bailarina na praia

Psicologia e Dança

Atualizado em 07/07/2017
Por Redatora Casule

Psicologia e Dança

Atualizado em 07/07/2017
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Psicologia e Dança

Para usufruir de uma vida melhor é preciso estar com a saúde em dia, e ao se falar em saúde não se deve pensar apenas de maneira física.

Com o crescimento pela busca de se exercitar, a dança se tornou uma das opções mais procuradas por ser uma atividade prazerosa de se praticar, seja por profissionais ou simpatizantes.

A dança nas fases da vida

  • Infância: A criança é um ser em constante busca de conhecimento de si mesmo e daquilo que a rodeia, e a dança têm a função de permitir a criação de movimentos de livre expressão, domínio do corpo, descoberta de novos espaços e formas e condições para enfrentar novos desafios motores, sociais, afetivos e cognitivos.
  • Adolescência: Conhecida como um período de intensas mudanças e descobertas, o adolescente se encontra em uma situação de confusão de identidade. Para essa fase da vida, permanecer ou ingressar na dança permite um meio social de apoio mútuo e uma regulação das emoções como forma de prevenção da ansiedade, estresse e depressão, além de explorar capacidades do corpo e da mente.
  • Meia idade: Período de perdas e de instabilidade emocional devido às limitações que ocorrem ao longo da vida. Com isso, passa a existir a necessidade de melhorar esse processo de envelhecimento tornando a vida mais prazerosa, e a dança por ser uma atividade estimuladora surge como uma atividade física que proporciona um cuidado com o corpo, com a mente e com as relações sociais.
  • Terceira idade: A dança passou a ser uma recomendação médica não só com o objetivo de amenizar sintomas de algumas doenças como depressão, hipertensão, obesidade e osteoporose, mas também, estimular a sociabilidade e promover o bem-estar emocional e ganhos como força, ritmo, agilidade, equilíbrio e flexibilidade.

Saúde e Dança

  • Autismo: Evolução na parte de imitação, inferência em relação a emoções e sincronização.
  • Parkinson: Benefícios físicos, emocionais e sociais.
  • Esquizofrenia: Terapias de dança são altamente eficazes no tratamento de sintomas de pacientes com esquizofrenia.
  • Hipertensão: Melhora da condição médica e diminuição de sintomas.
  • Prevenção de doenças: Dança, música e literatura devem ser incentivadas com periodicidade para uma boa promoção de saúde.
  • Pacientes com implante coclear: Promove a aprendizagem de música em crianças surdas com implante coclear.

Qual a ligação da clínica de psicologia com a dança?

A terapia cognitivo comportamental é considerada uma abordagem mais estruturada e direcionada a resolver problemas atuais. Ela se 07fundamenta na mudança de pensamentos e comportamentos disfuncionais.

terapia-online-casule-banner

A psicologia clínica voltada para a dança pode cuidar de algumas questões específicas, como por exemplo: rendimento, orientação profissional, ansiedade, transtornos alimentares e treinamento de habilidades sociais.

A dança tem a capacidade de promover vários aspectos físicos, como equilíbrio, força e emagrecimento. Porém, o que algumas pessoas não sabem é que ela também promove saúde mental, sendo capaz de diminuir sintomas diversos como ansiedade, estresse e depressão.

Dessa forma, a dança é considerada uma terapia complementar.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Psicologia e Dança

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Psicologia e Dança, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Psicologia e Dança.

0 comentários

A mulher em cada fase do ciclo menstrual

Mulher, você sente que seu humor muda muito em cada momento do mês? Isso pode estar relacionado a cada fase do ciclo menstrual. Venha ver esse vídeo, se conhecer e entender como agir em cada momento desta fase.
Leia mais

Vivendo no piloto automático

Você sabia que você pode estar vivendo no piloto automático? No vídeo de hoje vamos falar sobre como podemos ter pensamentos, sentimentos e comportamentos sem mesmo nos darmos conta que eles estão lá!
Leia mais

As 5 linguagens do autoamor

Neste vídeo, Cris Schumann fala sobre as 5 linguagens do autoamor e a como desenvolver uma admiração e valorização maior sobre si mesmo.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This