Como tratar a acumulação emocional para não ficarmos estressados

Atualizado em 28/10/2016
Por Redatora Casule

Como tratar a acumulação emocional para não ficarmos estressados

Atualizado em 28/10/2016
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como tratar a acumulação emocional para não ficarmos estressados

Visualize por um momento como a sua mente vai se enchendo, gota a gota, como uma garrafa de vidro… e o gotejar não para até que a água transborde. Se a imagem for familiar, é porque você conhece a sensação de acumulação emocional. Talvez chamem isso de estresse ou angústia. Neste caso, o que é o estresse? É acumulação física? É acumulação emocional? É importante perceber e reconhecer que estamos saturados para conseguirmos nos desfazer desse peso.

Como identificamos a acumulação emocional

Quando nos sentimos esgotados e saturados mentalmente, precisamos parar. É como se carregássemos um grande fardo na nossa mente. Essa angústia e falta de clareza nos indicam que acumulamos pensamentos, emoções e dúvidas que não sabemos libertar. É necessário deixar ir para reiniciar a mente e recuperar o equilíbrio.

Depois de meses de responsabilidades e preocupações, as férias são o momento de desligar. E aí nos damos conta de que há algo que não nos permite relaxar. É uma evidência de que sofremos acumulação emocional e, possivelmente, essa acumulação também afeta o corpo.

Os limites da acumulação mental

Se nós queremos saber por que enxergamos nossa mente como uma garrafa de vidro que se enche  incessantemente, por meio de gotas e sem nos dar tréguas, nos deparamos com outra questão lógica: essa acumulação emocional tem limites?

Para algumas pessoas o limite seria colocar uma rolha na garrafa. Porém, controlar a acumulação emocional não nos desvincula do estresse, pelo contrário, nos estrangula e podemos explodir como aconteceria em uma garrafa sem espaço disponível.

Não temos várias mentes para ir enchendo como garrafas e, o mais importante, a acumulação não nos serve para nada. Dessa forma, para que queremos aumentar a acumulação sem fim?

Tipos de saturação por acumulação mental

Podemos nos sentir fartos porque acumulamos emoções de várias formas:

  • Aquela saturação que altera o nosso humor.
  • A que sobrecarrega o nosso corpo: os músculos, articulações e órgãos vitais.
  • A acumulação que nos conduz em direção a um colapso mental e emocional, que não nos deixa raciocinar, bloqueando os nossos pensamentos e atitudes.

Resumindo, as nossas capacidades físicas e cognitivas são afetadas quando estamos saturados. É, portanto, o momento de procurar o caminho de fuga adequado.

terapia-online-casule-banner

Formas de relaxar a mente e desfazer a acumulação

A gestão do estresse produzido pela acumulação consiste em encontrar vias de escape que esvaziem a garrafa. A gestão não está relacionada com o controle. É preciso ir descarregando pouco a pouco o fardo mental para podermos enfrentar e gerir com motivação o trabalho e as relações pessoais.

Estas vias de descompressão emocional são como bolhas. Pequenos sopros que amenizam e aliviam o estresse. Um escape excelente é rir junto de pessoas que compartilhem o nosso senso de humor.

A atividade física também nos ajuda a eliminar a acumulação emocional. Correr, caminhar, nadar ou, no caso das crianças, jogar futebol, praticar skate ou qualquer outra atividade que gostem e que não seja escolhida pelos seus pais.

A companhia dos nossos entes queridos e amigos, que podemos desfrutar em jantares, almoços ou cafés, nos conecta com sensações agradáveis. Neste sentido, criar um espaço de conforto mental com a nossa família nos faz sentir acompanhados e valorizados.

Comunicação eficiente contra o estresse por saturação

Em um estado de acumulação emocional, acabamos por nos sentir sozinhos e desamparados. Se pensarmos sobre o que nos conduziu até à saturação mental e ao estresse, veremos que existe uma pressão social para ganharmos mais dinheiro e status, ou para tirar melhores notas, ou para fazer a maior parte das coisas bem.

Nesta sociedade competitiva deveríamos nos preocupar em gerir as nossas emoções e melhorar a comunicação com os outros para nos sentirmos amados e compreendidos. Este sentimento de pertencer a um grupo pode evitar a nossa queda na acumulação emocional.

Prevenindo o estresse também estamos cuidando da nossa saúde, tanto física quanto mental. Estamos evitando que apareçam doenças e criando uma sociedade mais saudável e feliz.

FONTE:http://amenteemaravilhosa.com.br/como-tratar-acumulacao-emocional/

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Como tratar a acumulação emocional para não ficarmos estressados

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Como tratar a acumulação emocional para não ficarmos estressados, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Como tratar a acumulação emocional para não ficarmos estressados.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

Entenda o caso: mulher flagrada com mendigo

A notícia do envolvimento de uma mulher com um morador de rua trouxe muita repercussão na mídia. A mulher foi extremamente exposta e o morador de rua infelizmente teve "dias de glória". Mas o que pode explicar esse surto que a mulher teve? Neste vídeo, a Dra. Cristiane Schumann levanta algumas hipóteses e explica o que é transtorno bipolar do humor com sintomas psicóticos, em estado hipomaníaco. Lembrando que o mais importante é que saúde mental da mulher seja reabilitada e as pessoas esqueçam rápido o que aconteceu e a ajude nesse processo de recuperação.
Leia mais

Perigo! Exercícios em excesso

Neste vídeo, a Dra Cristiane Schumann fala sobre vigorexia. Um transtorno onde já uma distorção da imagem corporal e a pessoa tende a se ver menos “forte” do que ela realmente é. Com isto, há uma necessidade constante por musculação, atividade física em busca de um corpo muscularmente perfeito.
Leia mais

A importância de dizer ‘não’

Você é o amigo bonzinho que diz sim pra todo mundo? Muitas pessoas apresentam essa dificuldade de dizer não e isso pode atrapalhar nossa vida de várias maneiras. Nesse vídeo eu vou te mostrar a a importância de dizer não e te ajudar a falar sim pra você mesmo!
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This