fbpx
área da psicologia - Suelen psicologa da Casule

A Psicologia e suas diferentes áreas de atuação

Atualizado em 03/07/2018
Por Suelen Tebaldi

A Psicologia e suas diferentes áreas de atuação

Atualizado em 03/07/2018
Por Suelen Tebaldi
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

A Psicologia e suas diferentes áreas de atuação

Quando vem a nossa mente a figura do psicólogo, logo pensamos no atendimento clínico. Visualizamos um profissional em um consultório atendendo um paciente com algum tipo de problema emocional. Mas essa imagem está relacionada à Psicologia Clínica, uma das diversas áreas de atuação da Psicologia. Se você não se imagina atendendo pacientes em um consultório, saiba que as possibilidades de trabalho vão muito além dessa área e nesse texto vamos conhecer que outras áreas são essas:

Psicologia Educacional ou Escolar

O profissional da área de Psicologia Educacional ou Escolar atua buscando a melhoria do desempenho dos alunos, auxiliando os professores e demais membros da sociedade acadêmica a solucionar os problemas de aprendizagem.

Ele pode aplicar testes relacionados à memória e atenção e conversar com os pais e funcionários da escola, a fim de auxiliar o professor em um planejamento mais voltado para as especificidades dos alunos.

O Psicólogo pode ainda aconselhar o aluno, ajudando-o a obter sucesso no cumprimento das tarefas, nas relações com as pessoas e na escolha da profissão.

Pode também atuar no âmbito da educação formal realizando pesquisas, diagnóstico e intervenção preventiva ou corretiva em grupo e individualmente. Além disso, analisa as características do indivíduo portador de necessidades especiais e ajuda na aplicação de programas especiais de ensino.

Psicologia Organizacional e do Trabalho

Nas empresas, esse profissional pode atuar nos processos de recrutamento e seleção de funcionários, treinamento e desenvolvimento das equipes e também no setor de Departamento Pessoal, desenvolvendo atividades relacionadas à contratação, desligamento e na preparação para aposentadorias, a fim de colaborar com os indivíduos na elaboração de novos projetos de vida.

Desenvolve, analisa, diagnostica e orienta casos na área da saúde do trabalhador, observando níveis de prevenção, reabilitação e promoção de saúde, sempre visando um ambiente saudável para os colaboradores. Planeja e desenvolve ações destinadas a aumentar a produtividade e realização pessoal. Elabora programas de melhoria de desempenho, aproveitando o potencial e considerando os aspectos motivacionais relacionados ao trabalho. Utiliza métodos e técnicas da psicologia aplicada ao trabalho, como entrevistas, testes, provas, dinâmicas de grupo, etc. para subsidiar as decisões na área de recursos humanos como promoção, movimentação de pessoal, incentivo, remuneração de carreira, capacitação e integração funcional.

Psicologia de Trânsito

O psicólogo que atua nessa área realiza avaliações psicológicas com motoristas e futuros condutores, além de estudos e ações educativas com funcionários de centros de formação de condutores e examinadores de trânsito e ações socioeducativas com condutores infratores, pedestres e ciclistas.

Além disso, participa de equipes multiprofissionais no planejamento e realização das políticas de segurança para o trânsito; analisa os acidentes de trânsito, considerando os diferentes fatores envolvidos para sugerir formas de evitar e/ou atenuar as suas incidências; elabora laudos, pareceres psicológicos, relatórios técnicos e científicos; desenvolve estudos de campo e em laboratório, do comportamento individual e coletivo em diferentes situações no trânsito para sugerir medidas preventivas; estuda os efeitos psicológicos do uso de drogas e outras substâncias químicas na situação de trânsito; e presta assessoria e consultoria a órgãos públicos e privados nas questões relacionadas ao trânsito e transporte.

Psicologia Jurídica

O psicólogo jurídico atua no âmbito da Justiça, planejando e executando políticas voltadas para a cidadania, direitos humanos, prevenção e combate à violência. Ele avalia as condições intelectuais e emocionais de crianças, adolescentes e adultos em conexão com processos jurídicos, seja por deficiência mental e insanidade, testamentos contestados, aceitação em lares adotivos, posse e guarda de crianças; elabora laudos, pareceres e perícias, para serem anexados aos processos; realiza atendimento psicológico a indivíduos que buscam a Vara de Família, fazendo diagnósticos e usando terapêuticas próprias para organizar e resolver as questões levantadas; participa de audiências, prestando informações para esclarecer aspectos técnicos em psicologia a leigos; realiza avaliação das características das personalidade e orientação psicológica a casais nas audiências de conciliação; acompanha detentos em liberdade condicional, na internação em hospital penitenciário, bem como atua no apoio psicológico à sua família. Desenvolve estudos e pesquisas na área criminal.

Psicologia do Esporte

O psicólogo do esporte atua auxiliando o atleta em questões relacionadas ao rendimento, foco, ansiedade, medo e outros problemas que acompanham os competidores.

Ele pode desenvolver um trabalho com os técnicos e comissões técnicas, orientando-os a fazer uso dos princípios da Psicologia voltado para o alcance de uma boa saúde mental, máximo rendimento e performance, por exemplo.

Esse profissional também é bastante procurado pelos pais que estão em dúvida de qual atividade esportiva escolher para os filhos. Então, ele auxilia nessa escolha e ainda orienta as famílias sobre comportamentos diante dos treinos e competições.

A atuação do psicólogo do esporte está voltada tanto para o esporte de alto rendimento quanto para a identificação de princípios e padrões de comportamentos de adultos e crianças participantes de atividades físicas. Além disso, ele colabora para a adesão e participação aos programas de atividades físicas da população em geral ou portadora de necessidades especiais.

Psicologia Clínica

O psicólogo clínico auxilia os pacientes na compreensão, prevenção e alívio do sofrimento de fundo psicológico. Atua na área específica da saúde, em diferentes contextos, através de intervenções que visam reduzir o sofrimento do homem, levando em conta a complexidade do ser humano e sua subjetividade. Desenvolve atendimentos terapêuticos, em diversas modalidades, tais como psicoterapia individual, de casal, familiar ou em grupo, psicoterapia lúdica, terapia psicomotora, arteterapia, orientação de pais e outros. Atua em contextos hospitalares, na preparação de pacientes para a entrada, permanência e alta hospitalar, inclusive pacientes terminais, participando de decisões com relação à conduta a ser adotada pela equipe, para oferecer maior apoio, equilíbrio e proteção aos pacientes e seus familiares. Atua junto aos indivíduos ou grupos na prevenção, orientação e tratamento de questões relacionadas a fases de desenvolvimento, tais como adolescência, envelhecimento e outros. Acompanha programas de pesquisa, treinamento e desenvolvimento de políticas de saúde mental, participando de sua elaboração, coordenação, implementação e supervisão.

terapia-online-casule-bannerPowered by Rock Convert

Hoje em dia, existem muitos profissionais que fazem o atendimento online, o que tem agradado muitos psicólogos e pacientes.

Psicologia hospitalar

Atua em instituições de saúde, participando da prestação de serviços de nível secundário ou terciário da atenção a saúde. Atua também em instituições de ensino superior e/ou centros de estudo e de pesquisa, visando o aperfeiçoamento ou a especialização de profissionais em sua área de competência. Atende a pacientes, familiares e/ou responsáveis pelo paciente; membros da comunidade dentro de sua área de atuação; membros da equipe multiprofissional e eventualmente administrativa, visando o bem estar físico e emocional de todos. Oferece e desenvolve atividades em diferentes níveis de tratamento, tendo como sua principal tarefa a avaliação e acompanhamento de intercorrências psíquicas dos pacientes que estão ou serão submetidos a procedimentos médicos, visando basicamente a promoção e/ou a recuperação da saúde física e mental. Promove intervenções direcionadas à relação médico/paciente, paciente/família e do paciente em relação ao processo do adoecer, hospitalização e repercussões emocionais que emergem neste processo. Podem ser desenvolvidas diferentes modalidades de intervenção, dependendo da demanda e da formação do profissional específico, sendo elas: atendimento psicoterapêutico; grupos psicoterapêuticos; atendimentos em ambulatório e Unidade de Terapia Intensiva; pronto atendimento; enfermarias em geral; psicodiagnóstico e consultoria.

Psicopedagogia

Essa é uma área em que o profissional investiga e intervém nos processos de aprendizagem voltados para habilidades e conteúdos acadêmicos. Ele detecta a dificuldade dos alunos e faz as devidas intervenções para que eles consigam prosseguir no ensino regular. Ao lado desse aspecto, o profissional também trabalha a postura, a disponibilidade e a relação com a aprendizagem, afim de que o aluno torne-se o agente de seu processo, aproprie-se do seu saber, alcançando autonomia e independência para construir seu conhecimento. Esse trabalho pode ser desenvolvido em diferentes níveis, propiciando aos educadores conhecimentos para a reconstrução de seus próprios modelos de aprendizagem, de modo que, ao se perceberem também como “aprendizes”, revejam seus modelos de ensinantes; a identificação das diferentes etapas do desenvolvimento evolutivo dos alunos e compreensão de sua relação com a aprendizagem; o diagnóstico do que é possível ser melhorado no próprio ambiente escolar e do que precisa ser encaminhado para profissionais fora da escola; as intervenções para a melhoria da qualidade do ambiente escolar; entre outros.

Esse psicólogo contribui bastante para a redução do índice de fracasso escolar.

Psicomotricidade

Esse profissional atua na área da Educação, Reeducação e Terapia Psicomotora e auxilia as pessoas no seu desenvolvimento, prevenção e reabilitação. Ele participa do planejamento das atividades nas clínicas de reabilitação e realiza parecer psicomotor.

Nas escolas, por exemplo, ele orienta os profissionais da instituição quanto ao desenvolvimento psicomotor na evolução do desenvolvimento infantil. Ele pode ainda desenvolver atividades com pessoas portadoras de deficiências e orientar a família para que ela seja capaz de estimular o paciente e identificar possíveis melhorias e dificuldades durante o tratamento. Em empresas, atua no diagnóstico das situações-problema vivenciadas na organização, objetivando a conscientização da importância do relacionamento humano, através de técnicas psicomotoras que buscam o respeito do limite, da autonomia e do ritmo de cada indivíduo.

Psicologia Social

O psicólogo que trabalha na área social atua realizando pesquisas sobre a relação do indivíduo com a sociedade, podendo atuar em diversos espaços, como asilos, penitenciárias, instituições acadêmicas, agências de publicidade, organizações não governamentais e muitos outros ambientes.

Seu trabalho envolve proposições de políticas e ações relacionadas à comunidade em geral e aos movimentos sociais de grupos étnico-raciais, religiosos, de gênero, geracionais, de orientação sexual, de classes sociais e de outros segmentos socioculturais, com vistas à realização de projetos da área social e/ou definição de políticas públicas.

Neuropsicologia

O profissional que atua na Neuropsicologia estuda as relações entre o cérebro e os comportamentos. Ele utiliza instrumentos especificamente padronizados para avaliar habilidades de atenção, memória, percepção, raciocínio, linguagem, afeto, funções motoras e outras. Estabelece parâmetros para emissão de laudos com fins clínicos, jurídicos ou de perícia; complementa o diagnóstico na área do desenvolvimento e aprendizagem.

O psicólogo pode ainda acompanhar o tratamento de pessoas que sofreram lesões traumáticas, ajudando-as a retomar a vida produtiva.

O objetivo teórico da neuropsicologia e da reabilitação Neuropsicológica é ampliar os modelos já conhecidos e criar novas hipóteses sobre as interações cérebro-comportamentais. Na interface entre o trabalho teórico e prático, seja no diagnóstico ou na reabilitação, também desenvolve e cria materiais e instrumentos, tais como testes, jogos, livros e programas de computador que auxiliam na avaliação e reabilitação dos pacientes. Desenvolve atividades em diferentes espaços: a) instituições acadêmicas, realizando pesquisa, ensino e supervisão; b) instituições hospitalares, forenses, clínicas, consultórios privados e atendimentos domiciliares, realizando diagnóstico, reabilitação, orientação à família e trabalho em equipe multidisciplinar.

Fontes:

http://www.crp09.org.br/portal/orientacao-e-fiscalizacao/orientacao-por-temas/areas-de-atuacao-do-a-psicologo-a

http://blog.unipe.br/graduacao/quais-sao-as-principais-areas-de-atuacao-da-psicologia

  

banner-paisagem-ebook-manejo-da-ansiedade-v1.1-curtoPowered by Rock Convert

A Psicologia e suas diferentes áreas de atuação

Se você quiser saber mais ou conversar com um dos nossos profissionais sobre A Psicologia e suas diferentes áreas de atuação, você pode  agendar o seu horário clicando aqui.


Ou você pode ver mais sobre Terapia Online, Acompanhamento semanal com nossa Nutricionista ou Como ter mais produtividade com o nosso Coach!
Suelen Tebaldi, aqui no Blog.
Psicóloga, terapeuta cognitiva comportamental, apaixonada pela escuta e pelo relacionamento com as pessoas. "Psicóloga da família" desde pequena, vive e ama essa profissão e todos os seus desafios. Conheça o meu Instagram. | Clique para marcar uma consulta comigo

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: A Psicologia e suas diferentes áreas de atuação.


0 comentários

Você-pensa-sobre-seus-medos
Você pensa sobre seus medos?

Você pensa sobre seus medos?

O medo é um estado emocional muito importante, associado ao nosso mecanismo de proteção, sobrevivência e adaptação. Os medos estão relacionados a característica do objeto, contexto ou situação temida, mas também a avaliação subjetiva desses fatores. A forma como pensamos as situações, impacta diretamente em como nos sentimos e lidamos com elas. O que acha de avaliarmos nossos medos?
Compulsão por trair existe?

Compulsão por trair existe?

Muitos casais estabelecem um acordo em que se comprometem a permanecer fiéis ao amor que professam um pelo outro. Quando um dos dois rompe esse acordo, falamos de infidelidade. A pessoa que comete a infidelidade geralmente a oculta porque sabe o que significa, e intui algumas das consequências que pode ter, embora mais tarde possa confessar ou ser descoberta. Seja como for, a pessoa que é vítima da infidelidade sofre uma dupla sensação de traição: uma traição a ela e ao relacionamento.
A-importância-da-rede-de-apoio-no-processo-de-psicoterapia
A importância da rede de apoio no processo de psicoterapia

A importância da rede de apoio no processo de psicoterapia

Muito se fala sobre o acolhimento, alternativas de tratamento, estratégias, dicas e orientações necessárias para os pacientes que estão passando por um momento de sofrimento mental, ou possuem algum tipo de transtorno ou realizam psicoterapia. No entanto, pouco é abordado sobre a importância dos familiares e indivíduos que fazem parte do cotidiano e convívio do paciente, que compõem a rede de apoio, sendo considerados parte importante do processo terapêutico, também poder buscar por ajuda, cuidados e orientação.

Motivos que levam à obesidade

Você sabia que a obesidade é um quadro multifatorial? Isso mesmo! Não podemos colocar apenas na comida a responsabilidade de um ganho de peso. Por isso é importante não ter preconceito e não julgar o comportamento alimentar de uma pessoa que está nesta situação. O aconselhável é sempre buscar ajuda de profissionais que tenham empatia e que possam oferecer qualidade de vida e bem-estar à pessoa com obesidade. Assista a este vídeo completo e saiba mais!
Leia mais
Motivos-que-levam-à-obesidade

Você já ouviu falar em Pistantrofobia

O termo é complicado mas a explicação é simples. Pistantrofobia é o medo de confiar nas pessoas devido a experiências negativas ou decepções ocorridas no passado. Espero que esse vídeo possa te auxiliar a entender melhor sobre esse assunto.
Leia mais

Você tem medo de falar em público?

O medo de falar em público é muito comum. Ou você mesmo tem esse medo ou conhece alguém que tem, não é? É chamado de glossofobia quando esse medo tem proporções exageradas a ponto de paralisar e não permitir que a pessoa tente vencer este medo por si só.
Leia mais

As 5 Linguagens do Amor

Essas são as 5 formas de expressar e de experimentar o amor nas nossas relações. Vem descobrir qual a linguagem do amor que você fala e qual a linguagem que você mais escuta. Compartilha com uma pessoa querida para que vocês possam melhorar a qualidade do relacionamento!!
Leia mais
Linguagens do amor

6 dicas para se tornar uma pessoa mais resiliente

Você sabia que a resiliência é uma habilidade que conseguimos desenvolver e aprimorar? Não são todas as pessoas que já tem essa habilidade super desenvolvida e é por isso que, nesse vídeo, você vai aprender dicas simples de como se tornar uma pessoa mais resiliente e conseguir enfrentar melhor os obstáculos da vida.
Leia mais
6-dicas-para-se-tornar-uma-pessoa-mais-resiliente-BLOG

Você acha que autoestima é só cuidar da sua aparência?

A autoestima vai muito além da aparência, é a visão que você tem sobre você e quando ela está baixa afeta outras áreas da sua vida, seu relacionamento, vida profissional... No vídeo vou explicar o que é, porque é importante e dar dicas para aumentar sua autoestima.
Leia mais
Você acha que autoestima é só cuidar da sua aparência

Na sua dieta tem “dia do lixo”?

O dia do lixo é uma expressão usada para caracterizar o dia em que comemos em grandes quantidades, alimentos calóricos e super deliciosos! Mas será que essa prática é aconselhável? Contribui ou atrapalha o processo de emagrecimento? Saiba como agir assistindo a este vídeo completo.
Leia mais
Dia do lixo

A Saúde mental nos relacionamentos: como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!

Quando falamos sobre os transtornos mentais, nos referimos a uma série de alterações significativas no que diz respeito aos aspectos cognitivos, emocionais e comportamentais dos indivíduos e que podem afetar qualquer pessoa durante algum momento de sua trajetória. É uma condição que muitas vezes interfere diretamente na capacidade do indivíduo de enfrentar problemas cotidianos e sentir prazer na vida.
Leia mais
A Saúde mental nos relacionamentos como ajudar um parceiro que está passando por algum transtorno psicológico!
Tenha o total controle das suas emoções conte com a Casule para o seu bem-estar.
Share This