Low Carb

Atualizado em 29/06/2017
Por Redatora Casule

Low Carb

Atualizado em 29/06/2017
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Low Carb

A Low Carb nada mais é que uma estratégia nutricional que utiliza “menos carboidratos” na dieta, como o próprio nome diz. Com a redução do consumo de carboidratos, aumenta a ingestão de proteínas e gorduras “boas” aquelas presentes nos alimentos como no abacate, azeite, manteiga, salmão, etc. Trata-se de uma estratégia que prioriza o consumo de comida de verdade e exclusão de produtos industrializados, refinados e baixa ingestão de carboidratos complexos e eliminação total de massas, pães, alimentos ricos em açúcar.

Quais alimentos devem ser priorizados na Low Carb?

Na LC além da eliminação da ingesta de carboidratos ruins e manutenção de carboidratos ditos bons, aumenta-se o consumo de gorduras boas que não remetem a gordura hidrogena/trans, com baixa da insulina e sensação de saciedade. Comendo apenas quando a fome aparece evitando “beliscar”.

Nessa estratégia em questão, deve-se preconizar o consumo de carnes, legumes, verduras hortaliças, raízes e frutas de baixo índice glicêmico. O ideal é consumir estes alimentos crus ou cozidos no vapor. Assim, se mantém o baixo índice glicêmico, uma vez que em altas temperaturas (exemplo: assados) este indicador aumenta.

Mas de fato, quais são as vantagens de seguir essa estratégia Nutricional?

Além do benefício de emagrecimento, a Low Carb proporciona redução dos riscos de obesidade, doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. O que o corpo precisa para produzir de energia, ele consegue através do metabolismo de proteína e gordura.

Porque o açúcar refinado deve ser evitado?

Quando há um consumo de doces, pães, massas, biscoitos, e outros produtos ricos em carboidratos, o organismo espontaneamente os transforma em glicose, ou seja, em níveis exagerados de açúcar no sangue que podem ser tóxicos.

terapia-online-casule-banner

Para diminuir esta quantidade de açúcar o corpo libera insulina que faz três tarefas básicas: 1) interromper a queima de gordura; 2) transformar o açúcar em gordura; e 3) acelerar o estoque de gordura. E mesmo que o açúcar no sangue diminua, ainda haverá insulina circulando na corrente sanguínea, então fica inviável transformar esta gordura toda em energia, acumulando-a e, pela ausência desse nível energético no corpo, ele pede mais comida.

Evitar os carboidratos faz com que a gordura acumulada seja liberada e processada para produzir tal energia.  Por isso, os alimentos consumidos na Low Carb são “hipoinsulínicos”, ou seja, não estimulam a liberação de insulina, permitindo assim que seu corpo utilize a energia que precisa para sobreviver a partir da queima de gordura, evitando o acúmulo de gordura no corpo.

Outras vantagens:

Além disso, outro ponto importante diz respeito aos triglicérides que representa fator de risco para doenças cardiovasculares, eles caem com a redução do consumo de carboidrato. Pela introdução de gorduras boas na dieta, os níveis de HDL “colesterol bom” aumentam, e o risco de diabetes tipo 2 reduz, devido aos níveis de glicose e insulina que caem.

Atenção redobrada!

Saiba que para ajustes individuais, você deve procurar um profissional, pois para cada paciente existe uma estratégia adequada. Talvez a Low Carb seja uma boa estratégia para você, porém feita de forma inadequada pode gerar algumas alterações metabólicas importantes.

Por isso, procure um Nutricionista para a elaboração de um plano alimentar personalizado!

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Low Carb

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Low Carb, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Low Carb.

0 comentários

Como tratar a Fobia Social
Como tratar a Fobia Social

Como tratar a Fobia Social

A ansiedade ou fobia social é quando a pessoa no contato social, no contato com o outro tem o seu objeto fóbico de medo, de ansiedade. Assim, qualquer circunstância que ela precise se expor a uma situação social desde as mais simples, como por exemplo, cumprimentar alguém, fazer ou receber um elogio, ela já sente uma ansiedade extrema e com sintomas físicos.
Fome fisiológica versus Fome emocional
Fome fisiológica x Fome emocional

Fome fisiológica x Fome emocional

Não é incomum se deparar com situações e períodos estressantes na vida da maioria das pessoas e uma das primeiras consequências é sair da dieta. Por essa razão a fome fisiológica (homeostática) muitas vezes pode ser confundida com a fome emocional (hedônica). E como diferenciá-las?

O tripé da Autoestima?

Autoestima é um dos assuntos mais falados no momento. E, apesar de aparecer sempre muito atrelado à autoimagem (forma como o indivíduo se enxerga), ela é muito mais que isso.
Leia mais
O tripé da Autoestima

Dicas para lidar com a insônia

Você sabia que os nossos comportamentos e atitudes durante o dia estão totalmente ligados com o nosso sono? Por isso, nesse vídeo, abordei quais são os tipos de insônia, e sugeri algumas mudanças para que você pode adaptar a sua rotina, e como consequência, melhorar a qualidade do seu sono.
Leia mais
Dicas-para-lidar-com-a-Insônia

Objetivos da Orientação Profissional

A Orientação Profissional é um processo de avaliação que auxilia qualquer pessoa, independente da idade, a escolher uma faculdade ou um curso profissionalizante, e até mesmo mudar de carreira.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This