Transtorno da personalidade esquizotípica!

Atualizado em 16/09/2015
Por Redatora Casule

Transtorno da personalidade esquizotípica!

Atualizado em 16/09/2015
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Transtorno da personalidade esquizotípica!

casule-psicologia-esquizotopica

O transtorno da personalidade esquizotípica tem como característica a evitação de relacionamentos interpessoais e grande desconforto com relacionamentos íntimos. Geralmente as pessoas com esses sintomas não tem amigos, ficam ansiosos em situações sociais se comportam de maneira que os outros consideram esquisito. Esse transtorno tem grandes semelhanças com o Transtorno da Personalidade esquizóide, (Transtorno da personalidade esquizóide), mas muitas vezes pode apresentar sintomas psicóticos, como desconfiar ou acreditar que as pessoas estão falando sobre eles, ou têm intenção de prejudicá-los.

Tendo como base o DSM-IV (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais 4º Ed) o Transtorno da personalidade esquizotípica geralmente se apresenta no início da idade adulta e deve ser identificado no mínimo, cinco dos seguintes critérios:

terapia-online-casule-banner
  •  ideias de referência;
  • crenças bizarras ou pensamentos mágicos, que influenciam o comportamento e não condizem com a cultura do indivíduo (por exemplo: supertições, crenças em lucidez, telepatia ou “sexto sentido”, em crianças e adolescentes, fantasias e crenças bizarras);
  • experiências perceptivas incomuns, incluindo ilusões;
  • pensamentos e discursos bizarros;
  • desconfiança ou ideação paranóide;
  • afeto inadequado;
  • aparência ou comportamento esquisito;
  • não ter amigos íntimos ou confidentes, exceto parentes em primeiro grau;
  • ansiedade social excessiva, que não diminui com a familiaridade e tende a estar associado a temores paranóides, em vez de julgamentos negativos sobre si próprio.

As pessoas que estão nesse grupo de transtorno, com frequência tiveram experiências de vida de rejeição, intimidação ou foram ridicularizadas. Além disso, podem ter sofrido abuso físico ou sexual na infância, o que as levou a se verem diferentes, más ou anormais. Como resultado disso, desenvolvem crenças incomuns (como pensamentos mágicos, desconfiança) ou alucinações (visuais ou auditivas) e muitas vezes adotam estratégias para confirmar essas crenças, como evitação social, extrema suspeita das situações e das pessoas.
Numa visão cognitiva, as pessoas esquizotípicas podem desenvolver crenças do tipo: “Eu sou diferente, sem valor, desinteressante e anormal” ou “As outras pessoas são cruéis, perigosas e não merecem confiança.” Também criam suposições do tipo: “Se eu tiver experiências muito incomuns, serei importante.” ou “Se eu tentar ser amigo das pessoas, elas vão me rejeitar e me enganar”.

A terapia cognitiva vai ajudar essas pessoas e reestruturarem as crenças centrais, identificando os problemas, criando habilidades e soluções para esses problemas, reduzindo a ansiedade ou depressão desencadeante do transtorno, tudo em colaboração com o paciente para melhorar sua qualidade de vida.

FONTE:http://aterapiacognitiva.blogspot.com.br/2013/01/transtorno-da-personalidade.html

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Transtorno da personalidade esquizotípica!

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Transtorno da personalidade esquizotípica!, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Transtorno da personalidade esquizotípica!.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

Entenda o caso: mulher flagrada com mendigo

A notícia do envolvimento de uma mulher com um morador de rua trouxe muita repercussão na mídia. A mulher foi extremamente exposta e o morador de rua infelizmente teve "dias de glória". Mas o que pode explicar esse surto que a mulher teve? Neste vídeo, a Dra. Cristiane Schumann levanta algumas hipóteses e explica o que é transtorno bipolar do humor com sintomas psicóticos, em estado hipomaníaco. Lembrando que o mais importante é que saúde mental da mulher seja reabilitada e as pessoas esqueçam rápido o que aconteceu e a ajude nesse processo de recuperação.
Leia mais

Perigo! Exercícios em excesso

Neste vídeo, a Dra Cristiane Schumann fala sobre vigorexia. Um transtorno onde já uma distorção da imagem corporal e a pessoa tende a se ver menos “forte” do que ela realmente é. Com isto, há uma necessidade constante por musculação, atividade física em busca de um corpo muscularmente perfeito.
Leia mais

A importância de dizer ‘não’

Você é o amigo bonzinho que diz sim pra todo mundo? Muitas pessoas apresentam essa dificuldade de dizer não e isso pode atrapalhar nossa vida de várias maneiras. Nesse vídeo eu vou te mostrar a a importância de dizer não e te ajudar a falar sim pra você mesmo!
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This