alienação-parental---blog-Casule---psicóloga-Mariana

As consequências emocionais da prática de alienação parental

Atualizado em 20/02/2019
Por Mariana Fonseca

As consequências emocionais da prática de alienação parental

Atualizado em 20/02/2019
Por Mariana Fonseca
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

As consequências emocionais da prática de alienação parental

O processo de separação conjugal muitas vezes traz consigo uma prática que interfere de maneira negativa no desenvolvimento psicossocial da criança e/ou adolescente, filhos do casal, podendo trazer graves consequências. Por diversos motivos, um dos genitores ou mesmo a família extensa – avós, tios –  pode provocar nos filhos do casal recém divorciado a rejeição a um dos genitores. Quando tal rejeição é injustificada, ou seja, quando a criança, até o momento anterior ao divórcio apresentava bom vínculo com o pai ou a mãe agora alienada e quando não há motivos reais para a rejeição, estamos diante de um quadro de alienação parental.

Na alienação ocorre uma forma de abuso e tentativa de manipulação da criança,  através de diferentes estratégias, para que esta deixe de se aproximar de um dos cônjuges. Muitas vezes há a implantação de falsas memórias a respeito da figura parental alienada a falsas acusações que, aos poucos, vão deixando as crianças confusas até que elas passam a cultivar um sentimento de rejeição. 

terapia-online-casule-banner

O objetivo principal desta prática é o rompimento dos vínculos na tentativa de atingir aquele que está sendo alienado. Dessa forma, tem-se uma interferência na formação psicológica da criança ou adolescente que, na maioria das vezes, desencadeia grande sofrimento psíquico, como sintomas ansiosos, nervosismo, agressividade e até mesmo depressão. As consequências, no entanto, não são restritas aos filhos, mas se estendem também ao genitor afastado do convívio que, com o processo, também se torna extremamente vulnerável ao sofrimento psíquico.

A alienação ocorre mais comumente quando um dos cônjuges não elabora de maneira saudável a separação ou quando já possui alguma fragilidade psíquica que é potencializada pelo processo e isso é suficiente para o início do caminho de desmoralização e destruição do ex-cônjuge. 

É de fundamental importância  a manutenção do direito fundamental da criança de conviver de maneira saudável e harmoniosa com sua família, mesmo após a sepração de seus pais. Dessa forma, se faz necessário proteger a criança e o adolescente dos conflitos dos pais, cuidando para que as diferenças do casal não interfiram na dinâmica entre pais e filhos, evitando assim as consequências prejudiciais na vida daqueles que são os mais afetados neste processo.

Guia com as 15 Técnicas para reduzir a ansiedade

As consequências emocionais da prática de alienação parental

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre As consequências emocionais da prática de alienação parental, você pode  agendar o seu horário clicando aqui. Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!

O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários sua opinião sobre: As consequências emocionais da prática de alienação parental.

0 comentários

Dicas para melhorar a concentração

A técnica de autoinstrução é utilizada na psicoterapia para ampliar a atenção em certos eventos, diminuir a impulsividade e aumentar o controle verbal para pessoas que possuem TDAH ou outras demandas.
Leia mais

Como desenvolver o autoconhecimento

O autoconhecimento é muito importante em todos os aspectos da nossa vida. Por isso, nesse vídeo eu trouxe alguns pontos que podem te ajudar a desenvolver o autoconhecimento.
Leia mais
Como desenvolver o autoconhecimento

Sinais de um relacionamento abusivo

Quando conhecemos alguém no início tudo são flores e amores, porém, com a convivência vem as brigas, os desentendimentos, as discordâncias... Mais até aí tudo bem, afinal, todo relacionamento tem dessas coisas, não é mesmo?
Leia mais
Aprenda a identificar um relacionamento abusivo

4 dicas para criar mais intimidade no seu Relacionamento

A intimidade nos relacionamentos é o resultado de uma série de interações entre duas pessoas onde são reveladas informações pessoais sobre aspectos centrais de suas vidas, ao mesmo tempo que ocorre uma atitude de validação e acolhimento por parte de quem recebe essas informações.
Leia mais
intimidade no relacionamento

Família tóxica: será que você vive em uma?

Viver com familiares tóxicos trazem diversos problemas a nossa saúde, muitas vezes são pessoas negativas que agem "sem perceber" e que acabam com nossa saúde mental. Neste vídeo, trouxe estratégias para te ajudar a conviver com uma família toxica.
Leia mais
Familia tóxica BLOG
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This