Como saber se eu devo procurar um psicólogo - casule

Como saber se eu devo procurar um psicólogo

Atualizado em 09/01/2018
Por Cristina Daret

Como saber se eu devo procurar um psicólogo

Atualizado em 09/01/2018
Por Cristina Daret
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como saber se eu devo procurar um psicólogo

Tomar a decisão de procurar a ajuda de um profissional da saúde mental, como um psicólogo, por exemplo, ainda é por vezes difícil. Isso porque, ainda há muito preconceito e uma tendência a achar que a terapia será apenas um bate papo, o que poderia ser feito com um amigo, o cônjuge, um líder religioso ou com familiares. Outro pensamento comum é de que quem precisa de psicólogo é louco, tem também aqueles que tentam evitar o início da terapia e só o fazem quando a situação já está agravada e chegam esperando que o resultado seja imediato.

            É importante que as pessoas procurem ajuda de um profissional da saúde mental sempre que sentirem que não estão conseguindo lidar com as dificuldades do dia a dia sozinho. O mais importante é que as pessoas busquem manter um equilíbrio entre a saúde física e a mental/emocional. E para isso é preciso que consigamos deixar a ideia de que fazer psicoterapia é para as pessoas fracas, pelo contrário, esta é uma decisão corajosa de quem decide recorrer ao auxílio de um profissional capacitado para que o paciente seja uma pessoa mais forte e inteligente emocionalmente e apto a lidar com seus desafios do cotidiano.

 

Quais os principais motivos que levam as pessoas a buscar terapia

terapia-online-casule-banner

 

  • Prevenção: cuidar da saúde mental é tão importante quanto da física, mas ainda percebemos que algumas pessoas tem dificuldade para aceitar a ajuda de um psicólogo.
  • Vivências difíceis de enfrentar: o psicólogo poderá lhe auxiliar nas situações que você, sozinho ou com a ajuda de amigos, não conseguiu encontrar uma solução. O psicólogo não dirá o que você deve fazer nas situações que enfrenta diariamente, mas, te auxiliará a pensar com maior clareza a buscar alternativas para solucionar os problemas que estiver enfrentando. O diálogo entre o psicólogo e o paciente será isento de preconceitos e julgamentos.
  • Busca de autoconhecimento: talvez este seja um dos maiores benefícios para quem busca a psicoterapia, compreender os motivos que fazem com que a pessoa tome determinadas atitudes ou o motivo de serem gerados determinados sentimentos;
  • Dificuldades para se relacionar com o parceiro(a): relacionar-se com alguém (seja no trabalho, nas relações de amizade ou amorosas) nem sempre é fácil. São pessoas diferentes, com crenças distintas, visões de mundo, desejos, medos etc, que podem ser bastante distintas. Nas dificuldades entre o casal, o psicólogo pode ajudar proporcionando melhoras na comunicação, compreendendo melhor as necessidades e anseios do(a) parceiro(a), por exemplo.
  • Sentimentos constantes de vazio, raiva, tristeza, falta de ânimo com as coisas que gostava de fazer: é comum que tenhamos momentos em que nos sentimos mais tristes, ansiosos ou estressados na nossa rotina. No entanto, esses sentimentos negativos podem nos atrapalhar no dia a dia e caso isso aconteça, é importante que a pessoas busquem ajuda de um profissional para que lhes auxilie a identificar e compreender as emoções para que possa lidar de forma mais funcional com elas.
  • Estar passando por momentos de mudança, luto ou separações: nestes casos o profissional atua auxiliando o paciente a entender o momento que está passando e a encontrar as melhores maneiras de aceitar e encarar sua nova forma de vida (seja com a ausência de alguém querido ou com um novo trabalho, por exemplo). Precisar de um tempo para se adaptar a uma mudança é comum. Mas é necessário estar atento se outros transtornos não estão surgindo nesse processo de adaptação à nova realidade.

 

           Caso você perceba alguma dessas dificuldades no seu dia a dia e sinta que sozinho não está conseguindo resolvê-las, não hesite em buscar a ajuda de um profissional da área da saúde.

 

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Psicóloga, pós-graduada em Terapia Cognitivo Comportamental. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo
Casule Play

Como saber se eu devo procurar um psicólogo

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Como saber se eu devo procurar um psicólogo, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Cristina Daret, aqui no Blog.
Psicóloga, pós-graduada em Terapia Cognitivo Comportamental. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Como saber se eu devo procurar um psicólogo.

0 comentários

Quando a rede social deixa de ser um prazer e impacta sua saúde emocional

Atualmente, as redes sociais são uma grande forma de interação social, nos conectando a amigos, familiares e pessoas do mundo todo. Auxiliam também na compra e venda de produtos, e contribuem para a disseminação de informações. Mas, mesmo com todas essas vantagens, as redes sociais também podem ser um ambiente bem tóxico.
Leia mais

AVALIAÇÃO PARA CIRURGIA BARIÁTRICA: entenda porque não pode ser realizada em uma única sessão

A avaliação para cirurgia bariátrica é um processo que consiste na utilização de diversas ferramentas para avaliar o paciente e possibilitar a elaboração do laudo. E como todo processo, não é viável ser realizado em uma única sessão, pois uma série de requisitos precisa ser cumprida para zelar pelo cuidado e segurança do paciente, além da fidedignidade do resultado.
Leia mais
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This