Clique para assistir o vídeo

7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’

Atualizado em 28/04/2022
Por Cristiane Schumann
Clique para assistir o vídeo

7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’

Atualizado em 28/04/2022
Por Cristiane Schumann
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’

Você costuma assaltar a geladeira à noite?
Responda as 7 perguntas preparadas pela psicóloga Cristiane Schumann e descubra se você tem ou não Transtorno Alimentar Noturno.

A má relação com a comida é uma realidade para até 4,7% dos brasileiros, que têm algum tipo de transtorno alimentar, conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). O isolamento físico, medida de controle da pandemia da Covid-19, podem ter agravado esses e outros problemas, como a síndrome do comer noturno.

Essa síndrome vem normalmente associado ao Transtorno do sono (insônia), o que pode ser ainda mais agressivo à saúde. E até mesmo e com síndromes episódicas, dependendo do grau de ansiedade, comendo mais ou menos.
Sem contar que a preferência é sempre por alimentos mais gostosos como pizzas, pães, bolos e sanduíches. Existem pessoas que após cerca de duas horas de sono acordam para atacar a geladeira, sentem necessidade de ingerir algo (normalmente bem calórico) antes de voltar para cama.

Caracteriza-se pela falta de apetite durante o dia e o inverso durante a noite, se manifesta em pessoas que possuem vida agitada, alto grau de estresse, ansiedade e pressão no trabalho.

3 Características principais
Não se alimenta ou alimenta-se pouco durante o dia;
Consumo exagerado de alimentos depois das 18h, excessivo após as 22h e
Insônia.

A doença pode ser tratada por um psicólogo na busca por controlar os impulsos que provocam a má alimentação. A reeducação alimentar, na tentativa de resgatar a boa alimentação durante o dia, também pode ser útil durante o tratamento.

terapia-online-casule-banner

Para evitar a retroalimentação, repetindo no dia seguinte os mesmos comportamentos, Dra. Cristiane Schumann faz 7 perguntas assertivas para identificar se você tem ou não Transtorno Alimentar Noturno.
Em caso positivo, não deixe de procurar ajuda imediatamente.

Confira com Cristiane Schumann psícóloga da Casule!

Venha conhecer a Casule ou marque um atendimento online aqui (Realizamos atendimento no Brasil e Internacional)

Você pode falar direto com nossa central de atendimento pelo WhatsApp: https://casule.com/zap-atendimento

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre 7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Cristiane Schumann, aqui no Blog.
Doutora e Mestre em Saúde, Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental, Especialista em Políticas e Pesquisas em Saúde Coletiva. Atende: Adolescentes, Adultos, Idosos, Casais, Famílias e Grávidas. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: 7 perguntas para identificar se você tem a síndrome da ‘fome noturna’.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.

Entenda o caso: mulher flagrada com mendigo

A notícia do envolvimento de uma mulher com um morador de rua trouxe muita repercussão na mídia. A mulher foi extremamente exposta e o morador de rua infelizmente teve "dias de glória". Mas o que pode explicar esse surto que a mulher teve? Neste vídeo, a Dra. Cristiane Schumann levanta algumas hipóteses e explica o que é transtorno bipolar do humor com sintomas psicóticos, em estado hipomaníaco. Lembrando que o mais importante é que saúde mental da mulher seja reabilitada e as pessoas esqueçam rápido o que aconteceu e a ajude nesse processo de recuperação.
Leia mais

Perigo! Exercícios em excesso

Neste vídeo, a Dra Cristiane Schumann fala sobre vigorexia. Um transtorno onde já uma distorção da imagem corporal e a pessoa tende a se ver menos “forte” do que ela realmente é. Com isto, há uma necessidade constante por musculação, atividade física em busca de um corpo muscularmente perfeito.
Leia mais

A importância de dizer ‘não’

Você é o amigo bonzinho que diz sim pra todo mundo? Muitas pessoas apresentam essa dificuldade de dizer não e isso pode atrapalhar nossa vida de várias maneiras. Nesse vídeo eu vou te mostrar a a importância de dizer não e te ajudar a falar sim pra você mesmo!
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This