Clique para assistir o vídeo

7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’

Atualizado em 28/04/2022
Por Cristiane Schumann
Clique para assistir o vídeo

7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’

Atualizado em 28/04/2022
Por Cristiane Schumann
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’

Você costuma assaltar a geladeira à noite?
Responda as 7 perguntas preparadas pela psicóloga Cristiane Schumann e descubra se você tem ou não Transtorno Alimentar Noturno.

A má relação com a comida é uma realidade para até 4,7% dos brasileiros, que têm algum tipo de transtorno alimentar, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). O isolamento físico, medida de controle da pandemia da Covid-19, podem ter agravado esses e outros problemas, como a síndrome do comer noturno.

Essa síndrome vem normalmente associado ao Transtorno do sono (insônia), o que pode ser ainda mais agressivo à saúde. E até mesmo e com síndromes episódicas, dependendo do grau de ansiedade, comendo mais ou menos.
Sem contar que a preferência é sempre por alimentos mais gostosos como pizzas, pães, bolos e sanduíches. Existem pessoas que após cerca de duas horas de sono acordam para atacar a geladeira, sentem necessidade de ingerir algo (normalmente bem calórico) antes de voltar para cama.

Caracteriza-se pela falta de apetite durante o dia e o inverso durante a noite, se manifesta em pessoas que possuem vida agitada, alto grau de estresse, ansiedade e pressão no trabalho.

3 Características principais
Não se alimenta ou alimenta-se pouco durante o dia;
Consumo exagerado de alimentos depois das 18h, excessivo após as 22h e
Insônia.

A doença pode ser tratada por um psicólogo na busca por controlar os impulsos que provocam a má alimentação. A reeducação alimentar, na tentativa de resgatar a boa alimentação durante o dia, também pode ser útil durante o tratamento.

terapia-online-casule-banner

Para evitar a retroalimentação, repetindo no dia seguinte os mesmos comportamentos, Dra. Cristiane Schumann faz 7 perguntas assertivas para identificar se você tem ou não Transtorno Alimentar Noturno.
Em caso positivo, não deixe de procurar ajuda imediatamente.

Confira com Cristiane Schumann psícóloga da Casule!

Venha conhecer a Casule ou marque um atendimento online aqui (Realizamos atendimento no Brasil e Internacional)

Você pode falar direto com nossa central de atendimento pelo WhatsApp: https://casule.com/zap-atendimento

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre 7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Cristiane Schumann, aqui no Blog.
Doutora e Mestre em Saúde, Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental, Especialista em Políticas e Pesquisas em Saúde Coletiva. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Casais, Famílias e Grávidas. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: 7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Quando a rede social deixa de ser um prazer e impacta sua saúde emocional

Atualmente, as redes sociais são uma grande forma de interação social, nos conectando a amigos, familiares e pessoas do mundo todo. Auxiliam também na compra e venda de produtos, e contribuem para a disseminação de informações. Mas, mesmo com todas essas vantagens, as redes sociais também podem ser um ambiente bem tóxico.
Leia mais

AVALIAÇÃO PARA CIRURGIA BARIÁTRICA: entenda porque não pode ser realizada em uma única sessão

A avaliação para cirurgia bariátrica é um processo que consiste na utilização de diversas ferramentas para avaliar o paciente e possibilitar a elaboração do laudo. E como todo processo, não é viável ser realizado em uma única sessão, pois uma série de requisitos precisa ser cumprida para zelar pelo cuidado e segurança do paciente, além da fidedignidade do resultado.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This