egodistônico, e por isso causa tanto sofrimento.

Vou citar aqui alguns dos padrões de sintomas mais comuns:

Contaminação

toc limpeza

Esse é disparado o mais comum. A obsessão é em relação ä contaminação de objetos ou alimentos, levando a pessoa a lavar as mãos, objetos e alimentos de forma excessiva. Casos de descamação  e feridas de pele são comuns. Tenho relato de paciente que alimenta-se com comida com gosto de detergente para garantir a limpeza.

Dúvida patológica/verificação

fechadura-casa

Disso falamos acima. Aquela dúvida se trancou a porta ou desligou o gás, que se segue com a verificação sucessivamente para aliviar o pensamento obsessivo da dúvida. Tenho caso de paciente que checou se fechou a tampa do açucareiro 20 vezes antes de dormir. A dúvida também pode ser em relação a qualquer coisa poder dar certo ou não, o que torna o indivíduo muito inseguro em praticamente todas as áreas mais importantes de sua vida.

Simetria

preparing the green.metaphor for service and perfection

Esse é aquele caso do indivíduo que só pode pisar em quadrantes simétricos no chão, que os livros precisam estar alinhados milimetricamente, que fazer a barba pode levar muito tempo porque tudo tem que ficar absolutamente simétrico, os quadros precisam estar perfeitamente alinhados, etc.

Pensamentos intrusivos

Pensamentos ruins

Nesses casos, em geral o paciente tem pensamentos de atos sexuais com pessoas proibidas (como filho, mãe, irmão, pai), fixação dos olhos nos genitais do outro, pensamentos agressivos como atropelar alguém, envenenar o filho, empurrar alguém escada abaixo ou outros que considere absurdo e vergonhoso. Existem ainda outros tipos de sintomas, como pensamentos relacionados a figuras religiosas, fazer sexo com Jesus Cristo ou a Virgem Maria, superstições relacionado ao azar, contar até 100 (ou outro número) antes de levantar de uma cadeira, atravessar a rua apenas quando passarem 2 carros vermelhos, por exemplo, etc.

Fonte: http://medinforme.com/transtorno-obsessivo-compulsivo/

PSICÓLOGA Especialista em terapia cognitiva-comportamental com adultos e tem formação em terapia cognitiva sexual além de atuar na avaliação bariátrica. Clique para marcar uma consulta comigo
Casule Play

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): o que é e quais são os tipos?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): o que é e quais são os tipos?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Nayara Benevenuto, aqui no Blog.
PSICÓLOGA Especialista em terapia cognitiva-comportamental com adultos e tem formação em terapia cognitiva sexual além de atuar na avaliação bariátrica. Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC): o que é e quais são os tipos?.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

Entenda o caso: mulher flagrada com mendigo

A notícia do envolvimento de uma mulher com um morador de rua trouxe muita repercussão na mídia. A mulher foi extremamente exposta e o morador de rua infelizmente teve "dias de glória". Mas o que pode explicar esse surto que a mulher teve? Neste vídeo, a Dra. Cristiane Schumann levanta algumas hipóteses e explica o que é transtorno bipolar do humor com sintomas psicóticos, em estado hipomaníaco. Lembrando que o mais importante é que saúde mental da mulher seja reabilitada e as pessoas esqueçam rápido o que aconteceu e a ajude nesse processo de recuperação.
Leia mais

Perigo! Exercícios em excesso

Neste vídeo, a Dra Cristiane Schumann fala sobre vigorexia. Um transtorno onde já uma distorção da imagem corporal e a pessoa tende a se ver menos “forte” do que ela realmente é. Com isto, há uma necessidade constante por musculação, atividade física em busca de um corpo muscularmente perfeito.
Leia mais

A importância de dizer ‘não’

Você é o amigo bonzinho que diz sim pra todo mundo? Muitas pessoas apresentam essa dificuldade de dizer não e isso pode atrapalhar nossa vida de várias maneiras. Nesse vídeo eu vou te mostrar a a importância de dizer não e te ajudar a falar sim pra você mesmo!
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This