Qual seu tipo de impulsividade?
11 de janeiro de 2016
Agressivo? Eu?
12 de janeiro de 2016

Vídeo mostra como é viver com depressão

“Espero que isso ajude você a entender o processo. Eu fiz isso porque muitas pessoas parecem pensar que estar deprimido é algo que você escolhe e que, no final, tudo se resume a olhar pela janela e ouvir música triste”. Assim começa o texto que a atriz e diretora Katarzyna Napiórkowska escreveu para apresentar o vídeo que ela produziu sobre viver com depressão.

Living with depression (“Vivendo com depressão”, em português) narra os momentos da vida de uma pessoa com o distúrbio e alguns de seus sintomas, que tornam a rotina dos dias um desafio a ser superado, na intenção de mostrar que o problema precisa ser tratado, que as pessoas não estão sozinhas e que, o melhor, existe cura.

Fonte: http://www.hypeness.com.br/2016/01/video-poderoso-mostra-como-e-viver-com-depressao/

Depressão é um dos transtornos mais comuns e constitui um grande problema de saúde pública. A depressão é uma síndrome com muitos e variáveis sintomas de alterações emocionais, de pensamentos, de comportamento, da atenção, memória e humor.

Os fatores causais que podem provocar a depressão estão divididos em genéticos, psicossociais, e biológicos (neuronais). Os sintomas mais presentes na depressão são: sentimentos profundos de tristeza e desesperança, alterações no apetite ou peso, alterações no sono e atividade psicomotora, diminuição da energia, sentimentos de desvalia ou culpa, pensamentos recorrentes sobre morte ou ideação suicida, planos e tentativas de suicídio, crises de choro. Alguns indivíduos apresentam queixas somáticas (p. ex., dores corporais) em vez de sentimentos de tristeza. Em crianças e adolescentes e até em alguns adultos, o humor pode ser irritável em vez de triste.

A pessoa com depressão relata ainda menor interesse por passatempos que antes lhe eram agradáveis, diz não se importar mais, algumas vezes também com as pessoas a sua volta. Até mesmo se alimentar pode ser uma tarefa difícil para pessoas que passam por depressão, sentem que precisam se forçar a comer. Algumas pessoas, ainda, apresentam avidez por determinados alimentos, como doces ou massas. Fadiga persistente sem esforço físico também é bastante relatada por quem está passando por depressão.

O rendimento intelectual é diminuído na depressão, havendo uma diminuição da habilidade de se concentrar. As queixas mais frequentes são dificuldades para concluir um pensamento, elaborar ideias, dificuldade para se lembrar de fatos passados, que tenham ocorrido há alguns dias ou mesmo há poucas horas.

O retraimento social é bem característico, associado à diminuição dos movimentos, onde a tendência é ficar deitado e em isolamento. Também pode ocorrer uma agitação psicomotora (esfregar as mãos, balançar as pernas).

A pessoa com sintomas depressivos age e acredita que as coisas estão sendo piores do que realmente são, partindo de erros cognitivos que processam em sua mente. Assim sendo, a abordagem cognitivo-comportamental consiste em modificar as crenças desadaptativas que geram pensamentos distorcidos, ocasionando comportamentos disfuncionais e emoções negativas.

Nayara Benevenuto Peron
Psicóloga
Terapeuta cognitivo-comportamental

CONTEښDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.

Comentários

comentários

Nayara Benevenuto
Nayara Benevenuto
Especialista em Terapia Cognitivo-comportamental com crianças e adolescentes. Atende: adultos, casais, famílias, crianças e adolescentes. Afiliada à Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcar Consulta
CONTEښDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!
 
Enviar
100% livre de SPAM.
Fechar
 E aí? Vamos conversar?

  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
close-link

Agende a sua Sessão aqui!
Primeira sessão R$ 100,00 (Psicologia, Fonoaudiologia e Nutrição)

PRÓXIMO PASSO →
fechar
Agendar Sessão