casal brigado

O que é assertividade?

Atualizado em 06/07/2017
Por Nayara Benevenuto

O que é assertividade?

Atualizado em 06/07/2017
Por Nayara Benevenuto
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O que é assertividade?

Todas as pessoas tem o direito de serem respeitadas, expressarem suas ideias, emitirem opiniões e até mesmo mudar de opinião. No entatando, nem sempre é fácil comunicar de forma clara, respeitosa e assertiva. A palavra “assertividade” é uma habilidade social originada da palavra “asserção”, que significa uma afirmação ou um posicionamento.

Sendo assim, o comportamento assertivo é aquele que torna a pessoa capaz de agir em seus próprios interesses, a se afirmar sem ansiedade indevida, a expressar sentimentos sinceros sem constrangimento, ou a exercitar seus próprios direitos.

É a capacidade de defender os direitos pessoais e de expressar pensamentos, sentimentos e crenças de forma honesta, direta, respeitosa e apropriada, sem violar os direitos da outra pessoa.

O comportamento assertivo se diferencia dos comportamentos agressivos e passivos ou não assertivos, tanto nos componentes verbais quanto nos não verbais.

Com relação aos componentes verbais, o comportamento assertivo considera os desejos da outra pessoa e seus próprios desejos, adotando uma postuta conciliatória, expressa expectativas, desejos e sentimentos de forma direta e objetiva.

O comportamento agressivo desconsidera os desejos do outro, tentando alcançar os próprios desejos e sendo socialmente inapropriado.

Já o comportamento passivo desconsidera os próprios desejos, facilitando a obtenção dos desejos do outro; manifesta falha ou inadequação da expressão dos próprios desejos, expectativas e sentimentos.

terapia-online-casule-banner

O Quadro 1 abaixo ilustra estilos de respostas frente a comportamentos verbais e não verbais.

 

Quadro 1. Estilos de resposta

Passivo Assertivo Agressivo
Comportamento não-verbal

 

Olhos que olham para baixo; voz baixa; vacilações; gestos desamparados; negando importância à situação; postura afundada; evitando a situação; retorce as mãos; tom vacilante ou de queixa; risinhos “falsos”.

Comportamento não-verbal

 

Contato visual direto; nível de voz conversacional; fala fluente; gestos firmes; postura ereta; honesto/a; respostas diretas à situação; mãos soltas.

Comportamento não-verbal

 

Olhar fixo; voz alta; enfrentamento; gestos de ameaça; postura intimidatória; desonesto/a.

Comportamento verbal

 

“Talvez”, “suponho”, “imagino se poderíamos”, “você incomodaria”, “apenas”, “você não acha que”, “Eh”, “bom”, “realmente, não é importante”, “não se incomode/preocupe”.

Comportamento verbal

 

“penso”, “sinto”, “quero”, “façamos”, “como poderemos resolver isso?”, “o que você está pensando?”, “o que você acha?”, mensagens em primeira pessoa, verbalizações positivas.

Comportamento verbal

 

“seria melhor se você”, “faça”, “tenha cuidado”, “você deve estar brincando”, “se você não fizer isso…”, “você não sabe”, “você deveria”, “péssimo”, mensagens interpessoais.

Nota: Adaptado de Caballo (2012)

Quando uma pessoa se comporta assertivamente, a relação interpessoal melhora,  aumenta o senso de autoeficácia e a autoestima, diminui a ansiedade e melhora a qualidade dos relacionamentos de forma geral.

O comportamento agressivo geralmente gera conflitos interpessoais, perda de oportunidades, sensação de falta de controle, auto-imagem negativa, culpa, frustração, tensão e rejeição dos outros.

Já o comportamento passivo tende a promover conflitos interpessoais, auto-imagem negativa, problemas a si mesmo, perda de oportunidades e tristeza.

A terapia cognitivo-comportamental abarca treinamentos de habilidades sociais, de forma sistemática e direcionada a cada paciente, uma vez que a assertividade pode ser desenvolvida e treinada no consultório.

Associa-se, geralmente, ao treinamento da empatia, uma vez ela é necessária para a manifestação dos comportamentos assertivos.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
PSICÓLOGA Especialista em terapia cognitiva-comportamental com adultos e tem formação em terapia cognitiva sexual além de atuar na avaliação bariátrica. Clique para marcar uma consulta comigo
Casule Play

O que é assertividade?

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre O que é assertividade?, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Nayara Benevenuto, aqui no Blog.
PSICÓLOGA Especialista em terapia cognitiva-comportamental com adultos e tem formação em terapia cognitiva sexual além de atuar na avaliação bariátrica. Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: O que é assertividade?.

0 comentários

8 Dicas para melhorar a sua autoestima

8 Dicas para melhorar a sua autoestima

Tem dias que você acorda e não se sente satisfeito com o que é? Não consegue sentir orgulho do que faz e das suas conquistas? Tem dificuldade de enxergar seus pontos fortes e suas qualidades? Pois é, você pode estar com baixa autoestima e isso é muito comum de acontecer. Buscar meios para melhorar a autoestima é um grande passo. Seja através da leitura de um livro sobre o assunto, pesquisas, assistindo vídeos ou mesmo através da ajuda profissional.
5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

6 dicas para lidar com a traição

A descoberta de uma traição é capaz de transformar qualquer relacionamento amoroso, seja namoro ou casamento. A vida do casal pode mudar para melhor ou piorar consideravelmente, mas, com certeza, nunca mais será a mesma.
Leia mais

3 estratégias para controlar seu dinheiro

Ser positivo é algo muito bom, porém quando falamos de dinheiro, devemos ser realistas e conhecer bem a nossa própria condição financeira. Por isso, ter inteligência emocional nas finanças se torna algo tão importante.
Leia mais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Leia mais

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This