Como-a-alimentação-pode-auxiliar-no-tratamento-da-Síndrome-do-Ovário-Policístico-blog-casule

Como a alimentação pode auxiliar no tratamento da Síndrome do Ovário Policístico

Atualizado em 14/02/2020
Por Redatora Casule

Como a alimentação pode auxiliar no tratamento da Síndrome do Ovário Policístico

Atualizado em 14/02/2020
Por Redatora Casule
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Como a alimentação pode auxiliar no tratamento da Síndrome do Ovário Policístico

Você já ouviu falar na síndrome do ovário policístico? Conhece alguém que está passando por ela? A SOP é o distúrbio endócrino mais comum em mulheres de idade fértil e se caracteriza por uma alteração do funcionamento dos ovários. O desequilíbrio hormonal causa aparecimento de pelos no rosto, o que pode ser bem incômodo para algumas mulheres no quesito estético, resistência à insulina, que pode ser percebida através de uma glicemia elevada no exame de sangue, e períodos menstruais irregulares (principal sinal).

O diagnóstico pode ser feito na adolescência e depois de um período não existir mais. Por isso, se você desconfia que tem SOP, procure um bom médico para afirmar a presença da síndrome ou não, através de exames confiáveis.

Depois disso a nutrição consegue trabalhar de maneira conjunta ao tratamento. É importante praticar uma alimentação com estratégias anti-inflamatórias, ou seja, baixa em carboidratos simples (como batatas, massa, biscoito, açúcares, pães, bolos e doces), com muitos vegetais (quanto mais comida de verdade e colorida, melhor) e pouco consumo de carne vermelha, preferindo peixes, grãos e cereais como fonte de proteína.

As gorduras são importantes: consumir óleo de gergelim, óleo de abacate ou óleo de semente de uva antes das refeições vai controlar a resposta dos marcadores inflamatórios, bem como uso do azeite de oliva extra virgem para temperar salada e virgem para cozinhar.

terapia-online-casule-banner

A suplementação também pode contribuir, por exemplo, a de ômega 3 é interessante, assim como a combinação de coenzima Q10 com ácido alfa lipoico e magnésio. Quercetina, curcumina e extrato de gengibre também auxiliam na resposta inflamatória (manipulados em farmácia).

Elimine o consumo de bebida alcoólica: o álcool é um grande complicador já que estimula proteínas inflamatórias envolvidas na síndrome do ovário policístico.

Outro fator importante é a modulação da resposta inflamatória intestinal, com suplementação de probióticos (cepas de bactérias benéficas) e prebióticos (substratos para as bactérias sobreviverem), como goma acácia ou consumo de farelo de aveia, farinha de linhaça, semente de gergelim, que atuam na diminuição de proteínas envolvidas na inflamação. Chás como o de raiz de cúrcuma, gengibre, espinheira santa, canela vão oferecer compostos fenólicos para as bactérias do intestino estimulando proliferação de bactérias benéficas.

E para concluir, lembre-se: a prática de atividade física é de extrema importância, pois vai aumentar a entrada de glicemia nas células, diminuindo o impacto da resistência à insulina. A higiene do sono, que pode ser feita com a diminuição das luzes artificiais pouco antes de deitar, além de exercícios de respiração e meditação, e o gerenciamento do stress (com uso de tinturas ou chás à base de ervas calmantes) também contribuem para um bom sono e fazem toda diferença no tratamento e bem estar das mulheres com SOP. 

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade
Casule Play

Como a alimentação pode auxiliar no tratamento da Síndrome do Ovário Policístico

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre Como a alimentação pode auxiliar no tratamento da Síndrome do Ovário Policístico, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Redatora Casule, aqui no Blog.
Sou focada em achar o melhor conteúdo que já foi publicado na rede e trazer informações que são relevantes e agregam valor para você.

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: Como a alimentação pode auxiliar no tratamento da Síndrome do Ovário Policístico.

0 comentários

Meu medo me faz fugir

Evitar se expor a situações que causam medo e ansiedade é algo extremamente normal. Porém, quando a "evitação" e a fuga se tornam um repertório comum para várias situações... é importante ligar o sinal de alerta.
Leia mais
Meu medo me faz fugir

5 alimentos que podem melhorar o metabolismo

Existem alimentos com determinadas substâncias que agem estimulando o metabolismo tanto na redução como na perda de gordura. No vídeo você irá conhecer quais são esses alimentos e como acrescenta-los na sua alimentação.
Leia mais

3 vilões da autoestima

A autoestima é a avaliação (positiva ou negativa) que o indivíduo faz sobre si. Existem 3 vilões da autoestima você conhece eles?
Leia mais
3 vilões da autoestima
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This