Perturbação de Personalidade Obsessivo-compulsiva

Atualizado em 27/10/2014
Por Redatora Casule

Perturbação de Personalidade Obsessivo-compulsiva

Atualizado em 27/10/2014
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Perturbação de Personalidade Obsessivo-compulsiva

Ao longo deste texto vão sendo apresentadas especificidades que caracterizam esta forma de pensar e de fazer. Antes de lhe dar início coloque-se as seguintes perguntas: sente uma atenção extrema com organização, controlo e perfeccionismo? Tem dificuldade em ser flexível, em se adaptar a mudanças ou aprendizagens? Pois bem, se estes comportamentos estão a tomar conta de si, a dominá-lo e a condicioná-lo, este texto pode bem ser o impulsionador para a resposta que procura.

Continue atento e perceba se se revê nos exemplos que vão sendo enunciados e se estes o descrevem de forma permanente, acabando por o prejudicar nas suas funções, papeis e actividades no dia-a-dia, nas esferas social, profissional e familiar.

Concretizando, perceba se se preocupa excessivamente com pormenores triviais, regras, listas, ordens, organizações ou esquemas ao ponto de perder a própria finalidade da actividade que está a realizar, ou seja, como se o essencial das tarefas que realiza acabasse por ser: cumprir de forma criteriosa as regras por si definidas. (por exemplo, não completa um projecto porque este não segue a 100% a estrutura ou os pormenores que decidiu que a ele se adequam).

Pode também ser tão perfeccionista que procura continuamente a perfeição em tudo o que faz, revendo as tarefas vezes sem fim, com a sensação de que há sempre mais correcções a fazer. Estas duas características contribuem para uma grande limitação em definir prioridades (por exemplo, em escolher o que é urgente – prazos – e o que é importante – objectivos).

Devido a este excesso de zelo pode acontecer que se dedique tanto ao trabalho, à responsabilidade e à produtividade que se afaste totalmente dos seus amigos, hobbies e lazer. Acredita que “não pode perder tempo”, o que o impede de relaxar e aproveitar os bons momentos, levando consigo tarefas de trabalho para “aproveitar bem o tempo” e assim sentir menos desconforto mesmo quando vai de férias. Até os momentos de humor e diversão são para si momentos de responsabilidade, o que deixa frustradas as pessoas que o rodeiam.

Existe também a possibilidade de se focar imensamente em tarefas domésticas ou de higiene, repetindo muitas acções como forma de “garantir” que tudo está organizado e limpo.

Uma outra característica que o pode dominar é estar hiper-consciente da moral, regras, ética ou valores ao ponto em que são elas que decidem o seu dia-a-dia, havendo grande ansiedade sempre que alguma é desrespeitada. O seu lado crítico está desenvolvido de tal forma que qualquer falha que possa cometer, em relação a estes “imperativos” o leva a sentir-se terrivelmente culpado e incapaz, procurando rapidamente a correcção meticulosa da situação (o que também é válido para as pessoas que o rodeiam, podendo criticá-las frequentemente).

terapia-online-casule-banner

toc

Observe agora a sua casa, o seu automóvel e o seu local de trabalho. Pode sentir-se incapaz de se libertar de objectos sem utilidade, mesmo que não tenham qualquer valor sentimental, por pensar que nunca se sabe quando serão úteis, mesmo que quem o rodeie reclame com a quantidade de “tralha” acumulada.

Observe-se agora no seu local de trabalho, e repare como lhe é difícil delegar tarefas. Parece-lhe imprudente visto que desconfia que alguém possa realizar as tarefas que tem em mente, a não ser que siga detalhadamente o seu procedimento. É que para si, existe um modo único e rígido de realizar uma tarefa como pintar uma parede, cozinhar um bife ou enviar um email. Na verdade, é-lhe muito difícil trabalhar em equipa dado que cada pessoa tem o seu modo próprio de trabalhar.

A nível financeiro, existe a possibilidade de você viver abaixo das suas reais possibilidades visto lhe parecer que tem de estar preparado para qualquer eventualidade, imprevisto ou catástrofe acabando por controlar rigidamente as suas despesas, verificando constantemente o orçamento, para que não haja “derrapagens”.

Está tão preocupado com o modo “correcto” das tarefas serem realizadas, que não está receptivo a sugestões vindas de outros, pois é-lhe extremamente difícil ver a vida pela perspectiva deles. Para si, tudo tem de estar bem planeado e estruturado. Nada pode falhar!

Pode também perceber que não lhe parece natural a expressão dos afectos visto que o faz de uma forma controlada e rígida, valorizando a lógica e o intelecto em detrimento da expressão da afectividade.

Por fim, gostaríamos de lhe dizer que estas características presentes de forma moderada podem ser adaptativas e a verdade é que vivemos numa sociedade que valoriza e premeia algumas destas, como: a atenção ao detalhe, disciplina, controlo emocional e perseverança. No entanto, se perceber que estas características são persistentes, rígidas e desadaptativas e afectam o seu desempenho e relacionamentos, acabando por prejudicar de forma decisiva o seu bem-estar, lembre-se que estamos aqui para o ajudar a começar a libertar-se destas amarras e a encontrar novos rumos para o bem-estar!

fonte: http://oficinadepsicologia.com/perturbacoes-de-personalidade/obsessivo-compulsiva

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.
Casule Play

Perturbação de Personalidade Obsessivo-compulsiva

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Perturbação de Personalidade Obsessivo-compulsiva, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Perturbação de Personalidade Obsessivo-compulsiva.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 sinais clássicos que você se cobra demais

5 sinais clássicos que você se cobra demais

Como lidar com a sensação incômoda de autocobrança excessiva? Como lidar com aquela voz que fica na nossa cabeça falando “você deveria ter feito isso”, “eu deveria dar conta… “você não podia ter feito aquilo”, “você podia ter feito diferente”, “porque eu sou assim?”, dentre outras tantas frases de cobrança que nós mesmos fazemos conosco.
Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Geração Tik Tok: 3 vícios do momento

Uma tela de celular, um vídeo vertical e um minuto da sua vida. Esses três elementos são a essência do Tik Tok, a rede social de vídeos curtos que está viciando os jovens e já mudou os hábitos de consumo de vídeos de milhares de usuários. Você abre às 19h, e quando olha para o relógio novamente, já se passou uma hora.

Entenda o caso: mulher flagrada com mendigo

A notícia do envolvimento de uma mulher com um morador de rua trouxe muita repercussão na mídia. A mulher foi extremamente exposta e o morador de rua infelizmente teve "dias de glória". Mas o que pode explicar esse surto que a mulher teve? Neste vídeo, a Dra. Cristiane Schumann levanta algumas hipóteses e explica o que é transtorno bipolar do humor com sintomas psicóticos, em estado hipomaníaco. Lembrando que o mais importante é que saúde mental da mulher seja reabilitada e as pessoas esqueçam rápido o que aconteceu e a ajude nesse processo de recuperação.
Leia mais

Perigo! Exercícios em excesso

Neste vídeo, a Dra Cristiane Schumann fala sobre vigorexia. Um transtorno onde já uma distorção da imagem corporal e a pessoa tende a se ver menos “forte” do que ela realmente é. Com isto, há uma necessidade constante por musculação, atividade física em busca de um corpo muscularmente perfeito.
Leia mais

A importância de dizer ‘não’

Você é o amigo bonzinho que diz sim pra todo mundo? Muitas pessoas apresentam essa dificuldade de dizer não e isso pode atrapalhar nossa vida de várias maneiras. Nesse vídeo eu vou te mostrar a a importância de dizer não e te ajudar a falar sim pra você mesmo!
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This